terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Resenha literária: Diário de um Banana 9

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Diário de um Banana 9 - Caindo na Estrada.



Sinopse: Uma viagem de carro em família tem tudo para ser algo divertidíssimo... ou não, ainda mais se for a família do Greg Heffley. A jornada começa  cheia de promessas, mas logo sofre reviravoltas dramáticas. Banheiros de post de gasolina, gaivotas ensandecidas, malas perdidas, um pouco faminto... Mas até a viagem mais desastrosa pode virar uma grande aventura - e desta os Heffley não vão se esquecer tão cedo.

Assunto: Literatura Infantojuvenil, Série.

Editora: V & R.

Páginas: 217.

Ano: 2015.

Sobre o autor: Jeff Kinney começou a carreira desenvolvendo jogos on-line. Em 2007, lançou a série Diário de um Banana, que já liderou a lista de livros mais vendidos do The New York Times. Dois anos depois, a revista Time indicou Jeff como uma das 100 Pessoas Mais Influentes do mundo. É o criador do elogiado site de jogos on-line Poptropica. Passou a infância em Whashington, D.C. e, em 1995, mudou-se para New England. Hoje, Jeff mora no sul de Massachusetts com a mulher e os dois filhos, onde está abrindo uma livraria.


Esse não foi um livro que comprei por acaso, e sim porque coleciono. Tenho quase todos os livros da série, e por isso esse foi comprado: para completar os que estavam faltando.

As capas dos livros Diário de um Banana sempre tem muito a ver com o tema tratado no livro, e esse meu possui capa dura. Esse diz respeito a férias e viagem de carro, e por isso mostra o personagem principal em uma situação nada confortável, já dando margem para imaginarmos como será essa história. A cor laranja não influencia em muita coisa, já que cada livro possui uma cor diferente mesmo. A diagramação é muito boa, um dos livros mais bem feitos que eu já vi. Possui 217 páginas que dão para ser lidas em 1 hora.

Não tenho o que reclamar do livro, amo todos os da série. Como ele é mais infantil, não sei se todo mundo iria gostar. Gosto dele pelas piadinhas bem infantis e o humor ingênuo do livro. Muitas vezes acabamos identificando coisas da nossa infância no personagem principal. Esse livro trata de uma viagem em família que dá um pouco errado, mas que faz a gente rir do começo ao fim.


O que eu acho mais legal nesse livro é que mistura trechos narrados com desenhos, e de vez em quando até coisas que lembram quadrinhos.

Comprei o meu nas Americanas, no Black Friday, e paguei R$ 17,50 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Esmaltes: A cor da virada

Olá querido(a)!
Hoje vou mostrar as unhas que pintei para o ano novo. Como eu gosto sempre de ter algo dourado no meu look, minhas unhas tiveram um toque dourado.



Os esmaltes usados foram: o Preto Sépia da Risqué e o Glitter Dourado da Hits. Confesso que gostei bastante dessa combinação!

O que achou das unhas? Qual cor você escolheu para as suas no ano novo?

Beijoos ;*