segunda-feira, 21 de maio de 2018

Resenha literária: Extras

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Extras: Ser popular é a nova regra.


Sinopse: No quarto livro da série, "A Era da Perfeição" ficou no passado. A libertação promovida graças aos esforços de Tally Youngblood deu fim a uma cultura onde a beleza e as modificações cerebrais, que transformavam todos em avoados, eram a base do sistema. Nesse novo mundo onde Aya Fuse - não apenas uma Feia de 15 anos, mas uma Extra - tenta sobreviver, existe uma coisa muito mais importante e poderosa do que a beleza: a fama. Ocupando o 451.611º lugar em uma tabela que mede a popularidade das pessoas, Aya é só uma Extra nesse complexo sistema social. Mas a descoberta de um grupo de misteriosas meninas que se arriscam a surfar em trens magnéticos pode ser a oportunidade perfeita para alcançar o seu lugar no topo. Uma matéria tão boa que irá despertar o interesse de todo mundo, incluindo alguém há muito desaparecido.

Assunto: Literatura Infanto Juvenil.

Editora: Galera.

Páginas: 416.

Ano: 2012.

Sobre o autor: Scott Westerfeld é um autor americano de ficção científica voltada ao público Jovem Adulto. É mundialmente conhecido pela série Feios. Possui um vasta produção literária abordando temas variados.


Na verdade esse livro faz parte de uma trilogia de quatro livros, o que é bem louco. Eu já tinha lido a trilogia em 2014, mas ignorei esse quarto livro por questões de achar que não tinha a ver com os outros livros (já que a personagem principal não é a protagonista desse livro). Porém, acabei sentido vontade de lê-lo.

A capa possui a imagem de metade de um rosto, e é bem no modelo das outras capas. Eu gosto da capa, mas consigo fazer ligação dela com o conteúdo. Não vou falar da questão da diagramação porque li no meu Kindle. Achei a leitura fácil e rápida, lembro que não levei muito tempo para ler.

Apesar de o livro ser de 2012, ele tem um assunto super atual e é quase que uma previsão sobre os dias atuais. A história fala de uma cidade em que a reputação e popularidade das pessoas é medida através de visualizações em seus canais de vídeos (uma parada que lembra bastante o Youtube). Consigo sentir até um ar de crítica na história por causa disso, mas não é o fator principal da história. Existe um outro ponto que trata de coisas estranhas que estão acontecendo na cidade e pode ter a ver com o governo, e é aí que a história começa a ter ação e mistério.

Esse livro é uma distopia e por isso recomendo para quem gosta desse tipo de história. É importante ler os primeiros volumes, porém não acho necessário, já que essa história consegue se manter afastada dos livros anteriores. Para você que gosta de uma boa ficção e crítica sobre a sociedade, vai curtir essa leitura.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode encontrar em várias livrarias.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 19 de maio de 2018

Dicas para conseguir economizar seu dinheiro

Olá querido(a)!
Hoje vou dar algumas dicas sobre economia de dinheiro. Confesso que nunca fui uma pessoa muito econômica, mas aí a gente cresce e aprende na marra. Muitas dessas dicas foi mamãe que ensinou e outras aprendi  com o tempo. O importante é você entender as coisas que mais funcionam pra você, porque pode ser que nem todas as dicas te agradem.


1- Anote seus gastos


Confesso que essa não é uma dica que eu sigo, mas é importante no início. Quando você está começando nessa coisa de economizar dinheiro é extremamente importante a questão da anotação do que você gasta no mês, porque assim você vai ter uma noção do que gasta. Além disso vai ter ideia dos gastos desnecessários que está tendo e o que pode ser diminuído nos meses seguintes.

2- Calcule seus gastos fixos


Calcular os gastos fixos é outro ponto essencial. É aqui que você vai descobrir o quanto você gasta por mês com coisas que são de extrema necessidade (luz, água, comida, internet, etc). Você tendo uma média desses gastos, já pode ter a noção de quanto dinheiro sobra para outras coisas.

3- Defina um valor para guardar por mês


Depois que você já descobriu o quanto gasta em média por mês com despesas fixas, você deve definir o quanto quer/pode guardar. Acho que essa questão é muito pessoal e vai depender de quanto você ganha e de quanto sobra de dinheiro. Você pode começar guardando 50 reais e ir aumentando, até definir um valor que não vai lhe fazer falta durante o mês. Outra dica, é que essa quantia que você define para guardar, você tem que imaginar que ela não existe (assim você não fica tentado(a) a pegar essa quantia e gastar).

4- Evite sair todos os fins de semana


Vejo pessoas que saem todo o fim de semana, se esse não é o seu caso pule essa dica. Muitas vezes a gente gasta em média de 100 à 200 reais nessas saídas de fim de semana,imagina gastar isso em TODOS os fins de semana do mês? A dica aqui é não sair sempre e economizar esse dinheiro. Você vai conseguir economizar bastante.

5- Faça suas refeições em casa


Pra quem possui aqueles cartões alimentação, essa dica nem vai ser super válida, porém para aqueles que gastam o dinheiro com a própria comida vão se interessar. Sai bem mais barato você mesmo cozinhar suas refeições em casa, além de a comida ficar muito mais saudável. Uma dica é tirar um dia da semana para preparar várias marmitinhas e congelar, depois é só ir esquentando durante a semana.

6- Preste atenção na hora de pagar suas compras


Essa dica é em relação a formas de pagamento: sempre analise qual a forma vai te dar mais vantagens. Quando comprar em lojas físicas sempre pergunte sobre parcelamentos e descontos quando o pagamento for à vista ou no dinheiro. Quando comprar online também preste atenção nessas coisas (muitas vezes pagamento em boleto dá desconto) e procure por cupons de desconto. Sempre é bom também pesquisar o preço dos produtos em várias lojas antes de comprar, assim você consegue o melhor preço.

7- Preciso comprar isso?


Essa dica é muito mais sobre seu controle psicológico do que sobre seu dinheiro. Sempre que estiver para comprar algo que está fora do seu orçamento, se pergunte: "Preciso disso? Preciso disso nesse momento ou posso esperar?". Essas perguntas são essenciais para evitar compras desnecessárias e por impulso. Confesso que isso tem me ajudado bastante a controlar meus gastos.

Essas as minhas dicas para te ajudar a economizar dinheiro. Consegui te ajudar? Tem mais alguma dica legar para dar? Me conta aí nos comentários então!

Beijoos ;*


sexta-feira, 18 de maio de 2018

3 museus para visitar pelo mundo

Olá querido(a)!
Hoje é dia internacional dos museus e por isso resolvi falar um pouco sobre 3 museus pelo mundo que tenho vontade de conhecer, e acho que você também deve ter.

1- Metropolitan Museum of Art (Nova Iorque)


"O Metropolitan Museum of Art (em português: Museu Metropolitano de Arte), conhecido informalmente como The Met, é um museu de arte localizado na cidade de Nova Iorque, Estados Unidos, sendo um dos mais visitados museus do planeta. Fundado em 13 de abril de 1870, foi aberto ao público em 20 de fevereiro de 1872. É um dos maiores e mais importantes museus do mundo e abriga uma importante coleção de pintura europeia dos séculos XII-XX e obras da arte antiga (grega, romana, egípcia e assírio-babilónica) e oriental. Estão também expostas nas suas salas pinturas e esculturas de artistas norte-americanos. São muito importantes as secções dedicadas a instrumentos musicais, armas e indumentária."*

2- Museu do Louvre (Paris)


"O Museu do Louvre (em francês: Musée du Louvre), é o maior museu de arte do mundo e um monumento histórico em Paris, França. Um marco central da cidade, está localizado na margem direita do rio Sena, no 1.º arrondissement. Aproximadamente 38.000 objetos, da pré-história ao século XXI, são exibidos em uma área de 72.735 metros quadrados. Em 2017, o Louvre foi o museu de arte mais visitado do mundo, recebendo 8,1 milhões de visitantes."*

3- Museu Nacional de Antropologia (México)


"O Museu Nacional de Antropologia (MNA, ou Museo Nacional de Antropología) é um museu nacional do México. Situado na zona entre Paseo de la Reforma e a rua Mahatma Gandhi dentro do Parque de Chapultepec na Cidade do México, o museu contém importantes artefatos arqueológicos e antropológicos das culturas pré-colombianas do México, como a Pedra do Sol e a estátua asteca de Xochipilli do século XVI."*

O que você achou desses museus? Tem vontade de conhecer algum? Já conheceu algum deles? Me conte nos comentários!

Beijoos ;*

*As informações sobre os museus foram tiradas do Wikipédia.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Sessão pipoca: Eu Não Sou Um Homem Fácil

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi Eu Não Sou Um Homem Fácil.


Sinopse: O machista Damien acorda em um mundo onde as mulheres e os homens têm seus papéis invertidos na sociedade, e tudo é dominado por mulheres. Ele entra em conflito com La Coach, uma poderosa escritora.

Gênero: Comédia


Sabe aquele momento que você quer assistir um filme só porque está no tédio? Foi assim que acabei escolhendo esse filme para assistir. Queria ver algo inédito antes de dormir e acabou sendo esse filme.

Esse foi um filme que eu não dava nada por ele no início porque achei a sinopse meio sem graça, porém o filme me surpreendeu muito. Primeiro, achei super legal que o filme é francês o que já o torna diferente de muitos outros. Segundo, achei o filme com um tema super atual e eu adorei. Terceiro, parece que vai ser um filme zoado, mas o roteiro é muito bem trabalho. Quarto, você consegue perceber a crítica em todos os momentos do filme e até sente pena do Damien, porém pensa que tudo o que ele passa durante o filme é o que as mulheres sofrem no dia-a-dia e na vida. Um filme para ter uma boa reflexão, apesar de ser uma comédia.

Recomendo esse filme para quem está a procura de algo diferente, engraçado e crítico. Acho que é legal principalmente para as mulheres, mas os homens são bem vindos a assistir já que podem refletir sobre os comportamentos que eles tem em relação as mulheres. 

Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Resenha literária: Antes Que Eu Vá

Olá querido(a)!
A resenha de hoje é sobre o livro Antes Que Eu Vá.


Sinopse: Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no colégio que frequenta: desde a melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, que seria apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita, acaba sendo seu último dia - mas ela ganha uma segunda chance. Sete "segundas chances", na verdade. Ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha vai tentar desvendar o mistério que envolve a própria morte - e, finalmente, descobrir o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

Assunto: Relacionamentos.

Editora: Intrínseca.

Páginas: 352.

Ano: 2015.

Sobre a autora: Lauren Oliver é mestre em Fine Arts pela Universidade de Nova York. Passa boa parte do tempo em trens, ônibus e aviões e escreve sem parar, no notebook ou em guardanapos. Mora no Brooklyn, que chama de "o lugar mais feliz da Terra", tem dez tatuagens, gosta de cozinhar, bebe café demais e sempre exagera no ketchup. Antes que eu vá foi seu livro de estreia.


Assisti ao filme antes de ler o livro, como sempre. E eu amei o filme! Aí fiquei bem empolgada para ler o livro e saber mais sobre essa história.

Na capa temos o rosto de uma menina como se ela estivesse deitada na grama. Poderia dizer que é a personagem principal repensando tudo o que se passa em sua vida. Acho a capa bem bonita. Não vou falar sobre diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura é meio complicada, na minha opinião, já que as coisas se repetem várias vezes.

Confesso que gosto muito mais do filme que do livro, apesar de o livro conter mais informações e tal. Falando da história em si, é uma coisa que nos inspira a repensar o que temos feito da nossa vida. Uma coisa que eu percebi, é que os dias se repetem para a personagem para ela parar e olhar em volta, sair da bolha em que ela se encontra. Muitas vezes achamos que estamos vivendo uma vida legal e que somos boas pessoas, mas devemos parar para refletir sobre os nossos atos e sobre o que está a nossa volta. Gosto muito da história em si! Acho que ela tem que passar pelas repetições do último dia dela até que tudo esteja de um jeito "bom", para que ela consiga partir sem culpa e deixar a sua marca no mundo.

Eu recomendo esse livro para quem gosta de histórias diferentes e que façam refletir sobre a vida. Acho que em muitos momentos paramos para pensar nas coisas que a personagem faz, além de pensarmos na nossa própria vida.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode encontrar em várias livrarias.
O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*