terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Inspiração: Ano Novo, vem 2020

Olá querido(a)!
Hoje vim trazer imagens inspiradoras para você já ir se animando para a noite de hoje. Nem vou falar muito, só digo que é um momento mágico e de esperança para todos. Vamos as imagens?











Lembrando que as imagens são de bancos de imagens gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. Quem está animado para a virada de ano?  Deixe nos comentários!

Beijoos ;*

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Resenha literária: Wytches

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Wyches.



Sinopse: Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre bruxas; quase todas as informações devem estar erradas, de qualquer forma. Aquilo que você aprendeu na escola ― que, por séculos, centenas de pessoas foram queimadas, torturadas, perseguidas e assassinadas por bruxaria ― é um fato. O que ninguém contou para você é que essas pessoas morreram para proteger uma terrível realidade escondida dos meros mortais: bruxas, bruxas de verdade, existem e estão por aí. Elas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar ― e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda.É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade.Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo... e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso.Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, WYTCHES é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as HQs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos.Para esta série, ele chama o desenhista Jock, que além de também ter trabalhado em Batman, fez artes conceituais para Star Wars ― Os Últimos Jedi e o filme ganhador do Oscar Ex_Machina: Instinto Artificial. Com isso, WYTCHES extrapola a mitologia das bruxas em algo muito mais profundo e amedrontador do que os leitores estão acostumados.Esqueça as escolas de magia, as casas de doces e as maçãs envenenadas; aqui, as bruxas são realmente perigosas e quando você é jurado para elas... bem, tudo que a Caveira pode dizer é que as coisas não terminam muito bem.Com todos os materiais extras presentes na edição original ― rabiscos, esboços, processos de colorização e textos do autor que explicam a origem do conceito de WYTCHES ― essa é uma edição para ninguém botar defeito. Além disso, como os fãs são os únicos e exclusivos donos do coração da Caveirinha, ela chamou Érico Assis para fazer com que essa história chegasse da melhor maneira para o público brasileiro. Agora, só resta uma questão, querido fã... você jura que está preparado para WYTCHES?

Assunto: Graphic Novel, HQ, Terror.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 192.

Ano: 2017.

Sobre o autor: Scott Snyder tem escrito roteiro de histórias em quadrinhos como Wytches, A.D. After Death, American Vampire, The Wake, Severed, Batman, Superman Unchained e Swamp Thing, entre muitas outras. É também o autor da coletânea de contos Voodoo Heart e um ávido e nada irônico fã de Elvis Presley.


Como estou viciada em ler Graphic Novels acabei comprando essa aproveitando um cupom de desconto que tinha e meus privilégios da assinatura Prime da Amazon. Já estava de olho nela a algum tempo e por isso fechei essa compra.
O livro tem uma qualidade superior, premium, com sua capa dura e acabamento impecável. A capa do livro tem um designer sombrio. Ela é todo em tons escuros, mas  uma das árvores sangra bem vermelhinho. A diagramação é muito boa. É um livro curto e rápido de ler, já que é uma HQ.

O livro fala sobre bruxas, como o nome já entrega. Porém não são as bruxas como conhecemos, são seres bem diferentes e assustadores. No início a história me deixou apreensiva, depois fiquei confusa e no final comecei a entender um pouco mais... Não foi um livro que gostei de ler e provavelmente vou relê-lo, porque ele me deixou meio confusa. Confesso que não fiquei com medo. Em muitas partes o livro corta de forma brusca para outros personagens, vai e volta no tempo, e acho que isso fez uma confusão mental em mim. No fim das contas, consegui entender tudo mas não curti muito. Sei lá, a história não me cativou. No fim temos alguns textos do autor dos livros, e esses eu gostei bem mais do que a história em si.

Recomendo esse livro para quem gosta de HQs, histórias de terror e bruxas. Apesar de meio confusa eu acho que pode agradar muita gente.



O bacana é que logo que você abre a capa, você tem essa visão (o mesmo na parte de trás).


Aqui podemos observar um pouquinho das ilustrações que você vai encontrar nesse livro.

Comprei esse livro no site da Amazon, e paguei R$ 20,94 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 28 de dezembro de 2019

Sessão pipoca: O Natal de Cinderela

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi O Natal de Cinderela.


Sinopse: Kat é uma jovem aspirante a cantora, cujos sonhos sempre são esnobados pela cruel madrasta e meia-irmãs fúteis. Trabalhando como elfa na feira natalina, ela se encanta pelo belo Nick, novo Papai Noel da festa. Quando é convidada para um elegante baile que pode ser sua chance de sucesso, a protagonista é vítima da inveja da família, mas contará com o apoio da melhor amiga, Isla, para comparecer ao evento.

Gênero: Família, Fantasia.


A louca dos filmes de Natal, que sou eu, estava ansiosa para assistir novos filmes do gênero no catálogo da Netflix. Por isso resolvi assistir esse aqui que apesar de não ser uma produção Netflix, eu ainda não tinha assistido.

Tenho que dizer que o filme não é uma grande obra, mas é um filme bacana para passar o tempo. Essa história de Cinderela já é meio batida, né? Existe uma quantidade de filmes enorme que se baseiam no clássico conto para fazer novas versões. Acabo percebendo que é muito mais do mesmo, já que a base da história é sempre igual. Essa usa a base e um pano de fundo de Natal, sem contar que retrata os dias atuais. O casal é bem bonitinho e me agradou. Uma das coisas que gostei é que é um musical e tem uma pegada adolescente que eu, particularmente, gosto. Um filme realmente bom para assistir com a família.

Eu indico esse filme para qualquer um que goste da temática natalina. Um filme levinho para assistir nessa época de Natal com toda a família. Só não espere uma grande história.


Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Aquele texto sobre os finais de ano

Olá querido(a)!


Os finais de ano tem essa aura de saudades do ano que está terminando, mas ao mesmo tempo aquela sensação de que até que fim está chegando ao fim. Não sei se eu gosto ou não já que, depois dos meus 18 anos, os anos tem passado voando.

Confesso que não sinto saudades de coisas que aconteceram esse ano, mas ao mesmo tempo tiveram momentos simples e pontuais que foram incríveis. Talvez, isso se dê porque eu perdi um pouco a paciência com as coisas.

Posso te dizer que estou feliz que o ano está chegando ao fim? Os últimos meses foram difíceis dentro da minha cabeça, vivi a mil  e sofri a ansiedade dos novos tempos. Agora só quero relaxar um pouco.

Só posso dizer: o ano foi bom, mas que bom que tá acabando!

Beijoos ;*

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Resenha literária: Todo Dia a Mesma Noite

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Todo Dia a Mesma Noite: A história não contada da boate Kiss.


Sinopse: Reportagem definitiva sobre a tragédia que abateu a cidade de Santa Maria em 2013 relembra e homenageia os 242 mortos no incêndio da Boate Kiss. Daniela Arbex reafirma seu lugar como uma das jornalistas mais relevantes do país, veterana em reportagens de fôlego — premiada por duas vezes com o prêmio Jabuti — ao reconstituir de maneira sensível e inédita os eventos da madrugada de 27 de janeiro de 2013, quando a cidade de Santa Maria perdeu de uma só vez 242 vidas. Foram necessárias centenas de horas dos depoimentos de sobreviventes, familiares das vítimas, equipes de resgate e profissionais da área da saúde — ouvidos pela primeira vez neste livro —, para sentir e entender a verdadeira dimensão de uma tragédia sobre a qual já se pensava saber quase tudo. A autora construiu um memorial contra o esquecimento dessa noite tenebrosa, que nos transporta até o momento em que as pessoas se amontoaram nos banheiros da Kiss em busca de ar, ao ginásio onde pais foram buscar seus filhos mortos, aos hospitais onde se tentava desesperadamente salvar as vidas que se esvaíam. Foi também em busca dos que continuam vivos, dos dias seguintes, das consequências de descuidos banalizados por empresários, políticos e cidadãos. A leitura de Todo dia a mesma noite é uma dolorosa e necessária tomada de consciência, um despertar de empatia pelos jovens que tiveram seus futuros barbaramente arrancados. Enxergá-los vividamente no livro é um exercício que afasta qualquer apaziguamento que possamos sentir em relação ao crime, ainda impune.

Assunto: Jornalismo, Realidade.

Editora: Intrínseca.

Páginas: 248.

Ano: 2018.

Sobre a autora: Daniela Arbex trabalha há 22 anos como repórter especial do jornal Tribuna de Minas. Suas investigações resultaram em mais de 20 prêmios nacionais e internacionais, entre eles três Essos, o IPYS de melhor investigação da América Latina e o Knight Internacional. Estreou na literatura com Holocausto brasileiro e em seguida lançou Cova 312, com os quais ganhou dois prêmios Jabuti. Recentemente, virou documentarista e seu filme Holocausto brasileiro ganhou as telas da HBO em 40 países. Daniela mora em Minas Gerais.


Esse livro já estava na minha lista de leituras a algum tempo, já que gosto de histórias reais. Na época do incidente na boate Kiss eu tinha meus 17 anos, mas nunca entendi direito o que tinha acontecido porque na época que aconteceu as notícias vinham picadas.

A capa não possui nada demais e é bem simples. Possui fundo cinza e só. Acho que essa proposta é acertadíssima porque é um livro que narra uma tragédia. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura foi rápida, mas é um livro pesado de ler.

Esse livro conta o incidente que ocorreu na boate Kiss em janeiro de 2013. Além de narrar a história o livro dá voz e rosto as famílias das vítimas, uma coisa que para mim foi bem importante. Apesar da gente se compadecer com a tragédia, quando a gente tem uma história de vida e um rosto, a empatia é muito maior. Dentro do livro temos a trajetória de vida de algumas vítimas e de suas famílias, e isso enriqueceu bastante o relato. Consegui ver a história por um outro angulo e me sentir próxima daqueles que perderam pessoas queridas mas, claro, nunca vou conseguir mensurar a dor que sentiram. Um livro que mexeu comigo de muitas formas e que fala um pouco de saúde mental, já que uma tragédia dessas abala as pessoas de formas diferentes. No último capítulo temos um resumo de como a justiça lidou com o caso e porque chegou onde chegou. Depois desse incidente, na época mesmo, comecei a ter bastante medo de frequentar boates e lugares fechados. Hoje fico sempre de olho se o lugar possui saída de emergência e onde essas se localizam.

Eu indico esse livro para quem gosta de ler sobre histórias reais e também para aqueles que sempre quiseram saber mais sobre o incidente da boate Kiss.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode achar fácil em livrarias.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Inspiração: Natal 2019

Olá querido(a)!
Hoje é Natal e nada melhor que colocar imagens inspiradoras por aqui para fazer seu dia mais bonito. Escolhi imagens lindas e espero que você goste. Feliz Natal, tá?











Lembrando que as imagens são de bancos de imagens gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. Gostou das imagens de Natal?  Deixe nos comentários!

Beijoos ;*

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Resenha literária: No quarto ao lado

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro No quarto ao lado.


Sinopse: E se, de uma hora para outra, seu pai decidisse se casar novamente? E se você descobrisse que agora teria um novo irmãozinho? E se esse irmãozinho fosse extremamente irresistível? ''E, de repente, tão perto e ao mesmo tempo tão longe. Ele só está a poucos passos de mim, mas tudo ao redor faz com que pareça que estamos a quilômetros de distância.'' Victoria é uma garota divertida, ousada e provocante, do tipo que não leva desaforo para casa. Sofre muito até hoje com a morte da mãe, que ocorreu quando ela tinha apenas dez anos. Foi criada pelo pai desde então, que nunca havia namorado ninguém, até encontrar Anne. Ficou muito apaixonado e os dois decidiram morar juntos. O problema é que Anne tem um filho da mesma idade que Vick... E, desde o primeiro momento em que a garota e Harry são colocados frente a frente, já não se dão bem. E agora ela vai ter que morar sob o mesmo teto que ele. Essa história promete muitas confusões, provocações e momentos de tirar o fôlego. Harry e Victoria parecem um casal improvável. Afinal, aos olhos de todos, não se suportam. Porém, aos poucos, irão perceber que é justamente o intenso relacionamento que os guiará até sentimentos nunca antes experimentados pelos dois.

Assunto: Romance.

Editora: Publicação Independente.

Páginas: 634.

Ano: ?.


Peguei esse livro de forma aleatória para ler, como sempre pego romances. Esse estava ali e a história parecia interessante, então fui lendo rapidinho.

capa é simples, mas já entrega que é um livro de romance. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura não foi tão rápida, mas foi pelo motivo de ter muitas páginas.

Vou te contar: a história me decepcionou muito! É bem difícil eu não gostar de romances, mas esse me desagradou de tantas maneiras... Primeiro, que os personagens são muito jovens, apesar de isso não ter me incomodado em outras histórias que já li. Segundo, que existem muitos personagens e todos eles em algum momento narram as histórias. Terceiro, que eu não aguentava mais tantos problemas adolescentes durante a história. Quarto, senti que a história não conseguia evoluir e no fim não teve um fim, e não existe um livro de continuação. Depois de já ter toda opinião sobre o livro soube que era uma história do Wattpad, o que pra mim não tem problema nenhum. No início a escrita até me lembrou as fanfics e webnovelas que lia no Orkut. Também descobri que essa história era uma fanfic de One Direction, e aí que desandou tudo mesmo. Eu não gostei, mas o que matou é que a história não teve um fim e acho que se tivesse um outro livro eu não leria. E olha que foram mais de 600 páginas para não chegar em lugar nenhum.

Eu não tenho nem como recomendar esse livro, porque de alguma forma vai decepcionar quem ler. Seja pela escrita, pela história, pela quantidade de páginas e por não ter uma resolução.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode achar na Amazon.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Tag: O meu Natal

Olá querido(a)!
Hoje decidi trazer mais uma tag por aqui. Como estamos perto do Natal, acho que não poderia ser uma tag diferente. Essa eu peguei no blog Perguntas para Tags e lá você pode encontrar outras tags bacanas para usar no seu blog ou canal do Youtube. Agora vamos as perguntas?


1- Qual é a sua comida de Natal preferida?
Eu amo peru, haha. Mas não levem para o duplo sentido, kkkk. Eu acho que ele tem um gosto bem melhor do que a galinha, por isso espero ansiosamente para comer no Natal. Também gosto muito de tender, comia mesmo sem assar porque é tipo um presunto.

2- Costuma montar árvore e fazer decoração natalina?
Sim. Acho que nunca deixamos de pelo menos montar a árvore de Natal. Aqui em casa acumulamos muitas decorações e a cada ano a casa fica mais enfeitada. O que mais gostamos é colocar pisca-piscas em tudo.

3- Qual é a sua música de Natal preferida?
Last Christmas, apesar de não escutar muitas músicas natalinas.

4- Você costuma assistir filmes natalinos? Se sim, qual o seu preferido?
Sim!!! Sou apaixonada por filmes natalinos de qualquer tipo, até de terror. Meu preferido é Esqueceram de Mim que é um clássico, e um mais recente é Cartão de Natal da Netflix.

5- Qual foi o melhor presente de Natal que você já ganhou?
Eu sempre lembro de um Natal que ganhei vários quebra-cabeças quando era pequena, então imagino que sejam quebra-cabeças.

6- Com quem você gostaria de passar o Natal?
Com o crush, haha. Mas devo passar só com a minha irmã porque geralmente no dia do Natal não fazemos nada (comemoramos sempre antes).

7- Onde você gostaria de passar o Natal?
Eu gostaria de viajar para Orlando, algum dia, e passar o Natal lá.

8- Como você espera que seja o seu Natal desse ano?
Geralmente são como um dia normal. Pretendo comer coisas gostosas e assistir muitos filmes de Natal, ou quem sabe ficar lendo algum livro.

9- Quais foram os seus melhores Natais até hoje?
Eu acho que todos os da infância, já que hoje praticamente não comemoramos mais na data. Até porquê, quando criança, acreditava em Papai Noel.

10- O que você deseja para você mesmo no Natal?
Eu desejo que eu esteja feliz e que o dia esteja tranquilo.

11- Você pretende comprar roupas para o Natal?
Espero que quando essa postagem entrar no ar, eu tenha comprado roupas. Vai depender se gostei de alguma coisa a ponto de comprar.

12- Para você o que significa o Natal?
Eu não sou uma pessoa religiosa, mas para mim significa reunir a família e comemorar com as pessoas que você gosta. Compartilhando felicidade e amor.

Eu adorei responder essa tag e espero que tenham gostado de conhecer um pouco do que eu penso e faço no Natal. Se você quiser, pode responder também!

Beijoos ;*

sábado, 21 de dezembro de 2019

Inspiração: Vem verão, vem sol!

Olá querido(a)!
Amanhã se inicia o verão aqui no Brasil e eu não poderia deixar de trazer algumas imagens legais para animar e dar boas vindas a nova estação. Confesso que não sou a maior fã do verão, mas até que estou empolgada. Vamos as imagens?










Lembrando que as imagens são de bancos de imagens gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. Você gosta de verão?  Deixe nos comentários!

Beijoos ;*