quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Resenha literária: Cidade das Almas Perdidas

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Cidade das Almas Perdidas da série Instrumentos Mortais (livro 5).



Sinopse: Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia de Lilith, um demônio muito poderoso, ligou Jace ao perverso Sebastian, transformando o Caçador de Sombras em um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de mata-lo sem destruir Jace. Clary e seus amigos, no entanto, irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar o namorado, mas ainda pode confiar nele? Ou ele está realmente perdido? Os livros de Cassandra Clare têm milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e foram traduzidos para mais de 35 línguas. A série Os Instrumentos Mortais figurou na lista de bestsellers do New York Times por mais de dois anos. Um filme e uma série de TV, foram inspirados em Os Instrumentos Mortais.

Assunto: Ficção Americana, Literatura Juvenil, Série.

Editora: Galera Record.

Páginas: 434.

Ano: 2012.

Sobre a autora: Cassandra Clare chegou ao primeiro lugar nas listas do New York TimesUSA TodayWall Street Jornal e Publishers Weekly com as séries best-sellers dos Caçadores de Sombras, Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais e Os Artifícios das Trevas. Ela também é coautora de As crônicas de Bane, com Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson, e escreveu O Códex dos Caçadores de Sombras com seu marido, Joshua lewis. Seus livros somam mais de 36 milhões de exemplares vendidos no mundo e foram traduzidos para mais de 35 idiomas. Um filme e uma série de TV foram inspirados em Os Instrumentos Mortais. Cassandra vive em Massachusetts. Visite sua página em cassandraclare.com e saiba mais sobre o mundo dos Caçadores de Sombras em shadowhunters.com.


Foi uma série que fiquei tentada a ler quando assisti o filme e a série na Netflix. Demorei bastante para comprar os livros, pois achava o preço bem salgado até que em uma Black Friday da vida adquiri o meu box com todos os livros. Me lembro de ter largado tudo o que estava lendo para começar essa série, e não me arrependi. Passava o dia lendo, tanto que terminei a série super rápido.

O meu livro é uma edição especial, então a capa é toda metalizada. Na capa vemos um menino usando seu arco e flecha, ele é o Alec e é um caçador de sombras. Ele é um personagem que está na história desde o primeiro livro, e confesso que gosto muito da história que o envolve. A diagramação desse livro é ótima. A leitura é fácil, já que é um livro juvenil, porém é um livro grande.

Nesse quinto livro Clary sofre bastante ao descobrir que Jace está ligado a Sebastian, seu irmão, por conta de uma magia. Com isso os dois estão sendo maus e Clary não sabe o que fazer para as coisas voltarem a ser como antes. Ela acredita que pode quebrar a magia, por isso se alia a eles enquanto traça um plano junto com seus outros amigos. Aqui Clary mostra até onde é possível ir por amor!

É um livro de ficção e fantasia, já que possui personagens fantásticos a que estamos sempre em contato em outros livros com essa temática fantasiosa. Eu indico essa série pra quem gosta desse gênero de livros mais voltados para a fantasia. O mundo das sombras é realmente incrível para aqueles que estão abertos a conhecê-lo.


Na parte de trás da capa do livro temos as imagens de todos os lugares da cidade que são citados no livro.


Na parte de trás da traseira do livro temos um mapa da cidade que mostra onde fica cada lugar da cidade citado na parte da frente que falei acima.


Como já disse, meus livros foram comprados em uma edição especial em um box completinho, por isso quando colocamos eles lado a lado eles formam uma imagem.

Comprei esse livro na Submarino e paguei R$ 129,90 no box (ou seja, cada livro custou em torno de R$ 21,65)

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*


terça-feira, 30 de janeiro de 2018

A saudade sua que eu sinto em mim

Olá querido(a)!
Hoje é dia da saudade e por isso vim trazer mais um pequeno texto por aqui!


Não sou o tipo de pessoa que sente saudade de muita gente, na verdade sinto saudades de certos momentos que me trouxeram uma felicidade plena. De você sinto saudade. Não me pergunte porquê, porque na verdade eu mesma não sei te dizer. Tenho saudades sua, da sua pessoa...

Posso viver vários momentos felizes parecidos até com o que vivemos, mas sempre vou lembrar de você, que podia ser você ali. A saudade dói! Dizem que o tempo cura tudo, mas a saudade de você dói cada dia mais.

Ninguém sabe da minha dor, porque não divido isso com ninguém. Tem saudade que é só nossa, e só a gente entende. Minha saudade por você é especial! Especial demais pra dividir com qualquer pessoa.

No momento só sinto saudade. Sua saudade. Saudade sua.

O que você achou desse meu texto? Você sente saudades de alguém?

Beijoos ;*


segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

28 curiosidades sobre a Turma da Mônica

Olá querido(a)!
Amanhã é dia nacional das histórias em quadrinhos e por isso resolvi fazer essa postagem tão especial sobre a Turma da Mônica. 

A Turma da Mônica marcou a infância de muita gente, inclusive a minha e, se não me engano, é um dos quadrinhos nacionais de maior sucesso. Achei que seria legal trazer algumas curiosidades sobre essa turminha maravilhosa.


Para quem não sabe, a Turma da Mônica é uma série de histórias em quadrinhos criada pelo cartunista e empresário Mauricio de Sousa. A Turma da Mônica tem gibis e outros produtos licenciados em 40 países e com 14 idiomas, sendo que a marca foi expandida para outras mídias ao longo dos anos, em produtos como livros, brinquedos, discos, CD-ROMs, jogos eletrônicos, entre outros.*

Agora vamos as curiosidades dessa turminha?


1- 18 de julho de 1959 pode ser considerado o dia do nascimento da Turma: foi nesse dia que estrearam as tirinhas do Bidu e do Franjinha na "Folha da Tarde".

2- A primeira a ganhar uma revistinha foi a Mônica, em 1970.

3- Em 1973 foi a vez do Cebolinha ganhar revista própria.

4- Cascão e Chico Bento viraram revistinhas no mesmo ano: 1982.

5- A última a ganhar revistinha própria foi a Magali, em 1989.

6- Magali é canhota.

7- A Mônica e a Magali foram inspiradas em filhas de Mauricio e o Cebolinha e o Cascão, em amigos dele da turma da infância, em Mogi das Cruzes.



8- A Turma da Mônica também é publicada nos Estados Unidos. E se chama Monica's Gang (o Cebolinha virou Jimmy Five, Cascão se chama Smudge e Magali, Maggy).

9- Antes de emplacar suas tirinhas, Mauricio era repórter policial.

10- Nas primeiras historinhas, o Bidu era cinza e o desenho do personagem foi inspirado na raça Schnauzer.

11-  Em 2008 veio uma revista com as aventuras da turma adolescente: Turma da Mônica Jovem.

12- O nome do Bidu veio de um concurso feito na redação do jornal onde Mauricio trabalhava.

13- O nome do Sansão, o coelho azul da Mônica, também foi decidido em um concurso, vencido em 1983 pela menina Roberta Carpi, de São Paulo.

14- Nas primeiras histórias, o coelho da Mônica era amarelo.


15- Horácio, o tiranossauro-rex vegetariano, é o único personagem que Mauricio ainda desenha pessoalmente.

16-  Em 1968, o elefante Jotalhão virou garoto-propaganda de um extrato de tomate e sua imagem aparecia nas latinhas do produto. A campanha foi retomada em 2013, depois de 13 anos fora do ar.

17- O Astronauta trabalha para uma agência chamada BRASA - sigla para Brasileiros Astronautas.

18- O nome completo do Cebolinha é Cebolácio Júnior Menezes da Silva.

19- O Cebolinha foi criado antes da Mônica: ele nasceu em 1960, e a gorducha em 1963.

20- Desde 2007, a personagem Mônica é embaixadora da Unicef.

21- A Turma já vendeu mais de 1 bilhão de gibis desde 1970.


22- E tem mais de 3 mil itens estampados com os personagens.

23- O primeiro produto licenciado da Turma foi lançado no mesmo ano da revistinha: 1970.

24- Eram os bonecos dos personagens, licenciados pela empresa de brinquedos Trol.

25- O Cebolinha nunca troca a leta “R” pelo “L” quando está pensando.

26- Só o Cebolinha e o Cacão tem apelidos, as meninas (Mônica E Magali), não

27-
Nenhuma caixa de diálogo termina com ponto final, mas reticencias, exclamação ou interrogação.

28- A Mônica é a baixinha, mas todos eles tem a mesma altura (???).

O que você achou dessas curiosidades? Gosta da Turma da Mônica? Me conte nos comentários!

Beijoos ;*

*Informações tiradas da Wikipédia, BuzzFeed e Atlântida.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Overdose de vestidos!

Olá querido(a)!
Hoje resolvi trazer uma seleção de vestidos, a convite da Zaful, porque a gente gosta mesmo de vestidos. Eu mesma tenho uma coleção deles!

vestido1
substantivo masculino
VEST
  1. 1.
    m.q. VESTE.
  2. 2.
    peça da indumentária feminina, de forma e comprimento variáveis, que pode constituir-se de dois elementos que se integram, um cobrindo a parte superior do corpo, exceto a cabeça, e o outro, das ancas para baixo, ou conformar-se numa só peça inteiriça.

1- More peças!

1|2

"Isso não é um vestido Thais!" É quase. Esse modelo de roupa é conhecido por vestido de duas peças, ou conjuntinho, já que é composto por uma parte de cima e uma saia. O importante nessas peças é terem a mesma estampa ou ornarem entre si. Acho esses conjuntinhos lindos e muito atuais, geralmente a parte de cima é cropped, ou seja, super atual essa releitura do vestido e conjuntinhos.

2- Until here!

1|2 

Vamos de novo falar do vestido midi e do quanto ele é elegante. Esses dois modelos escolhidos tem um estilo super parecido, já que são bem justos na parte de cima e rodados na parte de baixo. Acho super chique e já imagino aquelas pessoas ricas que vão à desfiles de moda usando eles. Não sei se eu particularmente usaria, mas acho esse modelo de vestido midi em específico super feminino.

3- More elegância!

1|2

Não podemos esquecer da elegância em eventos e festas mais formais. Aqui temos dois vestidos com comprimento longo que servem super bem para essas ocasiões mais arrumadas. O vestido longo é bacana porque traz um ar mais chique e, aos meus olhos, parece dar uma alongada na silhueta. O primeiro modelo é mais sexy ressaltando todas as curvas de quem o usar. O segundo também é sexy, mas isso é por conta do decote e da fenda. Dois modelos incríveis para causar naquela festa!

Acabei de falar um pouco sobre os vestidos que são aquelas peças que a gente adora. Mas a gente sabe que vestidos nunca são demais no nosso armário, por isso para conferir mais modelos click aqui. Não esqueça também de acessar o Zaful Blog para ficar por dentro das peças mais hots da temporada.

Você gosta de vestidos? O que você achou das minhas dicas para arrasar no look com vestidos? Me conta aí embaixo quais vestidos mais te agradam!

Beijoos ;*

*Essa postagem é um publieditorial.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Resenha literária: Cidade dos Anjos Caídos

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Cidade dos Anjos Caídos da série Instrumentos Mortais (livro 4).



Sinopse: A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo. Os livros de Cassandra Clare têm milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e foram traduzidos para mais de 35 línguas. A série Os Instrumentos Mortais figurou na lista de bestsellers do New York Times por mais de dois anos. Um filme e uma série de TV, foram inspirados em Os Instrumentos Mortais.

Assunto: Ficção Americana, Literatura Juvenil, Série.

Editora: Galera Record.

Páginas: 364.

Ano: 2011.

Sobre a autora: Cassandra Clare chegou ao primeiro lugar nas listas do New York TimesUSA TodayWall Street Jornal e Publishers Weekly com as séries best-sellers dos Caçadores de Sombras, Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais e Os Artifícios das Trevas. Ela também é coautora de As crônicas de Bane, com Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson, e escreveu O Códex dos Caçadores de Sombras com seu marido, Joshua lewis. Seus livros somam mais de 36 milhões de exemplares vendidos no mundo e foram traduzidos para mais de 35 idiomas. Um filme e uma série de TV foram inspirados em Os Instrumentos Mortais. Cassandra vive em Massachusetts. Visite sua página em cassandraclare.com e saiba mais sobre o mundo dos Caçadores de Sombras em shadowhunters.com.


Foi uma série que fiquei tentada a ler quando assisti o filme e a série na Netflix. Demorei bastante para comprar os livros, pois achava o preço bem salgado até que em uma Black Friday da vida adquiri o meu box com todos os livros. Me lembro de ter largado tudo o que estava lendo para começar essa série, e não me arrependi. Passava o dia lendo, tanto que terminei a série super rápido.

O meu livro é uma edição especial, então a capa é toda metalizada. Na capa vemos uma menina lutando com seu chicote, ela é Isabelle. Ela é uma das caçadoras de sombras que aparecem desde o primeiro livro da série. A diagramação desse livro é ótima. A leitura é fácil, já que é um livro juvenil, porém é um livro grande.

Nesse quarto livro, a guerra acabou e parece que as coisas estão melhorando para Clary. De volta Nova York ela pode aperfeiçoar seus poderes e ver a mãe casando, também está em um momento incrível com Jace. Apesar de tudo parecer estar melhorando, não é o que acontece completamente: agora tem alguém matando caçadores de sombras e o submundo está em um momento de tensão. E como nem tudo são flores, o melhor amigo de Clary está distante e Jace começa a se afastar dela sem muita explicação. Para saber tudo o que acontece nesse livro em detalhes você precisa lê-lo.

É um livro de ficção e fantasia, já que possui personagens fantásticos a que estamos sempre em contato em outros livros com essa temática fantasiosa. Eu indico essa série pra quem gosta desse gênero de livros mais voltados para a fantasia. O mundo das sombras é realmente incrível para aqueles que estão abertos a conhecê-lo.


Na parte de trás da capa do livro temos as imagens de todos os lugares da cidade que são citados no livro.


Na parte de trás da traseira do livro temos um mapa da cidade que mostra onde fica cada lugar da cidade citado na parte da frente que falei acima.


Como já disse, meus livros foram comprados em uma edição especial em um box completinho, por isso quando colocamos eles lado a lado eles formam uma imagem.

Comprei esse livro na Submarino e paguei R$ 129,90 no box (ou seja, cada livro custou em torno de R$ 21,65)

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*


quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Peças para serem usadas no verão

Olá querido(a)!
Hoje resolvi trazer uma seleção de peças, a convite da Zaful, que caem super bem nessa época de verão. 



Nessa época de verão e calor só me vem uma coisa na cabeça em relação a roupas: que sejam leves e confortáveis! A vibe da gente é aproveitar o clima quente na piscina ou na praia. Claro que queremos os looks mais lindos também para as fotos ficarem incríveis. Por isso estou aqui para te ajudar nessa missão de se manter deusa e ao mesmo tempo confortável com seus looks de verão.

1- Biquínis here!

1|2

Qual a primeira coisa que você pensa quando escuta a palavra verão? Praia né more! Ma também somos fãs de piscina, é claro. Para essas situações precisamos do biquíni certo para arrasar por aí. Acho bacana um modelo mais coloridão que mostra que a gente entrou de cabeça nessa época alegre do ano. Para fazer a linha fina eu acho bacana os modelos lisos de cores mais sóbrias. O importante é você escolher o modelo e a cor que mais te agradam e sair por aí bem sereiona.

2- More frescor!

1|2

O que seria um look fresco? Seria um look com um vestido de tecido levinho, sem mangas e que faça você sentir menos calor possível. Esses looks são incríveis para passear durante a tarde pelas ruas daquela cidade de praia que você está passando suas férias (e dá pra sair a noite também!). Coloca um vestido levinho e uma rasteirinha, e voilà!

3- More party!

1|2

Apesar de ser verão e a gente curtir o sol, a praia, a piscina e vibes, não podemos esquecer do look pra curtir as festinhas e baladinhas a noite. Pra quem faz a linha "brilho mais que as estrelas" é legal apostar naquele look todo trabalhado no paetê (adoro!). Pra quem faz a linha básica mas que quer causar, aposte no pertinho nada básico. Arrase no look da night!

Acabei de dar várias ideias de looks para curtir o verão. Dá até pra usar o primeiro pela manhã, o segundo a tarde e o último a noite. Mas a gente sabe que vestidos no verão nunca são demais, por isso para conferir mais modelos click aqui. Não esqueça também de acessar o Zaful Blog para ficar por dentro das peças mais hots da temporada.

Você gosta do verão? O que você achou das minhas dicas para arrasar nessa temporada de calor? Me conta aí embaixo quais as peças que você mais gostou!

Beijoos ;*

*Essa postagem é um publieditorial.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Resenha literária: Cidade de Vidro

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Cidade de Vidro da série Instrumentos Mortais (livro 3).



Sinopse: Em Cidade de vidro, a já conhecida heroína Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, para salvar a vida de sua mãe, em um coma mágico induzido pelo terrível Valentim. Um homem que quer purificar o mundo de toda criatura que não seja 100% humana ou 100% nephilim. Um detalhe: entrar em Alicante sem permissão é contra a lei e pode significar a morte. Mas nenhuma regra irá afastar Clary de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la. Os livros de Cassandra Clare têm milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e foram traduzidos para mais de 35 línguas. A série Os Instrumentos Mortais figurou na lista de bestsellers do New York Times por mais de dois anos. Um filme e uma série de TV, foram inspirados em Os Instrumentos Mortais.

Assunto: Ficção Americana, Literatura Juvenil, Série.

Editora: Galera Record.

Páginas: 476.

Ano: 2009.

Sobre a autora: Cassandra Clare chegou ao primeiro lugar nas listas do New York TimesUSA TodayWall Street Jornal e Publishers Weekly com as séries best-sellers dos Caçadores de Sombras, Os Instrumentos Mortais, As Peças Infernais e Os Artifícios das Trevas. Ela também é coautora de As crônicas de Bane, com Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson, e escreveu O Códex dos Caçadores de Sombras com seu marido, Joshua lewis. Seus livros somam mais de 36 milhões de exemplares vendidos no mundo e foram traduzidos para mais de 35 idiomas. Um filme e uma série de TV foram inspirados em Os Instrumentos Mortais. Cassandra vive em Massachusetts. Visite sua página em cassandraclare.com e saiba mais sobre o mundo dos Caçadores de Sombras em shadowhunters.com.


Foi uma série que fiquei tentada a ler quando assisti o filme e a série na Netflix. Demorei bastante para comprar os livros, pois achava o preço bem salgado até que em uma Black Friday da vida adquiri o meu box com todos os livros. Me lembro de ter largado tudo o que estava lendo para começar essa série, e não me arrependi. Passava o dia lendo, tanto que terminei a série super rápido.

O meu livro é uma edição especial, então a capa é toda metalizada. Na capa vemos um menino moreno sentado no chão bem despreocupado. Nessa capa eu fico com algumas dúvidas sobre quem é esse personagem, mas ao que tudo indica é o Sebastian. Ele é um personagem novo na trama e que surge a partir desse livro, é um caçador de sombras também. A diagramação desse livro é ótima. A leitura é fácil, já que é um livro juvenil, porém é um livro grande.

Nesse terceiro livro podemos ver que Clary está em uma busca. Apesar de todos estarem preocupado com rumo que as coisas estão indo no mundo das sombras, bem mal por sinal, Clary tem suas próprias preocupações. Clary não tem noções do quanto é poderosa! As preocupações delas passam por salvar a vida de sua mãe, com seu amigo vampiro que suporta a luz solar e sobre determinado relacionamento em sua vida. Nesse livro todos os submundanos juntam forças para procurar os instrumentos mortais e salvar a cidade de Alicante. Tanta coisa acontece que você vai devorar esse livro rapidinho!

É um livro de ficção e fantasia, já que possui personagens fantásticos a que estamos sempre em contato em outros livros com essa temática fantasiosa. Eu indico essa série pra quem gosta desse gênero de livros mais voltados para a fantasia. O mundo das sombras é realmente incrível para aqueles que estão abertos a conhecê-lo.


Na parte de trás da capa do livro temos as imagens de todos os lugares da cidade que são citados no livro.


Na parte de trás da traseira do livro temos um mapa da cidade que mostra onde fica cada lugar da cidade citado na parte da frente que falei acima.


Como já disse, meus livros foram comprados em uma edição especial em um box completinho, por isso quando colocamos eles lado a lado eles formam uma imagem.

Comprei esse livro na Submarino e paguei R$ 129,90 no box (ou seja, cada livro custou em torno de R$ 21,65)

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*


segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

8 dicas para cuidar de si mesmo no verão

Olá querido(a)!
Essa época de verão é maravilhosa: sol, praia e curtição! Muitas vezes não lembramos que o verão pede mais cuidados com nós mesmos, por isso vim dar algumas dicas bem básicas mas essenciais para se manter saudável nessa época.

Vamos ver as 8 dicas pra fazer seu verão ser melhor ainda?

1- Beber água


Água é sempre uma bebida importante no nosso dia-a-dia, principalmente no verão que perdemos mais líquido por conta das altas temperaturas. O bom é beber água mesmo, mas sucos da própria fruta ou água de coco ajudam a hidratar também.

2- Evitar exposição solar


Não que você tenha que deixar de ir à praia ou pegar aquele bronze, a questão é evitar pegar sol nos momentos em que ele se encontra mais forte (das 10:00h às 16:00h). Como tudo na vida, o sol também deve ser dosado, em excesso faz mal.

3- Passar protetor solar


Protetor solar é importante o ano inteiro já que tanto o sol quanto algumas luzes artificiais podem queimar e fazer mal a pele. No verão é mais necessário ainda usar o protetor solar, e não só em praias e piscinas mas passar assim que acordar. O protetor solar ajuda a prevenir o envelhecimento e o câncer de pele, por isso é melhor perder um tempinho do seu dia passando ele.

4- Usar chapéu ou boné


O chapéu é um acessório que dá um style no look e ainda ajuda a proteger um pouco mais seu rosto e seu cabelo dos efeitos solares. Escolha o modelo que mais te agrada e se joga! A parada é ficar protegida do sol, mas quem disse que não pode ser com estilo?

5- Usar óculos solar


A questão não é apenas usar o óculos solar, mas sim um com proteção contra raios UV. É importante usá-los para proteger os olhos do sol, e é mais um acessório estiloso para o look.

6- Alimentar-se de comidas leves


Essa é a dica pra vida, né? O certo é comermos comidas leves sempre, mas no verão é ainda mais importante porque qualquer coisinha misturado com o calor pode te fazer mal (e muitas comidas estragam com esse calor e você nem percebe). Por isso é importante investir em frutas, legumes e vegetais, se possível aqueles que possuem mais água em sua composição.

7- Evitar bebidas alcoólicas e refrescos açucarados


O álcool aumenta a perda de água do corpo, ou seja você fica desidratado mais rápido. As bebidas alcoólicas também possuem muito açúcar, assim como os refrigerantes também, e ele não faz bem para saúde, então evite essas bebidas no verão.

8- Evitar lugares fechados


Lugares fechados geralmente quando não ventilados viram incubadoras de doenças e no verão, além disso, viram verdadeiros fornos. Por isso opte por lugares abertos e bem ventilados, assim você se mantem fresco e previne de pegar alguma doença.

Você tem tido mais cuidados com sua saúde no verão? Me conta nos comentários!

Beijoos ;*

* Conteúdo tirado do Tua Saúde.

sábado, 20 de janeiro de 2018

Você quer vestido @? Então toma!

Olá querido(a)!
Hoje estou aqui a convite da Zaful para te mostrar 3 tipos de modelos de vestidos que eu tenho certeza que você vai amar. Lembrando que já te ensinei a comprar lá na Zaful aqui.


Vamos combinar que vestidos são mara, né? Eles são peças confortáveis e charmosas, além de ser femininas demais. Você escolhe o vestido e a produção já tá praticamente pronta, é só investir nos acessórios e arrasar por aí. 

Preparada para ver os modelos de vestido que resolvi mostrar hoje?


1|2|3

Esse modelo de vestido são aqueles com decote nas costas que combinam muito com esse clima de verão aqui do Brasil. Eles são leves, delicados e fazem um look muito bonito. Acho que é aquele tipo de vestido que não pode faltar naquela viagem pra praia. Devo frisar também que decote nas costas também fica sexy!


1|2|3

Esse modelo de vestido midi são aqueles meio termo: nem longo e nem curto. É um tipo de vestido que divide opiniões e ou você ama ou odeia. Eu acho que é um modelo super bonito, e é para aquelas pessoas ligadas em moda e tendências. Também acho que quem usa quer um ar mais chique, que é o que esse comprimento promete.


1|2|3

Esse modelo de vestido são aqueles mais arrumadinhos, que posso chamar de vestido de festa (tipo formatura, casamento...). A gente sempre quer arrasar nessas festas, né? O diferencial nesse tipo de vestido é o tecido, que sempre tem uma pegada mais fina, chique e interessante. O importante na escolha desses vestido é encontrar algo que te agrade, já que existem muitas opções incríveis.

Você gosta de vestidos? O que você achou das minhas escolhas? Me conta aí embaixo quais vestidos você mais gostou de cada categoria!

Beijoos ;*

*Essa postagem é um publieditorial.