segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Eu sou bonita

Olá querido(a)!
Hoje vim dividir com você um texto que escrevi para um concurso cultural do canal da Giovanna Ferrarezi. O texto aborda os temas de auto-estima e beleza, e tem a relação com a minha visão sobre esses assuntos e minhas experiências comigo mesma sobre o assunto.


Eu sou bonita. Você é bonita. Nós somos bonitas. Por quê achamos tão difícil aceitar a nossa boniteza?

Nos meus 21 aninhos de existência vejo o quanto evoluí, tanto externamente quanto internamente. Com o passar do tempo nossos pensamentos sobre beleza vão sofrendo constantemente mudanças, muitas vezes para melhor. Começamos a entender que beleza é algo relativo: cada um vê de um jeito, ou seja, o que é feio pra você pode ser bonito pra mim. Uma outra coisa que aprendi com os anos é que beleza vem de dentro pra fora. Quando você está feliz, motivada e tudo mais, essa luz e energia é transmitida para o seu exterior. Estar bem com nós mesmas é o passo fundamental para começar a cuidar dessa beleza exterior.

A beleza não é questão de padrão, é questão de ser diferente mas estar bem com aquilo que vê no espelho ou até ver e querer sempre melhorar para você se sentir melhor com você mesma. A beleza real está nos olhos que brilham e nas bocas que sorriem, a beleza se encontra na felicidade, simplicidade e na leveza.

Hoje a beleza pra mim é me sentir bem comigo mesma, e sempre separar aquele tempinho pra mim, pra me cuidar. Me cuidar pra mim mesma, não para os outros. Amor próprio em primeiro lugar. Eu que tenho que me achar bonita, entes de querer que os outros me achem bonita também.

E nunca se esqueça: a beleza exterior se perde com o tempo, mas a interior pode ser mantida, só depende de você!


Infelizmente, não ganhei o concurso, mas gostei tanto do meu texto que decidi dividir com você. Me conte o que achou do texto nos comentários, e como é essa sua visão de beleza e auto-estima.

Beijoos ;*


sábado, 27 de agosto de 2016

Resenha: Água Micelar de L'Oréal Paris

Olá querido(a)!
Hoje vou a resenha da Água Micelar - solução de limpeza 5 em 1 de L'Oréal Paris.




A Água Micelar é uma solução de limpeza 5 em 1 para face, lábios e olhos (sem enxágue).

1- Limpa;
2- Demaquila;
3- Purifica;
4- Suaviza;
5- Reequilibra.

Nova Água Micelar solução de limpeza: A nova Água Micelar de L'Oréal Paris foi especialmente desenvolvida para limpar a pele. Com um alto poder de limpeza e purificação, sua fórmula capta e elimina as impurezas e maquiagem, revelando uma pele perfeitamente limpa, reequilibrada e suave sem agredi-la.

Água Micelar solução de limpeza: Como imãs, as micelas captam e eliminam as impurezas e a maquiagem da face, dos olhos e dos lábios.

Resultados: Pele perfeitamente limpa, purificada e reequilibrada.

Modo de usar: Aplicar, de manhã e à noite, sobre um algodão e em seguida passar suavemente sobre a pele do rosto, lábios e olhos. Não é necessário o enxágue. Apenas para uso externo. Repita a operação até que o algodão esteja perfeitamente limpo. Não ingerir.

Possui fórmula não oleosa. Testado dermatologicamente e oftalmologicamente. Não contém álcool. Dura até 100 aplicações (no disco de algodão).


A embalagem contém 200 ml e custa em torno de R$ 25,00.

O meu felling sobre esse produto é positivo. Esse foi um produto que lançou a pouco tempo e eu estava doida para testar, então não titubeei em comprar já que estava sem um produto para remover a maquiagem. Ele é uma água meio turva que tem um cheirinho bem suave, nada que incomode. Eu achei que ele retira bem a maquiagem, mas aquelas à prova d'água achei que ele demora um pouco mais para remover. Ele realmente não é oleoso, pois já usei um que era. Achei o preço bem em conta, ou seja: custo benefício total. Super recomendo!

Já conhecia esse produto? Me conte o que acha sobre ele nos comentários!

Beijoos ;*

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Sessão pipoca: 5 filmes com o Zac Efron que você tem que assistir

Olá querido(a)!
Hoje eu trouxe para você 5 filmes do Zac Efron que você tem que assistir. Eu adoro todos esses filmes e tenho certeza que você também vai adorar.


1- 17 Outra Vez


Eu simplesmente adoro esse filmes! Ele tem uma pegada legal, é engraçado e tem aquela história bonitinha. Me lembra um pouco o brasileiro Se Eu Fosse Você, mas no caso desse filme o personagem não se transforma em outra pessoa, ele apenas volta a ter 17 anos.


Sinopse: Mike O'Connell era um astro do basquete quando estava no colégio, mas ao descobrir que sua namorada estava grávida resolveu abandonar seus planos e se casar. Após 20 anos, Mike está infeliz. O casamento não vai bem, seus filhos não o respeitam e a promoção que aguardava no trabalho não saiu. Um dia ele decide visitar o antigo colégio e, ao rever fotos e objetos de sua adolescência, deseja voltar no tempo e ter uma nova chance. Repentinamente seu desejo se realiza, e ele volta a ter 17 anos. Com a ajuda de seu amigo Ned Gold, ele é novamente inscrito na escola e passa a frequentá-la ao lado de seus próprios filhos.

Gênero: Comédia.

2- Hairspray - Em Busca da Fama


Esse filme é pra quem curte musicais, eu não sou fã mas esse filme em especial me agrada. Os figurinos desse filme são lindos, porque ele é ambientado nos anos 60. As músicas são super divertidas e todo o filme é incrível. Amo assistir! Ahh, essa é a versão nova do filme (2007), a primeira versão foi lançada em 1988 (confesso que nunca assisti, mas prefiro essa com Zac Efron).


Sinopse: 1962. O sonho de todo adolescente é aparecer no "The Corny Collins Show", o programa de dança mais famoso da TV. Tracy Turnblad é uma jovem gordinha que tem paixão pela dança. Ao fazer um teste ela impressiona os juízes e, desta forma, conquista um lugar no programa. Logo ela alcança o sucesso, ameaçando o reinado de Amber Von Tussle no programa. As duas passam também a disputar o amor de Link Larkin, enquanto duelam pela coroa de Miss Auto Show. No entanto os conceitos de Tracy mudam quando ela descobre o preconceito racial existente na TV, decidindo usar sua fama para promover a integração.

Gênero: Comédia, Drama, Musical.

3- Música, Amigos e Festa


Esse é um filme que envolve música, muito drama e um romance. Esse filme eu gosto bastante pois o personagem principal sonha em ser DJ e acaba enfrentando muitos obstáculos. Um filme bem legal pra quem gosta de música.


Sinopse: Cole tem 23 anos e batalha para se tornar um DJ de sucesso. Apadrinhado por James, experiente profissional da área, ele aprende muito e começa a crescer, mas coloca tudo em risco ao se envolver com a jovem namorada do amigo, Sophie.

Gênero: Drama, Musical, Romance.

4- Tirando o Atraso


O que falar desse filme? Eu adorei! Foi o último filme que assisti com o Zac Efron e ri do início ao fim. A história é super divertida e engraçada. Um ótimo filme para assistir se você quer rir muito. Super recomendo de verdade!


Sinopse: Um dia após o funeral de sua avó, Jason Kelly é encarregado de levar seu avô, Dick Kelly, até Boca Ratón, na Flórida. A viagem não o agrada nem um pouco, já que em poucos dias ele irá se casar com a controladora Meredith e, diante da proximidade do evento, tem várias pendências a resolver. Apesar disto, Dick insiste que o jovem viaje com ele. Logo o avô se revela bastante assanhado, já que não vê a hora de voltar a transar com uma jovem, algo que não faz há 15 anos.

Gênero: Comédia.

5- Vizinhos


Só tenho a dizer que assisti esse filme mais de uma vez e amo demais. Eu morro de rir o filme inteiro. Mais um filme do Zac Efron que eu não me canso de assistir. É aquele filme bem americano que envolver repúblicas da faculdade e tudo mais. E sabe o que é mais legal? Já tem um segundo filme, só que eu ainda não assisti :/


Sinopse: Mac e Kelly Radner  acabaram de se mudar para uma casa nova, junto com o filho recém-nascido deles. Aparentemente trata-se do local perfeito para criar uma família, mas logo o casal percebe que as aparências enganam. Especialmente quando um dos vizinhos é Teddy Sanders, que lidera os jovens das redondezas nas confusões aprontadas por eles.

Gênero: Comédia.

Essa foi a minha seleção de filmes do Zac Efron e eu espero que você tenha gostado, porque eu adorei fazer essa postagem e amo assistir esses filmes. Não esqueça de deixar seu comentário contando qual que você já assistiu ou qual você tem vontade de assistir.

Beijoos ;*

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Resenha literária: Zodíaco

Olá querido(a)!
Hoje temos mais uma resenha literária por aqui, e o livro de hoje é Zodíaco de Robert Graysmith.




Sinopse: Aterrorizando a cidade de San Francisco desde 1968, o serial killer Zodíaco, em cartas cheias de escárnio enviadas aos jornais, escondia pistas sobre sua identidade e usava astuciosas mensagens criptografadas que desafiavam as maiores mentes decifradoras de código da CIA, do FBI e da NSA. Nessa época, o autor, Robert Graysmith, era o cartunista de política do maior jornal do norte da Califórnia, o San Francisco Chronicle, de forma que estava lá quando cada uma das cartas criptografadas, cada mensagem codificada, cada farrapo de roupa ensanguentada das vítimas chegou à redação. Esta é a história real de uma caçada que se estende por mais de duas décadas e que ainda persiste. Ao longo dos anos, apenas fragmentos das cartas do Zodíaco foram revelados pela polícia ou reproduzidos e reimpressos pelos jornais. Neste livro está cada palavra que o Zodíaco escreveu à polícia.

Assunto: Literatura Estrangeira, Não-Ficção, Policial.

Editora: Novo Conceito.

Páginas: 527.

Sobre o autor: Robert Graysmith (1942) é um escritor de literatura de não-ficção norte-americano, autor de livros sobre assassinos em série como o Assassino do Zodíaco. Ele escreveu vários livros tais como: Zodiac e The Murder of Bob Crane.


Esse é um livro que já tinha interesse a tempos e que consegui achar por acaso na bienal do livro do ano passado. Não teve jeito, comprei e confesso que não me arrependi.

Eu gosto muito da capa desse livro, porque ela é basicamente uma das cartas que o assassino escreveu para o jornal, ou seja, tem tudo a ver. No caso o meu livro é daqueles de edição econômica (ou de bolso), então ele é pequenininho e não tem nenhuma diagramação especial. Mesmo tenho 527 páginas, não é uma leitura cansativa e você vai querer ler mais e mais para saber o que vai acontecendo.

Sou suspeita pra falar desse livro, porque já tinha lido a história desse serial killer em outro livro e já tinha visto o filme. Também sou muito viciada no assunto serial killers e psicopatas, então não tinha como não gostar. O que mais surpreende no livro é que a história é real e que o assassino nunca foi pego, o que pra mim é fascinante. Indico esse livro pra quem gosta do assunto e pra quem tem sangue frio. É um livro incrível e que eu adoro!



Tenho que ressaltar que o livro possui imagens das cartas, símbolos, desenhos, mapas e fotos o que torna a leitura mais rica.

Comprei o meu livro na bienal do livro do ano passado, numa  barraca com livros à 5 reais, e paguei R$ 5,00 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Aperta o play: Mc Duduzinho

Olá querido(a)!
Hoje vou falar de música aqui no blog, escolhi falar do Mc Duduzinho que é um cantor de funk que adoro.

Como eu adoro ficar por dentro dos lançamentos do mundo do funk, eu acabei conhecendo o Mc Duduzinho numa dessas minhas andanças pelo Youtube. Logo de cara eu me apaixonei pelo som dele e não consegui parar de escutar. Tem um clipe dele que eu amo e que vou mostrar pra vocês. Alpem de tudo Mc Duduzinho é uma gracinha #queropramim.


Iniciou sua carreira em 2011 com 16 anos, mas só alcançou fama no ano seguinte em que lançou a música "Normal Mamãe Passou Açúcar em Mim" que foi sucesso no Youtube. Em 2015 assinou contrato com a Warner Music e segue lançando vários sucessos.

Ele é cantor e compositor, e seus estilos musicais são: Funk Carioca, Funk Melody, Pop e Hip Hop.






O que você achou do aperta o play de hoje?

Beijoos ;*