quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Resenha literária: A Garota do Calendário - Fevereiro

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro A Garota do Calendário - Fevereiro.


Sinopse: O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. Fenômeno editorial nos Estados Unidos com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.

Assunto: Romance.

Editora: Verus.

Páginas: 132.

Ano: 2016.

Sobre a autora: Audrey Carlan é uma autora best-seller do New York Times, USA Today e do Wall Street Journal. Alguns de seus trabalhos incluem as séries Falling e Calendar Girl.


Faz um tempo que eu estava curiosa para ler a série A Garota do Calendário, achei interessante essa proposta de cada livro contar sobre um mês do ano. Já confesso que fui surpreendida pelos livros e adorei.

A capa faz o estilo que eu gosto: tem um casal que é típico dos livros de romance. O que me agrada é que a capa é em preto e branco, porém dá cor ao vestido (nesse a cor é um vermelho). Sinceramente, sou apaixonada por todas as capas. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo e a história acaba prendendo a gente.

Nesse segundo livro podemos acompanhar o novo trabalho de Mia acompanhando Alex Dubois, um excêntrico artista plástico francês. Nesse livro a vemos como musa inspiradora do artista e muito confusa sobre os acontecimentos. Dubois é um cara totalmente diferente de Wes, mas não menos interessante. Mais um desafio para Mia, que encara mais uma vez a situação. Percebemos também que ela encanta as pessoas por onde passa. E já posso adiantar que a cada lugar que ela passa faz  amigos que vai levar para a vida inteira. 

É um livro que gostei bastante da leitura, apesar de possuir algumas cenas mais quentes, esse não é o tema principal. Acho bastante interessante ver como a Mia se vira nesse emprego de acompanhante, e como ela faz isso por um motivo maior. É um livro que muitas vezes nos motiva a fazer coisas. A cada capítulo vamos nos apegando as personagens que são apresentados. Eu indico para as pessoas que gostam de romance e de livros curtinhos.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode encontrar em diversas lojas que vendem livros.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

2 comentários:

  1. Thais fiquei super interessada em ler esse livro amei tua resenha!
    Beijos
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir