sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Resenha literária: Acompanhante de Luxo

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Acompanhante de Luxo.


Sinopse: "Precisa de companhia? Telefone e nós mandaremos para você um belo acompanhante para suas horas de solidão." O anúncio num cartaz perto do metro chamou a atenção de Kelly. Não, nem devia pensar nisso. A simples ideia de pagar a um homem para que ficasse ao seu lado era uma loucura! Ou talvez... uma solução! Estava cada vez mais difícil fugir ao assédio de Jeremy, que além de insolente e mau-caráter,era o marido de sua melhor amiga. Precisava de uma companhia masculina para aquele fim de semana na casa de campo de Sue, e podia pagar muito bem por isso! Perdida em seus pensamentos, Kelly assustou-se quando, de repente, se viu em frente à porta da agência onde um homem moreno e atraente olhava-a cinicamente, convidando-a para entrar...

Assunto: Romance, Romance Erótico.

Editora: Abril.

Páginas: ?.

Ano: 1983.

Sobre a autora: Penny Halsall, nascida Penelope Jones (24 de novembro de 1946 em Preston, Lancashire, Inglaterra - 31 de dezembro de 2011) é conhecida pelos pseudônimos Caroline Courtney, Melinda Wright, Lydia Hitchcock, Penny Jordan e Annie Groves, e é uma das maiores escritoras inglesas de ficção romântica da atualidade.



Mais um livro de romances que li para aquecer o coração. E eu tenho que confessar que esse livro eu li mais de uma vez, poque é uma das histórias que eu mais gosto.

Essa não é uma capa que eu gosto, na verdade acho cafona. Porém, como é um livro antigo, a capa combina com tempo, a história, essas coisas... Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo, e a história é bem romântica.

É um livro de romance porém tem algumas partes eróticas. Gosto desse tipo de livro porque aquece o meu coração. Romances sempre são bem vindos. A Kelly é a mocinha da nossa história e é atormentada pelos fantasmas do passado. A amiga a chama para passar um fim de semana na sua casa, mas o seu marido, Jeremy, é um sem vergonha que dá em cima dela o tempo inteiro. Ela ama a amiga, e como não quer decepcionar falando que não vai, tem uma grande ideia: contratar um acompanhante. E aí ela contrata mesmo, e o cara é bem bonito hein e traz muitas surpresas com ele.

Eu recomendo esse livro pra quem gosta de romances clichês e que aquecem o coração, haha. É um livro ótimo para usar como respiro de leituras mais "pesadas" ou "inteligentes". O que ajuda muito é que o livro é bem rapidinho, então em um dia você termina.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas ele é o tipo de livro que vendia antigamente em bancas de jornal (acho que você pode encontrar para comprar online e muito facilmente encontra lugares onde pode baixar).

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Resenha literária: Outra Vez... Casados!

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Outra Vez... Casados!.


Sinopse: Kate descobre que seu novo chefe é ninguém menos que seu ex-marido, Sean Howard. Ele sabe que sua atração mútua pode se reacender, e a quer novamente a seu lado...

Assunto: Romance, Romance Erótico.

Editora: Harlequin.

Páginas: ?.

Ano: 2007.

Sobre a autora: Penny Halsall, nascida Penelope Jones (24 de novembro de 1946 em Preston, Lancashire, Inglaterra - 31 de dezembro de 2011) é conhecida pelos pseudônimos Caroline Courtney, Melinda Wright, Lydia Hitchcock, Penny Jordan e Annie Groves, e é uma das maiores escritoras inglesas de ficção romântica da atualidade.


Mais um livro de romances que li para aquecer o coração. E eu tenho que confessar que esse livro eu li mais de uma vez, poque é uma das histórias que eu mais gosto.

Essa capa é uma das que eu mais gosto e que mais me marcaram, a capa resume todo o livro e toda a história. Olhando agora, me aparece até meio cafona, mas eu amo! Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo, e a história é bem romântica.

É um livro de romance porém tem algumas partes eróticas. Gosto desse tipo de livro porque aquece o meu coração. Romances sempre são bem vindos. O que eu amo nessa história é todo o enredo dela. Penso que a história podia ter sido resolvida desde o início, mas as pessoas são cabeça-dura e a coisa só desenrola no final mesmo. Amo muito a Kate e o Sean e a história toma um rumo muito bonito. Não sei nem o que dizer. Só que a Kate tem o filho mais fofo do mundo e ele é o elo mais forte nessa história. Sempre que leio, choro horrores.

Eu recomendo esse livro pra quem gosta de romances clichês e que aquecem o coração, haha. É um livro ótimo para usar como respiro de leituras mais "pesadas" ou "inteligentes". O que ajuda muito é que o livro é bem rapidinho, então em um dia você termina.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas ele é o tipo de livro que vendia antigamente em bancas de jornal (acho que você pode encontrar para comprar online e muito facilmente encontra lugares onde pode baixar).

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Na telinha: The End Of The F***ing World

Olá querido(a)!
Hoje eu vim falar um pouco sobre a série The End Of The F***ing World.


Sabe quando você está procurando algo totalmente diferente para assistir? Então, foi nesse dia que achei essa série. Queria algo adolescente, mas ao mesmo tempo diferenciado das coisas que já assisti e deu nisso.

"James ainda não sabe, mas está prestes a mudar de vida com a chegada de uma garota nova no seu colégio. Assim como ele, a novata Alyssa também tem problemas em se relacionar com outras pessoas e se vira muito melhor sozinha. Aos olhos alheios, são apenas dois adolescentes estranhos, para eles, trata-se da parceria perfeita."


Essa série me surpreendeu bastante! É bizarro como comecei a assistir sem perspectiva nenhuma, mas acabei gostando bastante. A série toda gira em torno de dois adolescentes com problemas de relacionamentos que acabam fugindo juntos porque odeiam a vida que tem vivido. É louco, porque o modo de pensar deles é totalmente diferente de tudo o que já vi. Como eles estão se descobrindo, rola umas situações bem embaraçosas, além disso eles se metem em algumas confusões bem malucas. Senti muita vontade de ter uma continuação. Acho que é uma série incrível para quem gosta de temas ligados a psicologia.

A série possui apenas 1 temporada, com 8 episódios de 20 minutos cada. Eu acho a série bem curtinha, dando pra assistir tudo em um dia. É uma série de comédia dramática bem diferente de tudo que já vi, já que os dois adolescentes possuem problemas bem loucos para se relacionar com outras pessoas.



Você pode assistir essa série pela Netflix.

Já assistiu essa série? Deixe seu comentário pra eu saber a sua opinião!

Beijoos ;*


sábado, 24 de novembro de 2018

Na telinha: Super Drags

Olá querido(a)!
Hoje eu vim falar um pouco da série animada Super Drags.


Já estava doida para assistir essa série bem antes de ela ser lançada. Já existia um burburinho sobre esse lançamento da Netflix a algum tempo, e eu já estava contando os dias para assistir. Não sou tão fã de desenhos, mas esses com temática adulta são os melhores.

"Patrick, Donny e Ramon são três amigos que trabalham em uma loja de departamento. Durante o dia, eles precisam lidar com os cliente do local e o chefe implicantes, mas à noite eles se libertam e se transformam em três beldades repletas de brilho: Lemon Chiffon, Safira Cian e Scarlet Carmesimem. juntas, elas são as Super Drags."


A série é super irreverente e por isso recomendo, de preferência, para maiores de 16 anos. Eu adora essa pegada de desenho voltado para o público adulto, e esse é ainda mais diferenciado porque aborda o universo LGBTQ+. Eu senti que o desenho teve uma mistura de As Meninas Super Poderosas, As Três Espiãs Demais e South Park, que são meus desenhos preferidos da vida. Além de tudo é uma produção brasileiras e possuímos vários ícones na dublagem, incluindo Pablo Vittar. Acho que é um desenho que vale a pena ser assistido porque é muito divertido e curtinho, uma boa pedida para passar o tempo.

A série possui apenas uma temporada com 5 episódios de 25 minutos cada, ou seja, é uma série bem curta. Como já deu pra perceber ela é uma animação e é engraçada, e tem aquele toque de aventura que super heroínas trazem. Indico pra quem gosta de desenhos para adultos.


Você pode assistir essa série pela Netflix que é a produtora da mesma.

Já assistiu essa série? Deixe seu comentário pra eu saber a sua opinião!

Beijoos ;*


sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Resenha literária: Viral Loop

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Viral Loop - Como o crescimento viral transformou Youtube, Facebook e Twitter em gigantes e converteu a audiência em receita.



Sinopse: Neste livro o autor explora a máquina que move o crescimento dos novos negócios na web 2.0 como Twitter, YouTube e ebay: o viral loop. Ele é alcançado quando o caráter viral é incorporado à funcionalidade de um produto. Em termos mais simples, isso significa que uma empresa cresce porque cada novo usuário gera mais usuários, sucessivamente. As estratégias virais não são restritas ao mundo corporativo, à medida que começam também a entrar em outras áreas, como a política. Um bom exemplo é a campanha presidencial de Barack Obama. Este livro é recomendado, portanto, a qualquer pessoa que queira conhecer e explorar as possibilidades de negócios na Web 2.0, convertendo audiência em receita.

Assunto: Internet, Marketing, Publicidade.

Editora: Elsevier.

Páginas: 238.

Ano: 2010.

Sobre o autor: Adam Penemberg é professor de jornalismo e diretor assistente do Programa de Negócios e Economia da New York University, além de escrever para diversas importantes publicações, incluindo Fat Company, Forbes, The New York Times, Wired e The Economist.


Esse foi um livro que eu comprei porque estava barato, haha. Estava andando na Bienal e achei ele por um precinho tão bom, era da editora que eu gosto e ainda tinha um assunto interessantíssimo. Não tive como não comprar.

Apesar de ser um livro de marketing a capa é bem bacana. Achei agradável de se olhar e amei esses pontinhos todos. Tenho a interpretação de que a capa representa a viralidade, a coisa se espalhando. A diagramação é muito boa. Não é um livro rápido de ser lido, mas tem muita informação legal.

É um livro focado na questão do marketing viral e como ele foi importante em alguns casos famosos na internet. Gostei muito de entender mais sobre o assunto porque sou publicitária  e até por conta do blog. Geralmente são livros bastante interessantes de ler e eu gosto muito. O que eu mais gosto é que tudo é explicado usando casos reais.

Eu recomendo esse livro pra quem tem interesse em negócios online e em marketing viral. É um livro que vale a pena a leitura se você vive nesse mundo online e quer aprender mais.



O livro possui alguns gráficos para ajudar a entender o fenômeno viral.

Comprei o meu na Bienal do Livro e paguei R$ 5,00 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Aperta o play: playlist anos 90/2000

Olá querido(a)!
Hoje é o dia que vou te passar aquela playlist com músicas dos anos 90/2000 que a gente adora. Tenho certeza que pelo menos uma delas você conhece!



O que você achou do aperta o play de hoje?

Beijoos ;*

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Resenha literária: O Diário de uma Submissa

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro O Diário de uma Submissa - Uma história real.


Sinopse: Depois de viver sua primeira relação sexual sadomasoquista, sem sequer saber direito classificá-la como tal, sente-se definitivamente atraída por esse novo mundo. E após um caso quente e revelador com seu amigo Thomas, é em James que Sophie encontra seu dominador verdadeiro e uma paixão que a leva a testar limites que nem ela mesma poderia imaginar.A autora constrói em "O diário de uma submissa" um relato real, sincero e ousado de uma jornada a um mundo repleto de novas e picantes possibilidades. Um livro feito para despertar imaginação e a curiosidade, sendo um relato honesto, polêmico e sem pudores.

Assunto: Autobiografia, Biografia, Comportamento.

Editora: Fontanar.

Páginas: 238.

Ano: 2013.

Sobre a autora: Jornalista independente, de 30 e poucos anos, Sophie Morgan não tem vergonha de admitir que tem gostos sexuais excêntricos. Entre quatro paredes — mas só entre quatro paredes, que fique claro desde o início —, ela gosta de ser submissa.Desde bem jovem ela passou a notar que pensava bastante em sexo. Também percebeu o quanto algumas experiências inusitadas mexiam com ela de uma maneira profunda. Mas foi só na faculdade que ela começou a viver experiências consideradas fora do padrão e notar o quanto aquilo tudo lhe proporcionava um enorme prazer.


Resolvi ler esse livro porque estava numa fase de pesquisas sobre o mundo BDSM, submissão, dominação, essas coisas. O título me chamou bastante atenção e por isso resolvi ler.

A capa é bem bonita e até romântica, porém não vi muito romantismo nessa história. Eu achei esteticamente maravilhosa mesmo essa capa.  Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura é interessante, mas não achei fácil. Em muitas partes eu parava para digerir a situação.

É o tipo de livro que eu tenho certeza que não é qualquer pessoa que vai gostar. E não, não é um romance. É BDSM pesado mesmo e muita humilhação. Em muitas partes eu tentava me colocar no lugar da Sophie, porém achava que não conseguiria aceitar certas coisas. E o livro é baseado em uma história real, na verdade é um relato de uma submissa de verdade. Já li muito sobre o assunto, e pessoas com esse estilo de vida tem que ter bastante cuidado sobre com quem se relacionar, porque algumas pessoas só são abusivas mesmo. Em muitos momentos fiquei chocada e ao mesmo tempo percebi que algumas coisas são muito reais nesse estilo de vida. É um livro que ajudar a entender esse mundo que não é nosso, mas ao mesmo tempo não é um livro pra quem tem estômago fraco.

Eu não sei como dizer isso, mas não é um livro que vou chegar aqui e recomendar. Acho que quem tem interesse no assunto e entende um pouco desse tipo de relação, deve ler. Quem não tem interesse, nem chegue perto. O livro é sobre relacionamentos e experiências BDSM, ou seja, não é um livro que todos irão amar. Não é um livro tão longo, mas também não é um livro curto.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você encontra em muitas lojas.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Inspiration: Música

Olá querido(a)!
Já disse aqui no blog que não sou muito ligada a música, mas algumas vezes estou muito musical. Por isso trouxe algumas inspirações nesse estilo para você. Se liga!











O que você achou da inspiração de hoje? Me diga nos comentários!

Beijoos ;*

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Resenha literária: Procura-se Uma Amante

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Procura-se Uma Amante.


Sinopse: Leon Stapinopolous, um magnata grego muito charmoso, estava prestes a adquirir uma das perfumarias mais antigas da França. E a oferta incluía também a designer de perfumes Sadie Roberts. Apesar de Sadie ser uma garota difícil, o charme e a paixão de Leon mexem com os sentidos dela, mais do que qualquer fragância!

Assunto: Romance, Romance Erótico.

Editora: Harlequin.

Páginas: ?.

Ano: 2004.

Sobre a autora: Penny Halsall, nascida Penelope Jones (24 de novembro de 1946 em Preston, Lancashire, Inglaterra - 31 de dezembro de 2011) é conhecida pelos pseudônimos Caroline Courtney, Melinda Wright, Lydia Hitchcock, Penny Jordan e Annie Groves, e é uma das maiores escritoras inglesas de ficção romântica da atualidade.


Mais um livro de romances que li para aquecer o coração. Nem preciso dizer, mas li esse livro só por causa da autora mesmo, porque eu adoro.

Eu nem preciso dizer que essa é uma capa que eu gosto, tem o casal e as cores me passam uma sensação de magia. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo, e a história é bem romântica.

É um livro de romance porém tem algumas partes eróticas. Gosto desse tipo de livro porque aquece o meu coração. Romances sempre são bem vindos. O que me deixa mais empolgada nessa história, além do romance, é que a personagem principal, Sadie, é uma perfumista. O Leon é um cara que pretende comprar a perfumaria e transformá-la em uma loja que produz fragrâncias sintéticas, porque, querendo ou não, é o que dá dinheiro (produzir em massa e vender barato). A Sadie é o tipo de pessoa que prefere perfumes feitos com ingredientes naturais e que as fragrâncias devem ser únicas, de acordo com o perfil de cada pessoa. Apesar de serem diferentes suas histórias se cruzam, e o romance pode vir a acontecer, mas será que vai dar certo?

Eu recomendo esse livro pra quem gosta de romances clichês e que aquecem o coração, haha. É um livro ótimo para usar como respiro de leituras mais "pesadas" ou "inteligentes". O que ajuda muito é que o livro é bem rapidinho, então em um dia você termina.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas ele é o tipo de livro que vendia antigamente em bancas de jornal (acho que você pode encontrar para comprar online e muito facilmente encontra lugares onde pode baixar).

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 17 de novembro de 2018

O que é: criatividade?

Olá querido(a)!
Confesso que nesse dia da criatividade ia ensinar a ser mais criativo, mas no ano passado fiz uma postagem falando sobre isso (aqui). Hoje vou definir mesmo o que é isso.


"A criatividade é considerada uma capacidade humana de grande valor universal, tudo indica que nesta competência reside a memória "RAM" biológica para o impulso da evolução humana. A memória RAM segundo Cury é o fenômeno dos registros da memória." - Wikipédia.

O que achou dessa postagem? Me conta aí nos comentários!

Beijoos ;*

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

A música na minha vida

Olá querido(a)!
Hoje vou falar um pouco sobre a música na minha vida, já que estamos na semana da música.


Confesso que não sou a pessoa mais musical do mundo. Nos últimos tempos então, não tenho escutado muita coisa. 

Percebo, que para muitas pessoas, a vida gira em torno da música e das trilhas sonoras. No meu caso, só acontece em momentos pontuais. Antigamente todo o acontecimento da minha vida tinha música, principalmente as decepções amorosas. Hoje anda meio difícil, mas ainda acontece.

Gosto mais da música pra alegrar e animar mesmo, mas nos momentos tristes fico repetindo aquela música diversas vezes, pra sofrer mesmo. 

Outra coisa que tenho que dizer é que sou eclética, e isso quer dizer que não tenho um gosto muito confiável para músicas. Gosto daquelas bem bregas, das que são moda, daquelas que as pessoas criticam... não tenho preconceitos. Tenho certeza, você me julgaria pelo gosto musical.

A música representa pouco em minha vida hoje, mas não posso dizer que não é importante. É importante quando se faz necessária, porque tem horas que a gente só escutar alguma coisa, cantar junto e quem sabe, dançar.

E você? Me conta um pouco como a música afeta sua vida!

Beijoos ;*

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Sessão pipoca: O Grinch

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi O Grinch.


Sinopse: O Grinch é um ser verde que não suporta o Natal e, todo ano, precisa aturar que os habitantes da cidade vizinha de Quemlândia comemorem a data. Decidido a acabar com a festa, ele resolve invadir os lares dos vizinhos e roubar tudo o que está relacionado ao Natal.

Gênero: Animação, Família.


Assisti esse filme ontem e hoje já estou aqui para comentar um pouco sobre ele. Era um filme que eu estava doida para assistir pois sou fã do filme O Grinch do ano 2000, e também sou louca por filmes de Natal. Fiquei empolgada quando vi o trailer dessa versão fofa em desenho e não pude deixar de não querer conferir.

O filme é uma animação que pode ser assistida por toda a família. Como eu já tinha visto o filme de 2000, não tem como não tecer comparações. Posso dizer até que essa é uma versão mais light do outro filme, já que esse é dirigido especialmente para crianças. As histórias são parecidas porém diferentes. Eu gostei bastante dos personagens desse filme, muitos não existiam no filme de 2000. O universo criado foi bem detalhado e bonito. Tem muitos momentos engraçados e a gente vai gostando cada vez mais do Grich ao longo do filme. Ahh, o final é fofo!

Indico esse filme para quem tem filhos, sobrinhos, crianças em geral na família, e pra toda família assistir juntos. Pra quem gosta de animação é uma boa pedida, mas confesso ser um filme bem light mesmo. Pra quem gosta de filmes natalinos, essa é uma boa pedida.

Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Resenha literária: O Doce Veneno do Escorpião

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro O Doce Veneno do Escorpião - O Diário de Uma Garota de Programa.


Sinopse: Bruna Surfistinha é a principal personalidade da internet brasileira hoje em dia. Seu blog (www.brunasurfistinha.com) é visitado diariamente por quase 15 mil internautas que se deliciam com os relatos picantes dos programas que ela faz com homens, mulheres e casais em seu flat. Todos os programas (que podem chegar a seis num dia!) são descritos e Bruna ainda criou uma cotação para o desempenho do cliente. Bruna conta também em detalhes as festas que participou em clubes de swing. Sem medo de mostrar a cara, a garota de programa foi entrevistada em emissoras de rádio, programas de TV e revistas de circulação nacional. Só que muitas histórias ficaram guardadas e só são reveladas agora em "O Doce Veneno do Escorpião". Você vai conhecer detalhes reveladores da menina de classe média alta que trocou os finais de semana com a família no Guarujá para se prostituir aos 17 anos. O livro traz ainda um diário secretíssimo de Bruna Surfistinha, com as histórias mais ousadas que ela não teve coragem de publicar no blog. O diário, com 36 páginas negras, vem lacrado. Por fim, Bruna também dá pequenas lições para uma mulher de como conquistar o homem - e jamais perdê-lo para uma garota de programa.

Assunto: Autobiografia, Biografia.

Editora: Panda Books.

Páginas: 172.

Ano: 2005.

Sobre a autora: Raquel Pacheco, mais conhecida pelo pseudônimo de Bruna Surfistinha, é uma escritora e DJ, ex-prostituta e ex-atriz de filmes pornográficos. Tornou-se uma celebridade da internet a partir de 2005. Além de produzir roteiros, Raquel atuou também em um longa.


Resolvi ler esse livro por causa do filme e porque já tinha lido o seguinte, O Que Aprendi Com Bruna Surfistinha. Confesso que gosto muito da história dela e acho importante o lançamento desse livro.

Não tenho muito para falar da capa: ela é preta e simples. Sinto que a capa foi feita desse jeito para não gerar "vergonha" na pessoa que estiver lendo em locais públicos, pois assim é um livro que passa despercebido. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo, mas já adianto que parecia que eu estava vendo o filme em muitos momentos.

É o livro que deu origem ao filme e posso dizer para você: foram bastante fiéis nesse ponto. Muitas vezes estava lendo o livro e relembrava cenas do filme. A única diferença altamente visível é que o filme conta a história linear da vida da Raquel Pacheco (Bruna Surfistinha), já no livro a história é contada no futuro, porém com flashbacks acontecidos no passado. Mas, pra quem não viu o filme, o livro conta a história de uma garota de programa e tudo o que aconteceu em sua vida até chegar ali e o que aconteceu quando chegou, e como essa mesma menina se tornou uma celebridade no ramo.

Eu não sei se eu recomendo esse livro para quem já assistiu ao filme, porque é basicamente a mesma coisa. Pra quem já gosta e tem muita vontade de ler, pode ser uma boa. Não é um livro longo e é bacana para passar o tempo.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você encontra em muitas lojas.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Seja gentil! Só isso mesmo...

Olá querido(a)!
Em muitos momentos as palavras me faltam, e esse é um deles. Confesso não saber o que falar sobre gentileza. Mas aí a vida tem dessas, por isso resolvi compartilhar uma música com você.


E lembre-se: GENTILEZA GERA GENTILEZA!

Beijoos ;*

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Resenha literária: Eu Acho que Você é Meio Doido, Sim

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Eu Acho que Você é Meio Doido, Sim.



Sinopse: Este livro é sobre você! Sempre que conheço alguém novo, essa pergunta me vem à cabeça: como chegamos aqui? Eu não chego a perguntar, porque nem todo mundo lida bem com perguntas estranhas logo na primeira conversa, mas eu penso. Vamos analisar, por exemplo, eu e você. Ao invés de ler este livro, você poderia estar lavando louça (espero não ter te lembrado de algo), esbarrando no amor da sua vida e derrubando livros do jeito mais clichê do mundo, ou construindo um dragão ciborgue. E eu? Cá estou, escrevendo, enquanto ouço o gato miar do lado de fora do quarto depois de onze tentativas de fazê-lo se comportar na presença de um computador. Eu poderia estar no Palácio de Buckingham (nem sei falar isso em voz alta), ou apenas dobrando a pilha de roupas que deixei no pé da cama, mas estou aqui. As duas possibilidades são remotas, mas elas existem, ok? A gente nunca pode se esquecer de que a vida é muito louca. O livro é exatamente sobre isso. Sobre ser quem você é, por mais doido que a ideia e você sejam. Vamos tentar esquecer a palavra “doido” por um momento, apesar de ela estar no título do livro, e focar em “você”. Você. V O C Ê. Não entendeu nada? Então corre para a primeira página...

Assunto: Autoajuda, Diversão, Inspiração.

Editora: Outro Planeta.

Páginas: 160.

Ano: 2018.

Sobre a autora: Nath Araujo nasceu em 1989 em Paraguaçu, Minas Gerais. Formou-se em Comunicação Social, atualmente mora em São Paulo, onde divide o apartamento com seu gato Samuel. Na internet faz o mesmo que fazia nos seus cadernos de criança: escreve e desenhada para se divertir. É ilustradora, escritora, criadora de conteúdo digital e doida.


Esse foi um livro que eu comprei porque queria muito. Primeiro, porque é o livro que a Nath Araujo escreveu (e olha que companho ela a tempos, mais tempo do que vocês imaginam). Segundo, porque é um livro interativo e tem desenhos para pintar (amo!).

A capa é maravilhosa e perfeita! Já começamos aqui com uma bela ilustração feita pela Nath de uma menina, que pode ser que seja meio doida sim. Além disso a capa é rosa, bem menininha! E o rosa tem um significado, já que as suas ilustrações sempre tem esse tom. A diagramação tá top. Não é um livro longo e é bem gostoso de ler. O mais legal é poder interagir com as páginas e pintar (já comecei a fazer, porém depois resolvi ler tudo primeiro pra poder fazer a resenha).

É um livro focado no autoconhecimento, mas confesso que não o acho de autoajuda (apesar que tá escrito que é). É um livro pra gente começar a pensar nas coisas que nos fazem diferentes e únicos,e  ao mesmo tempo fazer a gente se distrair um pouco do mundo. Pra quem gosta de pintar, também é uma boa pedida. Tem coisas pra ler, perguntas para responder, listas para fazer e vários desenhos lindos para pintar. Eu tô doida pra deixar meu livro bem lindão!

Eu recomendo esse livro pra quem gosta de algo divertido, leve e que vai fazer você se conhecer melhor. É o tipo de livro que vai agradar a todas as pessoas, e acho que todo mundo tem que ter o seu. É um livro rapidinho e ao mesmo tempo grande. Recomendo muito para quem está procurando algo diferente!




Resolvi mostrar algumas páginas, assim você consegue ver como o livro é diferenciado.

Comprei o meu na Amazon e paguei R$ 29,14 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*