sexta-feira, 31 de julho de 2020

Resenha literária: Show de Dia dos Namorados

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Show de dia dos Namorados.


Sinopse: A vida de Emily Williams não tem sido fácil desde que seus pais se separaram. E para piorar ainda mais, teve que abandonar sua cidade natal, escola e amigos, para acompanhar sua mãe em um novo emprego, e ser bolsista numa escola da elite de Miami onde todas as pessoas a odeiam e fazem bullying com ela. Bem, nem todas... Carol, sua melhor amiga, tem sido um conforto em sua vida. E Nicolas Petterson, o garoto autista que é o aluno mais inteligente de sua turma e astro do time de futebol da escola, sempre a defendeu de todos. Com a novidade de um baile no dia dos namorados e uma atividade de artes sobre escrever um cartão de amor, Emily e Nicolas podem perceber que mesmo vivendo vidas diferentes, há algo que os une. E, é claro, existem segredos que tentarão impedi-los de ficar juntos.

Assunto: Comédia Romântica, Romance.

Editora: Publicação Independente.

Páginas: 228.

Ano: 2020.

Sobre o autor: Yule Travalon é baiano, escreve romances contemporâneos que possuem comédia romântica, conspirações e representatividade. É formado em história, joga tarot, lê mapas astrais. Ama literatura, ocultismo, paganismo, comentários em seus livros, jogar conversa fora e jogar fora a conversa.


Eu vi esse livro no Instagram do próprio autor e fui correndo comprar porque é sobre um personagem que me encantou no livro Show de Vizinho. Um livro que eu sabia que não podia ficar sem ler.

A capa é a coisa mais fofa que já vi. Eu acho o design uma graça e nela podemos ver o nosso casal adolescente. A diagramação é ótima. Li o livro rápido, em um dia.

O que dizer de um livro que eu já tava chorando no prólogo? O Nicolas foi um personagem tão marcante no livro Show de Vizinho, mas eu não esperava poder ver ele adolescente e descobrindo o amor. O Nicolas é um menino autista e acho que esse é o toque que faz a história ficar mais bacana ainda, já que eu nunca li uma história de romance com um autista. Tenho gostado dessa inclusão nos romances, porque realmente o amor tá aí pra todos. O Nicolas é um garoto sensível e apaixonante, o menino fomiga. A Emily também é uma personagem muito legal e eu super me identifiquei com ela. Olha que sou uma garota mais dos romances quentes que dos fofos, mas eu amei essa pegada adolescente desse livro. Valeu os dinheiros que paguei e eu chorei pencas quando terminei. Yule você tá feliz que me fez desidratar com esse livro? Zoeiras a parte só posso dizer que amei. Já virou o meu livro preferido de romance. Ahh, e você não precisa ter lido Show de Vizinho para ler esse livro, porém recomendo (aproveita que Show de Vizinho tá disponível para assinantes do Prime Reading).

Eu indico esse livro para quem tá afim de ler aquele romance que vai te fazer vibrar a cada página e que vai fazer você chorar pelas pequenas coisas. Uma história que faz a gente até repensar as coisas simples da vida.

Esse livro eu comprei no formato digital na Amazon e pague R$ 3,99 nele (valeu cada centavo).

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 29 de julho de 2020

Resenha literária: Quando o Amor Chama

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Quando o Amor Chama.


Sinopse: Uma noite de chuva, uma ligação errada, uma confissão desesperada e uma voz sexy. Essa combinação foi o suficiente para virar de ponta cabeça a vida de Juliete. Ela estava para casar e se sentia contente com o noivo. Mas depois de receber a primeira ligação de Sting, suas noites mudaram, assim como o desejo de conhecê-lo pessoalmente. Sting é sua aventura obscura que pode afetar a sua vida para sempre, mas arriscar uma única vez se torna cada dia mais atraente, porém, ela teme o que pode acontecer se ele for mais do que apenas uma voz sensual.

Assunto: Romance.

Editora: Publicação Independente.

Páginas: 377.

Ano: ?

Sobre a autora: Lily Freitas é uma autora de romances que adora se perder nas sua histórias.


Mais um livro que apareceu por acaso nas minhas leituras. Peguei emprestado no Prime Reading e já estava lá a um tempo, acabei escolhendo para ler.

A capa é bem cara de romance. Não gosto tanto dela, mas tem a ver com a história: temos o casal e uma moto. A diagramação é boa, porém encontrei alguns erros de português. O livro é grande, mas li rápido.

A história me chamou atenção e fiquei curiosa no início do livro para saber como tudo ia acontecer, porém depois de um tempo achei tudo muito previsível. Foi um romance gostoso de ler: uma mulher que está noiva e insatisfeita, um cara que é apaixonado por uma mina fdp, e é isso. Eu gostei que apesar de ter um núcleo rico a galera principal é mais gente como a gente, a história se passa no Rio de Janeiro e em Cabo Frio (cidade em que fiz faculdade). Tem alguns pontos positivos e tal, mas não me surpreendeu sabe? Achei uma história boa de ler, mas senti que faltou algo. Um bom livro de respiro, com um romance que flui bem.

Um livro indicado pra quem gosta de romance, mas que não esperar grandes reviravoltas na história. Um livro legal para respiro de leituras pesadas.

Esse livro eu peguei emprestado pelo Prime Reading na Amazon.
O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 28 de julho de 2020

Resenha: Sabonete em Barra Cuide-Se Bem Deleite

Olá querido(a)!
Hoje vou fazer a resenha do Sabonete em Barra Deleite da linha Cuide-Se Bem de O Boticário.



Cuide-se Bem te convida a conhecer um lançamento que é uma fofura: hidratação com cheirinho viciante. Impossível não se cuidar! Uma fragrância doce e envolvente, aliada a textura cremosa do leite, que envolve a pele em um abraço aconchegante enquanto hidrata intensamente.

Ao entrar em contato com a pele úmida, o Cuide-se Bem Deleite Sabonete Barra cria uma espuma cremosa que limpa sem ressecar a pele. Sua fragrância gourmand torna o momento ainda mais especial, deixando-a pronta para aproveitar o dia da melhor forma. São cinco unidades do sabonete em barra para você sentir na pele todos os benefícios. Garante uma pele macia e perfumada já no banho!



A embalagem contém 5 sabonetes de 80g cada e custa R$ 23,90.

O meu felling sobre esse produto é positivo. Eu confesso que eu não gostei tanto do cheiro dele, porque ele tem um cheiro forte de leite, mas não achei dos piores. Para quem gosta, é bom. Achei ele bem hidratante , deixa a pele macia e perfumada. Acho que não compraria novamente, mas é um produto legal. Acho que o que mais desagradou foi o cheiro, mas é algo pessoal mesmo. Já usei outro dessa linha e tinha gostado muito. O preço também é bem ok, vale a pena.

Já usou esse sabonete? Me conte nos comentários!

Beijoos ;*

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Resenha literária: Seduzida pelo Milionário

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Seduzida pelo Milionário.


Sinopse: Uma deliciosa história no estilo de romance de banca... Um grego fascinante. Uma atração irresistível. E uma proposta irrecusável. Nascida no berço da elite nova-iorquina, Anne White viu seu mundo ruir de uma hora para a outra. Sem ninguém com quem contar, ela precisava aprender a sobreviver sozinha para proteger seu irmão Henry a qualquer custo. Ela bem que tentou, mas quando estava prestes a se render ao desespero, um acidente de trânsito deixou-a frente a frente com um homem fascinante de incríveis olhos cinzas, um estranho pronto a oferecer-lhe uma saída para todos os seus problemas. Ela só precisava dizer... sim. Demétrius Karedes foi abandonado pela noiva e desde então, centenas de mulheres passaram por sua cama. Uma noite de prazer, é tudo o que ele se permite, até se deparar com Anne. Um homem de negócios acostumado a sempre conseguir o que quer, Demétrius agora quer Anne White como sua amante.

Assunto: Romance.

Editora: Publicação Independente.

Páginas: 329.

Ano: ?


Eu fiquei interessada nesse livro quando notei que a história me lembrava aqueles livros de banca, que é um tipo de livro que gosto muito. Achei que a história poderia ser interessante e resolvi ler.

capa me agrada, apesar de ser bem simples. Temos o casal na capa e o título. Confesso que gosto dos efeitos nas letras do título, achei bonito. A diagramação é boa, pelo menos no Kindle. A leitura foi rápida.

Eu comecei a ler esse livro e confesso que não conseguia parar, haha. Li metade em um dia e o resto no outro. É uma história que me remete bastante aqueles romances bem banca de jornal mesmo. Me pareceu uma história bem clichê, mas com um enredo gostoso que prende a gente ali. Eu achei a leitura bem fluída e fácil de ser feita. Não tive dificuldades em mergulhar na história. Eu gostei bastante. Achei que os conflitos estavam ali e eram na medida certa. Nem sei o que falar. Um romance bem gostosinho para passar o tempo.

É um romance que eu indico para quem gosta de algo leve e bom de ler. Uma leitura ótima de respiro para outros livros.

Esse livro eu peguei emprestado no Prime Reading na Amazon.
O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

 

sábado, 25 de julho de 2020

Inspiração: Escrever

Olá querido(a)!
Hoje é dia do escritor e esse é um trabalho que admiro demais. A arte de escrever é a que mais me toca, já que sou uma leitora voraz. Gosto de escrever alguns pensamentos também e por isso acho bacana exaltar esse dia. Vamos as inspirações?











Lembrando que as imagens são de bancos de imagens gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. Você curte escrever?  Me conta nos comentários!

Beijoos ;*

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Na telinha: Arquivo X

Olá querido(a)!
Hoje eu vim falar da série Arquivo X.


Essa série é antiga e eu assisti pela primeira vez a uns 10 anos atrás. Confesso que nunca terminei e agora voltei a assistir de novo. Eu acho essa série muito boa, porém é longa. Achei que eu gostava mais dela, mas acho que é uma série que nunca envelhece.

"Os agentes do FBI Fox Mulder e Dana Scully são o oposto um do outro: ele acredita em atividades paranormais, e ela não. Juntos, eles investigam estranhos casos que os levam a conspirações alienígenas envolvendo o governo, e chegam até a colocar suas carreiras em risco. Mas não importa o que quer que fique no caminho, eles vão até o fim para resolver os casos que chegam em suas mãos."


Esse é o tipo de série para pessoas, que como eu, amam uma boa teoria da conspiração. Ela envolve a investigação de fenômenos paranormais de aquivos não resolvidos do FBI. Eu gosto muito dos agentes Mulder e Scully, são uma dupla muito boa e que fazem a história ficar ainda mais interessante. A gente sempre fica com aquela pulga atrás da orelha pensando se existe conspiração do governo e extraterrestres. Confesso que alguns episódios me matam de medo. Não consegui assistir todos os episódios ainda, mas eu gosto. Uma coisa interessante é que dá pra assistir os episódios sem seguir a ordem, já que continuam fazendo sentido. Acho que isso é uma marca dos episódios dos anos 90 que eram televisionados.

A série possui 11 temporadas, com o total de 218 episódios de 45 minutos cada. É uma série bem longa pra quem gosta de focar em algo, eu mesma ainda não terminei de assistir. É um série policial e de fantasia, então já espere muita investigação e alguns extraterrestres e coisas estranhas. É uma série que resume total as preocupações da galera nos anos 90, já que nessa época falava-se muito sobre extraterrestres e conspirações governamentais. Você pode assistir todas as temporadas no Globoplay.


Já assistiu essa série? Deixe seu comentário pra eu saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Resenha literária: A princesa salva a si mesma neste livro

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro A princesa salva a si mesma neste livro.


Sinopse: Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito.

Assunto: Poema, Poesia.

Editora: Leya.

Páginas: 201.

Ano: 2017.

Sobre a autora: Devoradora de palavras e leitora ávida e apaixonada de contos de fadas desde a infância, era natural que Amanda Lovelace começasse a escrever seus próprios livros. E foi o que ela fez. Quando não está lendo ou escrevendo, pode ser encontrada aguardando seu café com especiarias para voltar à maratona de temporadas de Gilmore Girls. Poeta vitalícia e atual contadora de histórias, mora em Nova Jersey com o noivo, seu gato temperamental e uma coleção de livros tão grande que em breve precisará de uma casa só para ela. Bacharel em literatura inglesa, cursou também sociologia. A princesa salva a si mesma neste livro é sua estreia na poesia e o primeiro livro da série “Women Are Some Kind of Magic”. Seu site oficial é www.amandalovelace.com, mas Amanda também pode ser encontrada como ladybookmad no Twitter, Instagram e Tumblr (ainda não descobriu como funciona o Snapchat).


Esse foi um livro que eu estava doida para ler desde que li A bruxa não vai para a fogueira neste livro. O que eu vim falar hoje foi lançado antes desse outro e eu estava bem curiosa para ler, porque gostei muito do que li anteriormente.

capa é simples porém muito gracinha. Nela podemos ver a princesa em cima do seu cavalo, o que nos remete que ela está salvando a si mesma. A diagramação é boa, mas não dá para eu falar muito porque li com a letra ampliada, então acaba dando uma bagunçada nas coisas. A leitura foi bem rápida.

Eu vou te contar que nesse livro eu senti muito da autora. Ela quase que nos conta a história da sua vida através dos poemas, pelo menos na minha interpretação. Ela bate bastante na tecla da morte da sua mãe e da sua irmã, porém tem muitos outros poemas que podem ser enquadrados em outras situações. Teve alguns que eu adorei e me identifiquei: coisas sobre amizade e aceitação. Um ótimo livro de poemas.

Eu indico esse livro para quem gosta de poemas com aquele quê de crítica, mas que também esteja preparado para algo com uma pegada mais crítica. Eu acho que esse livro é uma boa pedida  para quem quer um livro rápido e que traz reflexão.

Esse livro faz parte do catálogo da Amazon Prime, mas você pode achar fácil em livrarias.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Dicas de como usar All Star nos seus looks

Olá querido(a)!
Hoje vim trazer para você um pouco de informação de moda. Faz bastante tempo que não falo sobre o assunto. Resolvi começar dando dicas de como usar tênis All Star que é algo que eu amo.


Esse modelo de tênis está na minha vida desde que eu tinha meus 14 anos de idade. Confesso que tenho alguns que comprei nessa época e uso até hoje. O meu sonho mesmo é ter muitas cores, haha. Hoje o que eu mais uso na vida são tênis, principalmente os modelos mais coloridos.

Vamos as dicas da não-especialista?

All Star com short


Eu amo usar All Star com short, mas a alguns anos atrás não gostava. No primeiro look que selecionei temos uma combinação que super dá certo: short jeans + t-shirt, e confesso que esse é o jeito que eu mais gosto de usar. Eu gosto sempre de usar uma t-shirt mais divertida e um tênis coloridão. Foco na pochete, que também é um acessório que eu amo (apesar de ter apenas uma). Esse tênis é tão versátil que no segundo look temos algo mais arrumadinho. Podemos ver peças mais lisas porém coringas. Short, t-shirt básica, blazer com corte estiloso, bolsão e o tênis branco, uma ótima combinação pra quem gosta de algo um pouco mais sofisticado. No último temos um look com uma pegada mais rocker, que é um clássico. Eu amo essa vibe de look com tons mais escuros, mas com a t-shirt branca pra equilibrar. A jaqueta de couro não pode faltar e eu amo. Um look que fica estiloso e que é super fácil de copiar.

All Star com saia


Looks com saia, no geral, não são o meu estilo mas vou falar deles também. O primeiro look é o meu preferido. Nele temos uma combinação basicona, mas que é super a minha cara. Temos uma saia de oncinha num comprimento mais midi, e eu amo animal print. Uma t-shirt preta que todo mundo deve ter no armário. E é isso aí o look. Achei que a combinação ornou super. O segundo look eu acho mais ousado, porque é todo colorido. Não é um look que eu provavelmente usaria, mas achei que ficou bem bonito. Achei bacana que a blusa é super fechada e o sexy fica por conta da saia com a fenda. Um look que eu nunca imaginaria que ficaria bom com um tênis, mas tá aprovado. O último look me lembra até os looks com short, já que é uma saia jeans com t-shirt. O detalhe aí é do tênis que é colorido e dá um ponto de luz. Uma combinação que me agrada também.

All Star com calça


Calça com All Star é a minha combinação preferida. No primeiro look temos algo mais arrumadinho, e apesar de não ser o meu estilo, eu gostei. Temos um cropped básico branco com uma calça que me parece ser de alfaiataria, combinados com o All Star. Achei bem estilosa essa combinação. O segundo look já é algo que eu super usaria e me soa como um look comfy. Eu gosto da combinação de jeans, com blusa mais soltinha e tênis. Eu amei e é super fácil de copiar. O terceiro look tem uma pegada mais rock e eu tenho, quase, certeza de já ter usado algo parecido. Tem a legging que eu adoro, combinada com a t-shirt e uma jaqueta de couro, tudo em preto. Pra dar aquele toque de cor o All Star é vermelho, e eu tenho um exatamente igual a esse. Fica lindo!

All Star com vestido


Vestido é uma peça que eu não uso tanto, mas amo a combinação deles com tênis. Aqui temos três modelos de look com vestidos de comprimentos diferentes. O que eu achei mais legal é que todos os looks são bem femininos e isso prova que dá pra ficar muito barbiezinha sem ter que usar salto. Eu amei todas essas combinações e são bem estilosas. Ahh, e confortáveis também.

All Star colorido


Eu confesso que sou mais fã dos modelos coloridos que os clássicos preto ou branco. Você pode ver que o tênis colorido faz toda a diferença no look e dão aquele toque de cor. Acho ótimo utilizar os modelos coloridos em looks que possuem cores mais básicas, porque aí você dá aquele ponto de luz. Também é bem legal combinar com outras cores que fiquem harmoniosas. Existem infinitas possibilidades.

Gostou das inspirações e dicas dessa postagem? Você usa All Star? Me conta aí nos comentários!

Beijoos ;*

terça-feira, 21 de julho de 2020

Resenha literária: Vampiratas - Guerra Imortal

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Vampiratas: Guerra Imortal.


Sinopse: O épico confronto entre os "Vampiratas" e a união formada pela Federação e os Noturnos chega ao seu fim em meio a batalhas que vão ecoar por todos os mares. Os irmãos Grace e Connor Tormenta, peças-chave durante todo o conflito, podem ser a resposta para gerar a tão sonhada paz. Mas para fazerem isso, segundo uma antiga profecia, eles precisam ir até as últimas consequências... E um deles pode não voltar.

Assunto: Aventura, Fantasia, Ficção.

Editora: Record.

Páginas: 524.

Ano: 2013.

Sobre o autor: Justin Somper é uma escritor britânico, autor de uma série de livros infanto-juvenis chamada Vampiratas. Graduado pela Universidade de Warwick, trabalhou como publicitário, antes de iniciar a carreira como escritor.


Eu tenho a sensação que o livro de hoje não seria algo que eu leria no momento, porém meu eu de 14 anos pensou em ler. Me lembro que ganhei esse livro de Natal (eu mesma escolhi), mas não me atentei ao fato de que era o terceiro. Depois disso ficou de lado na minha prateleira por anos. Só agora tomei coragem para ler essa série inteira.

capa do livro já mostra a que veio: tá rolando guerra mesmo e pegando fogo no navio. Gosto da capa, acho que chama a atenção. Não vou falar sobre a diagramação porque li pelo Kindle. A leitura foi até que rápida.

Esse é o último livro da série e eu estava bem ansiosa para lê-lo e poder sanar minhas dúvidas e juntas os fios soltos. Já posso adiantar que dei uma choradinha no final, porque ao longo dos livros muitos personagens morreram. Porém, eu esperava mais desse livro. Achei que realmente a gente começou a sentir a guerra nesse livro e o perigo, também rolou aquele medinho das forças do mal vencerem. Mas o que me deixou mais chateada é que algumas coisas não foram explicadas. Não sei, senti que faltou algo. Achei que a história acabou brusca demais. Me soou até que o perigo poderia voltar de alguma forma. Não achei que foi um final feliz, sabe? Foi triste. Então me decepcionei um pouco.

Um livro para quem curte fantasia e aventura. Nesse livro posso até dizer que pessoas mais velhas podem ficar interessados na história, porque ela fica bem interessante a partir dos livros anteriores.

Esse livro eu baixei na internet, mas é fácil de encontrar em livrarias.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

segunda-feira, 20 de julho de 2020

O valor das amizades

Olá querido(a)!
Hoje é dia do amigo e dia internacional da amizade, por isso vim trazer um texto sobre o assunto.


A cada ano que passa eu aprendo mais sobre amizades. Percebo que tem pessoas que entram na nossa vida para ficar e outras apenas passam por ela. Com o tempo vou percebendo que o relacionamento de amizade é o mais complexo e difícil. Pessoas são complicadas.

Eu nunca fui a pessoa mais cheia de amigos, mas vejo que ao longo dos anos fiquei mais seletiva com amizades. Hoje posso contar numa mão os amigos que tenho, pessoas que posso realmente confiar. Descobri que a maioria das pessoas se aproximam para ter minha amizade somente por interesse e que quando não conseguem mais o que querem, dão as costas. Mas uma coisa que eu descobri é: eu não me importo!

Amizade é muito mais do que apoiar os amigos em tudo e estar sempre disponível, é a gente ter empatia e paciência com o outro. Sem contar que a gente tem sim que puxar a orelha da pessoa quando ela tá errada. A gente também não tem que estar disponível o tempo inteiro, até porque a gente também tem uma vida. Na verdade, pra relações de amizades vingarem a gente tem que ser mais maduro e menos egoísta. Também não pode rolar inveja, se rolar, já sabe... Não é uma amizade.

Sou uma pessoa bastante leal nas minhas relações e uma coisa que ninguém pode falar é que sou uma "má amiga". Não estou sendo narcisista, mas eu sei que sou uma boa amiga. Sou um pouco relapsa nas minhas relações porque gosto de ficar sozinha, mas consigo perceber quem realmente se importa comigo e quem só tem interesse. Começo a me afastar das pessoas apenas quando vejo que a amizade não é reciproca, e olha que dou muitas chances até cair na real.

É importante a gente dar valor para amizades porque ninguém é feliz completamente sozinho, mas a gente tem que dar valor a amizades certas. Até porque existem relacionamentos abusivos dentro da amizade e já passei por alguns assim. Hoje permaneço amiga das pessoas certas e sou muito feliz com isso. São poucos amigos, mas são os que me dão força e sempre estão ali e eu estou ali para eles também.

Amizade não tem que ser difícil, tem que ser leve, fácil. Tem que ter aquele sentimento de ser como se o tempo não tivesse passado. Deve ser diversão e não obrigação. E é isso!

Beijoos ;*

sábado, 18 de julho de 2020

Sessão pipoca: Trilogia A Escolha Perfeita

Olá querido(a)!
A sessão pipoca de hoje é sobre uma trilogia, A Escolha Perfeita.


Eu me pergunto porquê eu não assisti esse filme antes. Acabei assistindo por acaso porque vi algumas atrizes que eu gosto e por ser musical. E eu acho bem engraçado esses filmes que mostram como são os universitários lá de fora, porque aqui no Brasil as coisas são bem diferentes. Lá, além de fazerem a faculdade sempre estão envolvidos com outras atividades, nesse caso um grupo de canto.

O primeiro filme eu acho que tenta mais situar a gente na história. A gente começa a conhecer o mundo de cantores de a cappella. Nele vemos o grupo Barden Bellas que está afundando depois de uma apresentação catastrófica e por isso está procurando novas meninas para entrar no grupo. Acabam formando um grupo bem interessante e diferenciado. Percebem que devem fazer mudanças na apresentação e inovar, mas sempre mantém um pé atrás. E nessa loucura nos deparamos com cenas bem engraçadas e aquele tantinho de confusão.

No segundo filme o grupo Barden Bellas já começa com uma apresentação desastrosa para o presidente. Por causa disso, elas só veem uma forma de recuperar o prestígio que é vencendo um campeonato. O filme gira em torno disso e tem muitas cenas engraçadas. E não podemos esquecer, com muita música.

O terceiro filme tem uma pegada Hollywoodiana que eu gosto. As Barden Bellas resolvem fazer uma turnê e descobrem grupos que usam instrumentos para se apresentar. Nisso elas ficam se questionando se deviam modificar o jeito que se apresentam. No meio disso acontecem umas confusões que transformam o filme musical em uma produção quase de ação. Achei um máximo!

Super recomendo esses filmes para quem gosta de musicais e comédias. Um bom filme para passar o tempo e dar muitas risadas, além de escutar uma música boa.

A Escolha perfeita 1


Sinopse: O The Barden Bellas é um grupo formado apenas por garotas, que apostam no visual perfeito e em sucessos pop para atrair o público da escola. Entretanto, após uma apresentação desastrosa na competição de fim de ano, suas integrantes decidem repensar o grupo. É quando surge o convite para que Beca, uma DJ aspirante que não tem o menor interesse na vida colegial, integre a nova banda. De início Beca descarta completamente o convite, mas após conhecer Jesse, que integra uma banda formada apenas por garotos, ela resolve aceitar o convite e passa a ajudar as integrantes do The Barden Bellas a encontrar um novo visual.

Gênero: Comédia, Musical.


A Escolha Perfeita 2


Sinopse: Após conquistarem o sucesso, as Barden Bellas ganham a oportunidade de se apresentar para ninguém menos que o presidente dos Estados Unidos. Só que o show é um grande fiasco, o que as torna uma vergonha nacional. Diante do ocorrido, as Bellas são proibidas de participar de competições no meio acadêmico e até mesmo de aceitar novas integrantes. A única saída de Beca, Fat Amy & cia é vencer o campeonato mundial a capela, o que apagaria as punições aplicadas ao grupo. Mas há um problema: nunca uma equipe americana venceu o torneio.

Gênero: Comédia, Musical.


A Escolha Perfeita 3


Sinopse: Agora formadas, Beca, Fat Amy, Chloe e as demais Bella Bardens estão infelizes devido a trabalhos mal remunerados e pouco motivadores. Diante desta situação, elas decidem se unir mais uma vez como grupo a capela para participar do USO Tour, uma turnê que as levará para apresentações na Europa. Lá, elas precisam duelar com grupos musicais que tocam instrumentos, algo que jamais haviam feito até então.

Gênero: Comédia, Musical.


Você já assistiu algum desses filmes? Deixe um comentário falando o que achou sobre eles e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Resenha literária: Vampiratas - Império da Noite

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Vampiratas: Império da Noite.


Sinopse: Dominado pelo desejo de vingança, após o trágico desfecho de sua cerimônia de casamento, o capitão Sidório planeja construir um novo império para levar o terror aos oceanos, tornando-se assim rei dos Vampiratas. Mas sua vontade de expansão logo se opõe aos interesses tanto da Federação dos Piratas quanto do grupo liderado por Mosh Zu e Lorcan, que agora se autodenominam Noturnos. Eles estão determinados a unir forças para destruir cada navio rebelde que encontrarem pela frente. A guerra está prestes a começar, e nenhum navio está seguro. No centro do acontecimento, os gêmeos Grace e Connor Tormenta ainda se recuperam da recente descoberta de um segredo de família que pode mudar seu destino e o desenrolar do conflito que se inicia. A pedido de Sidório, os irmãos passam uma temporada no Capitão de Sangue e no Errante. O coração de ambos está indeciso: enquanto Grace não consegue escolher entre o caubói Johnny Desperado e o misterioso Lorcan Furey, entre os Vampiratas e os Noturnos, Connor tenta avisar Cheng Li, a comandante do Tigre, e a Federação sobre os planos malignos de Sidório. O segredo que o une ao capitão, porém, faz com que Connor fique dividido. Os gêmeos terão que definir de que lado estarão na luta para deter o império da noite, e essa decisão pode ser mais difícil do que eles haviam imaginado. Prepare-se: a batalha final está próxima, e nem todos sobreviverão.

Assunto: Aventura, Fantasia, Ficção.

Editora: Record.

Páginas: 464.

Ano: 2010.

Sobre o autor: Justin Somper é uma escritor britânico, autor de uma série de livros infanto-juvenis chamada Vampiratas. Graduado pela Universidade de Warwick, trabalhou como publicitário, antes de iniciar a carreira como escritor.


Eu tenho a sensação que o livro de hoje não seria algo que eu leria no momento, porém meu eu de 14 anos pensou em ler. Me lembro que ganhei esse livro de Natal (eu mesma escolhi), mas não me atentei ao fato de que era o terceiro. Depois disso ficou de lado na minha prateleira por anos. Só agora tomei coragem para ler essa série inteira.

capa do livro me agrada, mas ela vem em tons mais frios agora. Dessa vez temos uma cena de uma luta em um barco, que eu consigo visualizar muito bem quem está nela. Não vou falar sobre a diagramação porque li pelo Kindle. A leitura foi até que rápida.

Os livros anteriores trouxeram nuances bem interessantes para a história e dessa vez acho que as coisas ficaram ainda melhores para nós, leitores. Connor e Grace já sabem que são filhos de Sidório desde o livro anterior e nesse se aproximam do pai com a missão de serem infiltrados ali para pegar informações. Aqui a gente já pensa que vai virar algo voltado para a espionagem, mas nem é o que realmente acontece. Eu senti que nesse livro os gêmeos ficam muito confusos sobre qual caminho seguir, sem contar que estão começando a se perceber mais no lado vampiro que no lado humano (eles são dhampiros, filhos de mortal com vampiro). E é engraçado que ao mesmo tempo que os gêmeos se encontram perto de forma física, eles ficam bastante afastados durante os dias que passam a bordo dos navios do pai. Eu juro que senti até que eles iriam acabar mudando de lado. Também foi bom para vermos o dia-a-dia do outro lado, do lado "mau". Gostei bastante de ler esse livro e muitas vezes fiquei com raiva de alguns personagens.

Um livro para quem curte fantasia e aventura. Nesse livro posso até dizer que pessoas mais velhas podem ficar interessados na história, porque ela fica bem interessante a partir dos livros anteriores.

Esse livro eu baixei na internet, mas é fácil de encontrar em livrarias.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*