quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Resenha literária: Columbine

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Columbine.




Sinopse: O dia 20 de abril de 1999 deixou uma marca indelével na história norte-americana. O Massacre de Columbine pode não ter sido o primeiro tiroteio em massa, mas foi o primeiro da era digital ― e o primeiro de larga magnitude. Na esteira dos acontecimentos de Newtown, Aurora, Virginia Tech, Christchurch, Suzano e Ohio, torna-se cada vez mais urgente compreender e confrontar acontecimentos como o de Columbine. Nossa arma é reaprender a ouvir a dor que cresce em silêncio no outro e no cerne dos valores da nossa sociedade. Columbine é lembrado até os dias de hoje sempre que um episódio horrível e similar ocorre, mas boa parte do que sabemos sobre o massacre está errado. Erros factuais e testemunhos duvidosos propagados à época permanecem verdade absoluta para muitos; é fácil dizer que dois meninos rejeitados pelos atletas e pelas garotas, vítimas de bullying, que vestiam sobretudos e descontavam sua raiva em videogames violentos fizeram o que fizeram por essas razões, mas até que ponto isso é real? Dave Cullen foi um dos primeiros repórteres a chegar à cena e passou dez anos escrevendo Columbine, livro que hoje é considerado a obra definitiva sobre o tema. Passar tanto tempo debruçado neste projeto o fez analisar a postura da imprensa na época com olhos críticos; hoje, Cullen acha que a mídia tentou encontrar um motivo rápido demais, e um episódio que deveria promover uma discussão sobre desarmamento e saúde mental acabou se transformando em um espetáculo midiático irresponsável. Em Columbine, os episódios recontados são uma mistura das reportagens que Cullen publicou na época com anos de pesquisa ― incluindo centenas de entrevistas com a maioria dos diretores envolvidos, a análise de mais de 25 mil páginas de evidências policiais, incontáveis horas de vídeo e áudio, e o trabalho extenso de outros jornalistas de confiança. Com um faro investigativo apurado e uma narrativa terna e respeitosa, Cullen apresenta o retrato de um assunto ainda infelizmente tão atual, ao mesmo tempo em que critica a cobertura massiva que se sucedeu. E questiona: por que armas de fogo ainda permanecem ao fácil alcance nos Estados Unidos? A possibilidade de se tornar uma celebridade pela mídia também mata pessoas? Será que a imprensa não deveria focar nas vítimas em vez dos assassinos? O novo lançamento da linha Crime Scene, da DarkSide® Books, ganhou vários prêmios e honras, incluindo o Edgar Allan Poe Award (2010), o Barnes & Noble’s Discover Award (2009) e o Goodreads Choice Award (2009), e foi finalista do la Times Book Prize, Audie Award e mpiba Regional Book Award. Columbine também foi indicado em mais de vinte listas de melhores livros de 2009, incluindo The New York Times, Los Angeles Times, Publishers Weekly, e foi eleito como uma das melhores obras da década de 2000 pelo American School Board Journal. Os leitores mais investigativos da DarkSide® Books agora têm acesso à obra de Dave Cullen, publicada pela primeira vez no Brasil, para questionar seu ambiente, crenças, limite ético da imprensa e a responsabilidade com os fatos propagados, tão cruciais em uma sociedade que cada vez mais clama por compaixão, respeito e verdade.

Assunto: Assassinato, Biografia, Crime.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 480.

Ano: 2019.

Sobre o autor: Dave Cullen é jornalista e escritor, e contribuiu para inúmeras publicações, incluindo o New York Times. Ele é considerado a autoridade principal dos Estados Unidos sobre os assassinos de Columbine. Cullen ganhou diversos prêmios de escrita, incluindo um Edgar Award, Good Reads Choice Award, Barnes and Noble Discover Award e glaad Media Award. Para mais informações sobre Columbine e Dave Cullen, acesse www.davecullen.com.


Comprei esse livro na pré-venda e demorou mais que o esperado para chegar em minhas mãos. Sou apaixonada por livros que falem sobre crimes reais, sem contar que esse é da coleção Crime Scene da Darkside Books e que eu faço coleção desses livros. Estava ansiosa por esse em especial, já que fala sobre Columbine. Esse caso, em específico, repercutiu muito na época mas eu nunca soube detalhes dele, só o basicão mesmo. Nunca tinha me aprofundado e estava curiosa.

Os livros da editora possuem sempre uma qualidade incrível e por isso todos possuem capa dura. Esse possui uma capa simples, em cinza, com a imagem da escola Columbine na parte inferior. Pelo que eu andei vendo, a capa é idêntica a do livro original (essa é uma tradução). A diagramação é ótima. É um livro longo, a leitura não é difícil mas cansativa pelo teor da história.

O livro fala tudo o que você precisa saber sobre Columbine. Resumindo: Columbine foi um dos mais famosos massacres em escolas que aconteceram no mundo (existem outros, mas aconteceram depois desse). Lendo esse livro comecei a entender muitos pontos que não compreendia antes, já que na época a imprensa mundial não era tão interligada quanto hoje (as notícias demoravam mais para correr). O livro começa contando alguns dias antes do dia fatídico, mas logo chega a ele. É bizarro e parece que você está naquela "zona de guerra". Depois o livro trata das histórias de pessoas afetadas pelo massacre, o que traz ainda mais proximidade da gente com a história. Temos também um pouco da investigação e como a imprensa atuou naquela época. Eu gostei muito de entender mais sobre esse crime que chocou o mundo e mais ainda, aprendi muita coisa interessante sobre o assunto. Foi um livro esclarecedor em muitos pontos e eu gostei de ler.

Recomendo o livro para quem tem estomago forte, porque a história é pesada, e gosta de assuntos relacionados a crimes reais. O livro é maiores de 18 anos, então não indico que menores o leiam. Vale a pena a leitura!


O diferencial desse livro é o marcador, que a maioria dos livros da editora possuem.

Comprei esse livro no site da Darkside Books, na pré-venda, e paguei R$ 69,90 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Ninacloak: fashion outwear for you

Hello dear!
Today I will share with you a little about the Ninacloak store.

Olá querido(a)!
Hoje vou compartilhar com você um pouco sobre a loja Ninacloak.


Ninacloak is a global online store thatdelivers latest fashion apparel for you! They have dresses, tops, bottoms and swimwear for girls and ladies. Thousands of products in different styles are waiting for you! They value all their customers. Their professional customer service team is always ready to help you. Your satisfaction is their top priority! Moreover, you can easily get your order anywhere in the world thanks to their worldwide shipping service!

A Ninacloak é uma loja online global que oferece roupas de moda mais recentes para você! Eles têm vestidos, blusas, calças e roupas de banho para meninas e senhoras. Milhares de produtos em estilos diferentes estão esperando por você! Eles valorizam todos os seus clientes. Sua equipe de atendimento ao cliente profissional está sempre pronta para ajudá-lo. Sua satisfação é sua principal prioridade! Além disso, você pode facilmente fazer seus pedidos em qualquer lugar do mundo graças ao seu serviço de remessas em todo o mundo!

1|2

Let's talk about women's outerwear? I think these pieces can make a total difference in the look on cold days. In addition there are models with a very chic footprint, like the ones I chose in the picture above. In order not to get into the basics I recommend daring in the colors. These are in my favorite colors: wine and mustard. They have plenty of fashion information and you will look good on any occasion. They will also keep you warm!

Vamos falar sobre agasalhos femininos? Eu acho que essas peças podem fazer total diferença no look em dias frios. Além disso existem modelos com uma pegada bem chique, tipo esses que escolhi na foto acima. Para não ficarmos no básico recomendo ousar nas cores. Esses são nas minhas cores preferidas: vinho e mostarda. Possuem bastante informação de moda e você vai estar bonita em qualquer ocasião. Também vão te manter bem quentinha!

1|2

I love cute clothing so I chose these two models above. This rose is a tone that refers to the cute and this idea of clothes have to do with kittens as well. In one we have the image of a kitten and in the other we have the kitten ears on the hood. I would use both for sure, as they seem to be very comfortable and soft. I already think of a look with leggings and sneakers.

To see more models of clothes visit Ninacloak.

What did you think of this store? Leave your comment!

Kisses ;*

Eu adoro roupas fofas e por isso escolhi esses dois modelos acima. Esse rosa é um tom que remete ao fofo e essa ideia das roupas terem a ver com gatinhos também. Em uma temos a imagem de um gatinho e na outra temos as orelhinhas de gatinho no capuz. Usaria as duas com certeza, já que parecem ser bem confortaveis e macias. Já penso logo em um look com legging e tênis.

Para ver mais modelos de roupas acesse Ninacloak.

O que você achou dessa loja? Deixe seu comentário!

Beijoos ;*


*This post is a publipost of Ninacloak. | 
  
 
Essa postagem é um publipost da Ninacloak
.

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Resenha literária: Rosas Para Ela

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Rosas Para ela.


Sinopse: A vida de Malu Bertone Casaro seguia isenta de romantismos até o dia em que foi presenteada com rosas vindas de um admirador secreto. Tomada pela curiosidade, ela sai em busca de respostas. Sem nem ao menos imaginar quem seria o autor do presente inusitado, ela ainda precisa lidar com suas emoções ao ser surpreendida por um homem misterioso cujo olhar lhe tira a paz em questão de segundos. Embora as respostas cheguem antes do que espera, Malu jamais seria capaz de prever tudo o que a aguarda por trás das belas rosas.

Assunto: Romance.

Editora: Amazon.

Páginas: 153.

Ano: 2018.

Sobre a autora: Àgueda Faon.


Esse romance eu peguei para ler durante minha viagem, mas só terminei mesmo quando voltei para casa. Fiquei curiosa para saber o que ia acontecer.

A capa é já entrega que o livro é de romance. É aquelas capas em que colocam o par romântico da protagonista. Capa simples. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura, como sempre, foi rápida. Romances me inspiram a ler rápido, haha.

Esse foi um livro que eu terminei de ler me perguntando se eu estava em um delírio coletivo. Sou super a favor de histórias fantasiosas, mas essa passou dos limites ao extremo. Primeiro que em muitos momentos achei que estava sendo feita de otária. Segundo que achei que nada fazia sentido nessa história. A Malu é uma mulher bem sucedida em uma editora muito famosa. Um dia ela recebe flores com um bilhete misterioso e avista em seu trabalho um cara mascarado. No bilhete ela é convidada para o baile de aniversário de um conde (acho que é conde). Eu sei que nessa parada toda rola umas coisas meio malucas envolvendo pessoas mascaradas com rosto deformado, irmãos gêmeos, mulheres escolhidas a dedo para a festa e coisas do tipo. Além disso, em um dado momento acontecem coisas ruins com a Malu. Sério, uma história bem fora da caixinha. Eu não curti nem um pouquinho e em cada página que eu lia eu me perguntava se eu estava ficando maluca, porque nada fazia sentido. Porém esse é um livro muito bem avaliado, mas não me agradou (e olha que não é muito difícil me agradar em romances).

Eu nem sei se indico esse livro. Acho que você tem que ler e tirar suas próprias conclusões, porque pode ser que te agrade.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode achar na Amazon.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 9 de novembro de 2019

Sessão pipoca: Sexy Por Acidente

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi Sexy Por Acidente.


Sinopse: Renee convive diariamente com insegurança e baixa autoestima por conta de suas formas físicas. Depois de cair e bater a cabeça numa aula de spinning, ela volta a si acreditando ter o corpo que sempre sonhou e assim começa uma nova vida cheia de confiança e sem medo de seguir seus desejos.

Gênero: Comédia.


Assisti esse filme no Prime Video, porque ele sempre estava aparecendo como sugestão para eu assistir. Não tenho certeza se eu já tinha ouvido falar desse filme antes, mas acho que sim.

De cara o filme logo me remeteu a'O Amor é Cego e fiquei com um pouco de medo de seguir pelas mesmas linhas. Depois que comecei a assistir, fui gostando do que era mostrado. Renee é uma mulher bonita, mas para o padrão da nossa sociedade é feia e gorda. Ela possui um emprego bom e tudo mais, mas acha que sua vida só vai "começar" quando tiver o corpo perfeito. Um dia, as coisas parecem mudar quando Renee bate com a cabeça e começa a se "enxergar" com o corpo dos sonhos (mas na verdade ela continua do mesmo jeito). E foi nessa parte que o filme me surpreendeu, já que em momento algum colocaram uma atriz magra para interpretar o papel de Renee. Ela é a mesma do começo ao fim, o que mudou foi o modo como ela se enxergava (e daí fica pra nossa imaginação pensar em como ela estava se enxergando). Com o suposto "corpo dos sonhos" Reenee ganha uma confiança louca e começa a ser quem ela realmente queria ser. Percebi também que ela acaba sendo uma pessoa mais positiva e por isso ela faz as coisas acontecerem, e não fica se diminuindo o tempo inteiro. Apesar de em alguns momentos ela ser um pouco escrota, a vida dela começa a ser do jeito que ela quer: consegue o emprego dos sonhos, um namorado e até um padrãozinho dá em cima dela. O negócio é quando ela bate a cabeça de novo e a realidade vem a tona: "está gorda novamente" (ela realmente acha que por algum tempo teve o corpo perfeito. Ela também descobre que as mulheres padrão também sofrem e que a vida de ninguém é perfeita. Por todas essas coisas eu gostei do filme: é engraçado, alto astral e bem interessante.

Indico esse filme para quem gosta de comédias, mas indico assistir com um olhar mais apurado. Mesmo parecendo um filme bobinho, dá pra refletir bastante sobre esse filme.


Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Resenha literária: Meu Amigo Dahmer

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Meu Amigo Dahmer.



Sinopse: Será possível identificar os traços de personalidade de um assassino antes mesmo que ele comece a matar? Imagine descobrir que um amigo seu de escola acabou se transformando num dos mais temidos serial killers do século? Essa é a história real que o quadrinista Derf Backderf relata na graphic novel MEU AMIGO DAHMER.MEU AMIGO DAHMER traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete.Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar MEU AMIGO DAHMER.Muitos tinham histórias do garoto que costumava fingir surtos epilépticos, que exagerava na bebida antes mesmo de ir para a aula e que parecia ter uma fixação em dissecar os animais atropelados que encontrava perto de casa. Mas quem realmente poderia prever os caminhos sombrios pelos quais ele seguiria? Seria possível evitar tamanha tragédia? Leia e tente tirar suas próprias conclusões.MEU AMIGO DAHMER, a história (em quadrinhos) antes da história, foi premiada no Festival de Angoulême, França, em 2014, e incluída pela revista Time como um dos cinco melhores livros de não ficção de 2012. A primeira HQ da coleção Crime Scene inaugura a publicação de histórias em quadrinhos, graphic novels e mangás pela DarkSide® Graphic Novel.

Assunto: Crime, Graphic Novel, HQ.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 288.

Ano: 2017.

Sobre o autor: Derf Backderf vendeu seu primeiro cartum, um retrato nu de sua professora da sexta série, por dois dólares a um colega de classe que o utilizou para propósitos indescritíveis. Hoje ele é um dos mais lidos criadores de quadrinhos independentes. O artista e escritor, que trabalha em um estúdio não aquecido no sótão de sua casa em Cleveland, cresceu em uma pequena cidade rural em Ohio, experiência que inspirou suas graphic novels Trashed, Punk Rock & Trailer Parks e o best-seller internacional Meu Amigo Dahmer, que lhe rendeu um prêmio no Festival de Angoulême, França, em 2014, e foi adaptado para o cinema em 2017 pelo diretor Marc Meyers.


Comprei esse livro porque ele já estava na minha lista de desejos a bastante tempo, mas quando soube que era HQ fiquei com um pé atrás. Depois que me vi apaixonada por HQ's decidi adquirir.

O livro tem uma qualidade superior, premium, com sua capa dura e acabamento impecável. A capa possui cores marrom e cinza e nela podemos ver o personagem principal, o Dahmer. A diagramação é perfeita! É um livro que você lê bem rapidinho, já que é em formato de quadrinhos.

O livro é uma Graphic Novel, o que na minha opinião torna tudo bem mais interessante. Ela é praticamente a biografia do Jeffrey Dahmer, que no fim das contas se tornou um assassino. A história foi construída por um cara que conviveu com o Dahmer na ápoca de escola, e conta um pouco sobre isso até ele cometer o crime. Eu gosto dos quadrinhos pois torna a leitura mais dinâmica. Eu gostei muito da história e é louco porque parece ficção, mas é real. E é bacana que no final temos um arquivo com mais informações sobre a história.

Recomendo esse livro para quem gosta de histórias em quadrinhos, crimes o e biografias. É importante que você seja maior de idade para ler esse livro, já que contém cenas fortes. Para quem gosta de histórias criminais, essa é uma ótima pedida.


O bacana é que logo que você abre a capa, você tem essa visão (o mesmo na parte de trás).



Aqui podemos observar um pouquinho das ilustrações que você vai encontrar nesse livro.

Comprei esse livro no site da Darkside Books e paguei R$ 59,90 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Tag literária de A à Z

Olá querido(a)!
Vocês sabem que eu amo ler e faz bastante tempo que não trago tags aqui para o blog. Andei procurando uma que fosse literária e achei essa no blog Fantástica Ficção. Fiquei empolgada e vim logo responder. Espero trazer mais postagens desse tipo. Confere só minhas respostas.


ⓐutor favorito.
Ilana Casoy. Ela é perfeita! Fada sensata. Já li todos os livros dela e não encontrei um defeito.

ⓑebida favorita durante a leitura.
Água. Sempre estou bebendo água pra hidratar, afinal sou uma plantinha com sentimentos confusos.

ⓒitação literária favorita.
"Confie na jornada." Da série de livros A Garota do Calendário.

ⓓetestas-te ler.
Todos os livros do John Green. Já li três livros dele e não gostei de nenhum, por isso nem tento mais.

ⓔstás à ler.
Stranger Fans da Darkside Books.

ⓕeliz por teres dado uma oportunidade.
Prendam Giovanni Improtta. É um livro de um autor de novelas, Aguinaldo Silva, que eu comprei porque gostava desse personagem na novela Senhora do Destino. Não estava colocando muita fé nesse livro, mas acabei adorando.

ⓖênero literário que não lê.
Biografia. Porém eu leio, mas é bem raro. Tem que me chamar muita atenção para eu querer ler. Geralmente tenho muita preguiça para livros desse gênero.

ⓗard cover ou Paper back?
Capa dura ou brochura?  Capa dura. Principalmente dos livros da Darkside e os Diários de um Banana.

ⓘnternet ou livrarias físicas.
Internet. Hoje eu compro mais livros pela internet. Alguns físicos e muitos digitais.


ⓙulgas um livro pela capa?
Com certeza. Acho que é um conjunto, mas já comprei muito livro só pela capa (geralmente acerto nas compras).

ⓚobo ou kindle.
Kindle. E foi a melhor compra de eletrônico da minha vida. Leio muito nele e economizo muito dinheiro.

ⓛivro mais longo que já lestes.
Vou dar um chute, porque não tenho certeza (leio diversos livros longos). Eu acho que foi Zé do Caixão Maldito: A Biografia (olha aí uma biografia, kkk).

ⓜomento mais importante na tua vida literária.
Tiveram vários! Geralmente quando saio da minha zona de conforto e começo a ler coisas que nunca leria, e percebo que gosto.

ⓝúmero de estantes que possui.
Não tenho estantes, mas tenho 6 nichos cheios de livros.

ⓞbsessão literária.
Cheirar os livros novos e ficar alisando a capa do livro.

ⓟersonagem que provavelmente terias namorado durante a escola.
A maioria dos livros de romance que já li, haha. Mas acho que na época de escola era o Edward ou o Harry Potter. E um personagem que li recentemente, mas namoraria na época de faculdade é o Hardin da série After (apaixonei nele).

ⓠuantos livros têm por ler?
No meu Kindle eu tenho mais de 1000 títulos que ainda não li e só vou adicionando mais. Na minha estante tenho uns 15 livros físicos. Ou seja, tenho muitos.


ⓡessaca literária: Quando foi tua última?
Foi a um mês atrás quando li Todo Dia a Mesma Noite, que contava a história do incêndio na boate Kiss.

ⓢérie que começas-tes e precisas terminar?
No momento, nenhuma. Terminei todas que estava lendo recentemente.

ⓣrês dos livros favoritos de sempre.
1. Mentes Perigosas de Ana Beatriz Barbosa.
2. Outra Vez Casados de Penny Jordan.
3. Sapiens: Uma breve história da humanidade de Yuval Noah Harari.

ⓤltimo livro que lestes.
After: depois da promessa. 

ⓥoltarás à ler?
O Menino da Mala, que comecei a ler faz tempo mas acabei abandonando. Espero terminar.

ⓦish list literária: último livro que adicionastes.
Não sei dizer. Acrescento tantos todos os dias, e as vezes nem leio.

ⓧ(Marca o lugar) – Qual 24ª livro da sua estante.
Começando de cima, do nicho atrás da minha mesa. O Tarot de Marselha.

ⓨoung adult ou new adult.
New Adult. Prefiro personagens mais velhos e menos drama nas histórias.

ⓩzz – Qual último livro que te manteve acordado até tarde.
A série de livros After. Cheguei a ler um deles quase inteiro no dia que acabou a luz (li até as 3 horas da manhã).

O que acharam das minhas respostas? Não vou indicar ninguém, mas quem quiser responder e me enviar ficarei bem feliz.

Beijoos ;*

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Resenha literária: Paraíso Perdido

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Paraíso Perdido.



Sinopse: Após serem expulsos do Paraíso, os anjos planejam sua vingança nas chamas do Inferno. Impedidos de atacar diretamente o céu, decidem confrontar a criação divina: o homem. “Mais vale reinar no Inferno do que servir no Céu.”Há 350 anos, o conflito entre Deus e Satã narrado em PARAÍSO PERDIDO, obra-prima de John Milton, virou um marco na literatura. Seus dez mil versos sobre a criação do mundo, a tentação e o desejo por redenção receberam reconhecimento instantâneo e serviram de inspiração para peças de teatro, músicas, pinturas e livros, ecoando na obra de mestres como Mary Shelley, C.S. Lewis e Neil Gaiman.Milton criou seu épico mergulhado nas trevas de uma cegueira repentina. Entre as angústias reais do luto após a perda de sua segunda mulher e de sua filha mais nova, além da culpa religiosa enraizada na sua formação, Milton também precisou rever sua vida e a relação distante com a família.Determinado a não deixar a perda da visão e o sofrimento provocado pela gota afetarem seu ofício, ditou PARAÍSO PERDIDO do começo ao fim para ajudantes, amigos e até mesmo suas filhas. Fruto de um árduo trabalho e reflexo da perseverança do autor, o poema levou cerca de cinco anos para ser concebido, e foi publicado em 1667 em sua primeira versão. Milton morreu em 1674, o mesmo ano em que foi lançada a edição definitiva de seu clássico.Agora, a obra colossal foi reimaginada pelo premiado quadrinista e ilustrador espanhol Pablo Auladell. Com seu traço sombrio, quase desolado, o tributo captura o lirismo de Milton para quem ainda não teve o prazer de ler os cantos originais. Ao mesmo tempo, complementa a experiência do leitor, dando ainda mais vida ao texto. Assim como o poema ganhou notoriedade pela beleza de suas palavras, a graphic novel conquista pelas imagens, retratando a complexidade e tragédia de uma história atemporal com um toque pessoal, mas que respeita totalmente o texto original de John Milton.Por seu belíssimo trabalho em PARAÍSO PERDIDO, Auladell ganhou o grande Premio Nacional de Cómic, da Espanha. O quadrinista já transformou clássicos em obras-primas dos quadrinhos: por suas mãos já passaram os livros de Mark Twain, As Aventuras de Tom Sawyer e As Aventuras de Huckleberry Finn.PARAÍSO PERDIDO deixou sua marca em artistas de várias gerações e também foi fonte de inspiração para o escritor Andrew Pyper, primeiro autor best-seller da DarkSide® Books. A epopeia inglesa é objeto de estudo de David Ullman, protagonista de O Demonologista. No universo DarkSide®, tudo está conectado.Agora, a graphic novel inspirada na grande obra de Milton chega para fazer parte da linha DarkSide® Graphic Novel numa edição que deixaria Adão em apuros, com capa dura, bordas douradas e todo aquele cuidado que os fãs merecem. Já fica aqui a recomendação para você abrir espaço na estante para este clássico, pois PARAÍSO PERDIDO não pode faltar na sua coleção. Sabemos que ninguém resiste a um combate entre o bem e o mal. Chegou a hora da redenção.

Assunto: Graphioc Novel, HQ, Poesia.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 320.

Ano: 2018.

Sobre os autores: John Milton nasceu em 9 de dezembro de 1608, em Londres, na Inglaterra. Poeta, dramaturgo e político, foi um grande estudioso da religião na Inglaterra no século XVII e seus escritos refletiam suas convicções pessoais, além de discussões pertinentes sobre a turbulência política de sua época. Graduou-se em 1629 na Universidade de Cambridge e, alguns anos depois, ingressou em uma viagem pela França e Itália, onde encontrou-se com Galileu Galilei. O poema épico PARAÍSO PERDIDO é considerado sua maior obra, e se tornou um clássico da literatura que inspirou diversos escritores ao longo dos anos. Pablo Auladell é quadrinista e ilustrador espanhol cujo trabalho sempre sugere um diálogo entre a tradição e a contemporaneidade. Foi eleito autor revelação no Saló del Cómic de Barcelona, em 2006, pela graphic novel La Tour Blanche. Por seu trabalho em PARAÍSO PERDIDO, ele recebeu o Premio Nacional de Cómic, do Ministério da Cultura da Espanha. Atualmente, dá aulas de ilustração na Ars in Fabula, em Macerata, na Itália. Saiba mais em pabloauladell.com.


Esse livro estava na minha lista a tempos, mas por causa do preço eu andei enrolando para comprar. Quando vi uma oportunidade adquiri e não me arrependi.

O livro tem uma qualidade superior, premium, com sua capa dura e acabamento impecável. A capa dele possui um design muito bonito, mas que não consigo explicar. Na verdade esse é o Jardim do Eden e podemos ver Adão e Eva. A diagramação é perfeita! É um livro que você lê bem rapidinho, já que é em formato de quadrinhos.

Esse livro foi uma das melhoras compras dos últimos tempos. O livro é grande e com uma capa sensacional. Nele podemos encontrar o poema famoso chamado Paraíso Perdido (a única coisa que fiquei em dúvida é se ele é completo). Esse poema trata das relações entre o inferno e o divino, por isso acho que não agradaria a todos. Eu gostei também da construção disso dentro do livro, já que as vezes tinha uma frase em cada quadrinho. Algumas páginas possuíam só imagens. Eu amei! O bacana é ler em voz alta na entonação de poema. Minhas expectativas foram superadas, com certeza!

Novamente, quando comprei o livro achei o valor alto, mas quando o peguei ele em minhas mãos eu pude perceber que valeu cada centavo. Sempre me surpreendo com os livros da editora.

Recomendo esse livro para quem gosta de poemas, mas já adianto que esse é um pouco pesado. Vale a pena pra quem já viu alguma referência desse poema em algum livro ou filme, como já aconteceu comigo.


O bacana é que logo que você abre a capa, você tem essa visão (o mesmo na parte de trás).


Aqui podemos observar um pouquinho das ilustrações que você vai encontrar nesse livro.


O diferencial desse livro é o marcador, que a maioria dos livros da editora possuem.

Comprei esse livro no site da Darkside Books e paguei R$ 89,90 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Minhas leituras de outubro de 2019

Olá querido(a)!
Hoje vim compartilhar minhas leituras do mês com você. Se você não viu minhas leituras de setembro, que foram bem legais, você está esperando o que? Esse mês eu li uma quantidade muito boa de livros, e não foi livro pequenininho não. Li apenas dois livros físicos e outros no Kindle, a maioria foi ótimo. Espero que mês que vem consiga ler muita coisa também.

1- Profundamente Apaixonado


2- Wytches


3- Profundamente Envolvido


4- Profundamente Minha


5- Legião


6- Profundamente Nós


7- After


8- After: depois da verdade


9- After: depois do desencontro


10- After: depois da esperança


11- After: depois da promessa


O que achou das minhas leituras de Outubro? Algum livro que gostaria de ler? Algum que já leu? Me conta também quais foram suas leituras do mês passado!

Beijoos ;*

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Resenha literária: Neurocomic

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Neurocomic: A Caverna das memórias.



Sinopse: Os grandes questionamentos nos acompanham na nossa evolução diária. Você sabe do que seu cérebro é feito? Sabe como funciona nossa memória? Sabe o que é um neurônio? Você já deve conhecer a lagarta de Alice no País das Maravilhas e sua clássica pergunta: "Quem é você?".NEUROCOMIC: A CAVERNA DAS MEMÓRIAS é uma viagem através do cérebro humano ― um lugar repleto de florestas de neurônios, cavernas escuras que abrigam lembranças adormecidas e enormes castelos ruídos pela ilusão. Ao longo dessa surpreendente jornada, você vai encontrar seres estranhos que habitam os recantos mais obscuros da nossa mente, como lulas gigantes e lesmas marinhas que tocam banjo, além dos grandes pioneiros da neurociência.Criado pelos neurocientistas Hana Roš e Matteo Farinella, NEUROCOMIC: A CAVERNA DAS MEMÓRIAS usa muito bem o potencial de ensino dos quadrinhos, apresentando uma excelente compreensão sobre o nosso cérebro, considerado ainda um grande enigma para a ciência.Grandes ilustradores científicos do passado já deram provas de que a arte tem o que acrescentar à ciência. Fritz Kahn, Ernst Haeckel e Leonardo Da Vinci foram inspirações para a dupla, que resolveu trocar o formato tradicional dos trabalhos acadêmicos por uma narrativa ilustrada, divertida e esclarecedora.O resultado é uma história em quadrinhos que apresenta o assunto para quem tem interesse em desvendar os recônditos da mente humana e uma interpretação inspiradora para quem já está familiarizado com os caminhos sinuosos do nosso cérebro. Usando analogias para discutir conceitos específicos, Hana Roš e Matteo Farinella aproximam o leitor do tema com uma forma enérgica e surpreendente de passar conhecimento adiante.NEUROCOMIC: A CAVERNA DAS MEMÓRIAS é a primeira graphic novel da linha editorial Crânio, da DarkSide® Books, que tem o compromisso de publicar material minuciosamente selecionado. Obras assinadas por especialistas, acadêmicos e pensadores em diversas áreas, dispostos a dividir experiências e pontos de vista transformadores que nos ajudem a entender melhor esse estranho e admirável mundo novo.

Assunto: Graphic Novel, HQ, Não Ficção.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 144.

Ano: 2018.

Sobre os autores: Hana Roš, Ph.D., é neurocientista, formada na Universidade de Oxford, Inglaterra, e uma ávida contadora de histórias. Dedica parte do seu tempo a projetos pessoais e encontrou em NEUROCOMIC: A CAVERNA DAS MEMÓRIAS a oportunidade perfeita para unir sua paixão pela arte e ciência. Já teve diversos artigos publicados em revistas científicas de renome, incluindo Journal of Neuroscience e Nature Neuroscience. Siga a autora em twitter.com/hanarossy. Matteo Farinella, Ph.D., é ilustrador especializado em jornalismo em quadrinhos e ilustração científica, com Ph.D. em neurociência pelo University College de Londres. Desde 2016 trabalha com comunicadores, educadores e neurocientistas para encontrar formas de utilizar narrativas visuais na alfabetização pública. Saiba mais em matteofarinella.com.


Esse livro eu comprei porque precisava completar 3 livros na minha compra para ganhar um livro grátis. O escolhi e fui ler sem expectativa nenhuma e fui surpreendida.

O livro tem uma qualidade superior, premium, com sua capa dura e acabamento impecável. A capa é toda decorada com neurônios, com uma cabeça com um cérebro e outras coisas. Possui fundo azul combinado com amarelo e branco. Capa muito bonita, na minha opinião.  A diagramação é perfeita! É um livro que você lê bem rapidinho, já que é em formato de quadrinhos.

O livro é uma Graphic Novel que conta um pouco sobre o funcionamento do cérebro só que em forma de história. Eu achei incrível poder acompanhar a aventura de um personagem dentro do nosso cérebro e ao mesmo tempo aprender sobre o seu funcionamento. Confesso que queria ter lido esse livro na época de escola, quando estudava biologia. Achei o livro sensacional, anda mais para quem está começando a pesquisar, estudar e entender esse assunto. Um livro divertido, mas que traz bastante informação. Ahh, e o final dele é genial!

Recomendo esse livro para quem gosta de histórias em quadrinhos e que tenham interesse no funcionamento do cérebro. Acho que é um livro que pode agradar tidas as idades, já que a história é bem leve e bacana.


O bacana é que logo que você abre a capa, você tem essa visão (o mesmo na parte de trás).


Aqui podemos observar um pouquinho das ilustrações que você vai encontrar nesse livro.

Comprei esse livro no site da Darkside Books e paguei R$ 54,90 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*