quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Resenha literária: O Diário de uma Submissa

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro O Diário de uma Submissa - Uma história real.


Sinopse: Depois de viver sua primeira relação sexual sadomasoquista, sem sequer saber direito classificá-la como tal, sente-se definitivamente atraída por esse novo mundo. E após um caso quente e revelador com seu amigo Thomas, é em James que Sophie encontra seu dominador verdadeiro e uma paixão que a leva a testar limites que nem ela mesma poderia imaginar.A autora constrói em "O diário de uma submissa" um relato real, sincero e ousado de uma jornada a um mundo repleto de novas e picantes possibilidades. Um livro feito para despertar imaginação e a curiosidade, sendo um relato honesto, polêmico e sem pudores.

Assunto: Autobiografia, Biografia, Comportamento.

Editora: Fontanar.

Páginas: 238.

Ano: 2013.

Sobre a autora: Jornalista independente, de 30 e poucos anos, Sophie Morgan não tem vergonha de admitir que tem gostos sexuais excêntricos. Entre quatro paredes — mas só entre quatro paredes, que fique claro desde o início —, ela gosta de ser submissa.Desde bem jovem ela passou a notar que pensava bastante em sexo. Também percebeu o quanto algumas experiências inusitadas mexiam com ela de uma maneira profunda. Mas foi só na faculdade que ela começou a viver experiências consideradas fora do padrão e notar o quanto aquilo tudo lhe proporcionava um enorme prazer.


Resolvi ler esse livro porque estava numa fase de pesquisas sobre o mundo BDSM, submissão, dominação, essas coisas. O título me chamou bastante atenção e por isso resolvi ler.

A capa é bem bonita e até romântica, porém não vi muito romantismo nessa história. Eu achei esteticamente maravilhosa mesmo essa capa.  Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura é interessante, mas não achei fácil. Em muitas partes eu parava para digerir a situação.

É o tipo de livro que eu tenho certeza que não é qualquer pessoa que vai gostar. E não, não é um romance. É BDSM pesado mesmo e muita humilhação. Em muitas partes eu tentava me colocar no lugar da Sophie, porém achava que não conseguiria aceitar certas coisas. E o livro é baseado em uma história real, na verdade é um relato de uma submissa de verdade. Já li muito sobre o assunto, e pessoas com esse estilo de vida tem que ter bastante cuidado sobre com quem se relacionar, porque algumas pessoas só são abusivas mesmo. Em muitos momentos fiquei chocada e ao mesmo tempo percebi que algumas coisas são muito reais nesse estilo de vida. É um livro que ajudar a entender esse mundo que não é nosso, mas ao mesmo tempo não é um livro pra quem tem estômago fraco.

Eu não sei como dizer isso, mas não é um livro que vou chegar aqui e recomendar. Acho que quem tem interesse no assunto e entende um pouco desse tipo de relação, deve ler. Quem não tem interesse, nem chegue perto. O livro é sobre relacionamentos e experiências BDSM, ou seja, não é um livro que todos irão amar. Não é um livro tão longo, mas também não é um livro curto.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você encontra em muitas lojas.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

2 comentários:

  1. Não conhecia o livro, e apesar de as vezes o tema me bater uma certa curiosidade, não chegou a ponto de me interessar pela leitura. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sinceridade da sua resenha, confesso que esse tipo de história não me atrai bem um pouco..

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir