terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Quando a gente vê já virou adulto

Olá querido(a)!
Você sabia que hoje é dia do adulto? E já que estou tentando escrever mais e tal, queria compartilhar alguns pensamentos loucos com você. Só continua lendo!


Quando a gente vê não sabe qual foi o último dia que brincamos na rua antes de virar adulto. Não lembramos qual foi a última vez que fomos crianças. Olha como a coisa é estranha! Você vira adulto e nem percebe.

Quando a gente vê já estamos trabalhando, pagando boleto e sofrendo por amor. A vida de adulto te dá liberdade, é claro, mas também te toma as coisas que eram simples de quando você era apenas uma criança.

Quando a gente vê se pega querendo voltar no tempo, mas vamos lembrar que já somos adultos. As responsabilidades e as mil coisas pra fazer, um universo de coisas que as pessoas esperam da gente. A postura que temos que ter, mesmo não querendo. A vida de adulto é dura!

Ser adulto é apenas ser, já que não percebemos quando tudo isso começou. Confesso que sempre me perguntei quando virei adulta, mas simplesmente não dá pra saber. Só virei.

Vamos comemorar esse dia, mas como crianças porque a vida de adulto a gente já vive todo dia.

Beijoos ;*

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Resenha literária: Papéis Trocados

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Papéis Trocados.


Sinopse: Um homem trabalhando como babá?Kate bem sucedida empresária, mãe adotiva de um garoto de 9 meses, precisava de uma babá. Preparou o espirito , dizendo que a competição entre homem e mulher devia ser, antes de tudo, leal.Mas ao receber o "novo empregado" seu coração disparou. Diante dela estava o homem mais atraente que já conhecera, cuja virilidade se impunha desde o primeiro olhar. Controlando as emoções convidou-o a entrar...

Assunto: Romance, Romance Erótico.

Editora: Nova Cultural.

Páginas: ?.

Ano: 1989.

Sobre a autora: Penny Halsall, nascida Penelope Jones (24 de novembro de 1946 em Preston, Lancashire, Inglaterra - 31 de dezembro de 2011) é conhecida pelos pseudônimos Caroline Courtney, Melinda Wright, Lydia Hitchcock, Penny Jordan e Annie Groves, e é uma das maiores escritoras inglesas de ficção romântica da atualidade.


Mais um livro de romances que li para aquecer o coração. E eu tenho que confessar que esse livro eu li mais de uma vez, poque é uma das histórias que eu mais gosto.

Essa é uma capa que eu gosto, acho fofa. O casal desse livro me lembra aqueles de filme da sessão da tarde. O livro é antigo, por isso acho que a capa combina com ele. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil porque não é um livro longo, e a história é bem romântica.

É um livro de romance porém tem algumas partes eróticas. Gosto desse tipo de livro porque aquece o meu coração. Romances sempre são bem vindos. A mocinha Kate é daquelas que a gente vai amar, já que é independente e bem girl power para seu tempo. Ela é uma mulher independente e que resolve adotar uma criança, como precisa trabalhar contrata uma babá. Ela espera uma mulher, mas aparece um homem muito bonito e sedutor. Imagine a mente dela como fica... Ela acredita em igualdade entre os sexos, mas fica um pouco confusa com o Rick, seu novo babá. Daí, você já imagina o que vai acontecer.

Eu recomendo esse livro pra quem gosta de romances bem água com açúcar e que aquecem o coração, haha. É um livro ótimo para usar como respiro de leituras mais "pesadas" ou "inteligentes". O que ajuda muito é que o livro é bem rapidinho, então em um dia você termina.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas ele é o tipo de livro que vendia antigamente em bancas de jornal (acho que você pode encontrar para comprar online e muito facilmente encontra lugares onde pode baixar).

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 12 de janeiro de 2019

Sessão pipoca: Bird Box

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi Bird Box.


Sinopse: Em um mundo pós-apocalíptico, Malorie e seus filhos precisam chegar em um refúgio para escapar do problema, criaturas que ao serem vistas fazem pessoas se tornarem extremamente violentas. De olhos vendados para não serem afetados, a família segue o curso de um rio para chegar à segurança.

Gênero: Suspense, Terror.


Assisti esse filme na Netflix, no anos passado, alguns dias depois do lançamento. Fiquei curiosa por causa da premissa da história, já que assisti antes de todo o burburinho. Eu adoro filmes com a temática de cenário pós-apocalíptico.

O filme é daqueles que te deixa aflito do início ao fim, mas por mais que deixe essa sensação você não consegue parar de assistir. O que mais me fascina nesse tipo de filme é que a gente começa a imaginar o que faríamos se estivéssemos ali. Um ponto positivo é que as tais "criaturas" que desencadeiam o caos não são mostradas, o que faz a parada ficar só na nossa imaginação e também faz a gente consegui emergir no filme, fazer parte dele. Vi várias teorias sobre o filme, dizendo que é uma metáfora para a depressão e etc. Não sei o que dizer, mas já escutei que o autor do livro (sim, é baseado em um livro) adora usar essas tais metáforas em seus livros.Mas o; importante mesmo é que eu gostei do filme e o final foi bem bonito, na minha opinião.

Indico esse filme para aquelas pessoas que gostas da temática pós-apocalíptica, porque é exatamente isso que você vai ver nesse filem. Apesar de constar como sendo de terror, eu não achei que vai tão pra esse lado. Pra mim é um suspense daqueles que você não consegue desgrudar os olhos da TV.

Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Pintei minha primeira tela!

Olá querido(a)!
Hoje estou aqui apenas para mostrar a primeira tela que pintei na minha vida (pelo menos que eu me lembre). Pra quem não sabe comprei algumas coisinhas artísticas a pouco tempo e cheguei a mostrar tudo no Instagram (@biigthais), por isso não deixe de me seguir por lá para ficar por dentro de conteúdos exclusivos.


Para quem tem interesse nos materiais que usei, vou falar um pouco deles por aqui. Usei uma tela da Souza de tamanho 20x20; Pincel 8 Acrilex 058; Godê de um kit que comprei esses dias; Tintas acrílicas da linha Acrylic Colors números 319 (Branco de Titânio), 320 (Preto), 332 (Verde Permanente Escuro) e 363 (Azul Turquesa).

A minha ideia era usar uma técnica de listras que já tinha feito em papel usando marcadores, mas queria muito tentar em tela utilizando tinta. Resolvi usar o símbolo do meu signo para fazer esse, e fiz o esboço antes de começar a pintar. Deu um pouco de trabalho, porém gostei do resultado.


Tenho mais algumas telas por aqui e pretendo pintá-las também. Assim que fizer mais alguma coisa, mostro por aqui. Esse é um ano que quero investir bastante nessa parte artística de desenhar, pintar, e tudo mais desse universo.

Vocês também pintam ou fazem alguma atividade artística? Deixe seu comentário respondendo a pergunta e me dizendo o que achou da minha primeira tela.

Beijoos ;*

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Resenha literária: Mentes Ansiosas

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Mentes Ansiosas da autora Ana Beatriz Barbosa.


Sinopse: Nesta edição a psiquiatra e best-seller Ana Beatriz Barbosa Silva aborda as diferentes manifestações da ansiedade. Medo, estresse e ansiedade, segundo ela, são fatores comuns e até necessários para uma vida mentalmente saudável. O problema, contudo, começa quando eles se agravam a ponto de se apresentarem em suas versões adoecidas: transtorno de estresse pós-traumático, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno do pânico, entre outros. Através de sua linguagem objetiva e acessível, a autora analisa as causas, desdobramentos e possíveis formas de lidar com essas doenças. 

Assunto: Ansiedade, Medos, Psicologia.

Editora: Fontanar.

Páginas: 296.

Ano: 2011.

Sobre a autora: Ana Beatriz Barbosa Silva é médica graduada pela UERJ, com pós-graduação em psiquiatria pela UFRJ. Professora honoris causa pela UniFMU (SP) e presidente da AEDDA - Associação dos Estudos do Distúrbio do Déficit de Atenção (SP) -, é também diretora das clinicas Medicina do Comportamento no Rio de Janeiro e São paulo, onde atende os pacientes e supervisiona os profissionais da sua equipe (médicos e psicólogos). Nascida no Rio de Janeiro, é escritora, realiza palestras, conferências e consultorias sobre variados temas do comportamento humano.


A vontade de ler esse livro surgiu porque adoro a autora. Como a ansiedade é um mal do século é importante ser entendida, sem contar que sou uma pessoa que sofre com esse mal.

A capa desse livro não é maravilhosa, mas me agrada. Ela é simples porém possuem detalhes que remetem ao assunto da ansiedade: as mãos entrelaçadas, que remetem a ansiosidade. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil já que o livro é curto e o assunto não é tão aprofundado nem técnico.

É um livro que trata do realmente da questão da pessoa ansiosa, e confesso ser um dos livros da autora que mais gostei de ler. Acho interessante porque além da ansiedade, ela trata também da questão dos medos (que acaba estando diretamente ligada a ansiedade). Além de fazer entender a ansiedade e os medos, somos apresentados a sintomas físicos que esses maus podem causar (são sintomas que médicos podem não diagnosticar através de exames, já que possuem cunho mental porém reverberam para o físico). Foi uma leitura muito rica e interessante que me fez ver algumas situações por outro ponto de vista.

Recomendo esse livro para quem tem interesse de entender como funciona as questões da ansiedade e como os medos entram nessa também. Um livro bastante interessante para psicólogos, psiquiatras e pessoas que sofrem com ansiedade (mas qualquer pessoa pode ler, já que não existem termos que dificultem o entendimento do conteúdo).

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode encontrar em qualquer livraria por aí.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Inspiração: Astronauta

Olá querido(a)!
Hoje é dia do astronauta e eu não poderia deixar de colocar algumas fotos inspiradoras aqui no blog. Eu adoro toda essa coisa envolvendo o espaço sideral, por isso não podia deixar esse dia passar em branco. Achei imagens tão bacanas e o melhor: são de bancos de imagem gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma.











Confesso que fiquei apaixonada por todas e tem umas super diferentes. Espero ter conseguindo te inspirar! E me conta: qual a sua preferida? Deixe nos comentários!

Beijoos ;*


terça-feira, 8 de janeiro de 2019

A arte de desenhar com a luz!

Olá querido(a)!
Sabia que hoje é dia do fotógrafo? Vamos aproveitar para registrar momentos, por isso o texto de hoje: vamos registrar esse dia em palavras mas confesso que poderia ser em fotos também, afinal, uma imagem vale mais do que mil palavras.


Hoje é dia dos profissionais que utilizam a arte de desenhar com a luz. Eles registram bons momentos e os ruins também, e tudo vira arte aos olhos tão atentos dos fotógrafos.

Guardar momentos na memória é bom, mas imagina poder tocá-los através da fotografia? Por isso o fotografo é quase um feiticeiro, já que congela aqueles momentos para sempre em um papel mas sem deixar nossa vida parar de seguir.

A vida é bonita quando fotografada! É ótimo fotografar, já que a memória as vezes é falha. Um bom modo de não ir perdendo aos poucos lembranças daqueles momentos importantes.

O fotógrafo possui aquele olhar que todos querem, mas muitos não tem: o olhar fotográfico. Com ele, ele sabe exatamente como fazer esse trabalho que alguns ditam como fácil, mas é muito difícil. Faz tão bem que a coisa não é só uma fotografia, é arte pura e cheia de sentimentos e sensações para quem vê.

Parabéns fotógrafos pelo dia de vocês!

Beijoos ;*

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Livros lidos em 2018

Olá querido(a)!
Hoje é dia do leitor e nada melhor que compartilhar os títulos que li em 2018. Coloquei como meta ler 24 livros em 2018, mas algumas coisas não tem como controlar e eu li 111 livros (e ainda não acredito). Acredito que nunca li tanto na minha vida, mas estou feliz porque é uma das coisas que mais gosto de fazer: sentar e ler um bom livro!


1- Adoração Selvagem [Kindle]
5- Amor Cigano [Kindle]
6- O Amante Perfeito [Kindle]
7- O Pecador Perfeito [Kindle]
8- Voltar a Amar [Kindle]
9- O Par Perfeito [Kindle]
10- Mais Que Uma Noite [Kindle]
11- Mais Escuro [Kindle]
12- De Volta Para Casa [Kindle]
13- Recomeçar... [Kindle]
18- Homo Deus [Kindle]


23- Não Faz Sentido [Kindle]
24- Acerto com o Passado [Kindle]
26- A Submissa [Kindle]
27- O Dominador [Kindle]
28- O Treinamento [Kindle]
29- A Mariposa no Espelho [Kindle]
30- Dominatrix [Kindle]
31- Barba Azul [Kindle]
46- Amor Sem Lembranças [Kindle]


48- Outra Vez... Casados! [Kindle]
53- Mentes Consumistas [Kindle]
54- Acompanhante de Luxo [Kindle]
55- Procura-se Uma Amante [Kindle]
56- Papéis Trocados [Kindle]
57- Inovação Reversa
58- Ainda Sou Eu [Kindle]
60- Womenomics
61- Mentes Ansiosas [Kindle]
62- Delírios de Consumo de Becky Bloom [Kindle]
63- Becky Bloom, Delírios de Consumo na Quinta Avenida [Kindle]
64- As Listas de Casamento de Becky Bloom [Kindle]
65- A Irmã de Becky Bloom [Kindle]
66- O Chá de Bebê de Becky Bloom [Kindle]
67- Mini Becky Bloom: Tal Mãe, Tal Filha [Kindle]
68- Becky Bloom em Hollywood [Kindle]


69- Por Um Fio [Kindle]
70- Becky Bloom ao Resgate [Kindle]
71- Diário de Um Psicopata [Kindle]
72- Tudo o que Você Precisa Saber Sobre Mitologia
73- Contos de Fadas em Suas Versões Originais 3
74- Holy Cow [Kindle]
75- O Amante [Kindle]
76- Eu, Submissa [Kindle]
77- Desculpa, Eu Te Amo [Kindle]
78- O Ego é Seu Inimigo [Kindle]
79- Mentes e Manias [Kindle]
80- Guia Politicamente Incorreto do Sexo [Kindle]
81- Obsessão - Breathless V.1 [Kindle]
82- Delírio - Breathless V.2 [Kindle]
83- Fogo - Breathless V.3 [Kindle]
84- O Livro de Ouro da Mitologia 
85- Storytelling: Como contar histórias sobre marcas que não tem uma boa história para contar [Kindle]
86- 80 Dias: A Cor da Luxuria [Kindle]
87- 80 Dias: A Cor do Desejo [Kindle]
88- 80 Dias: A Cor da Paixão [Kindle]
89- Parque dos Dinossauros [Kindle]
90- Doce ou Travessura? [Kindle]


91- Negócios no Ritmo da Música
92- Mundo Perdido [Kindle]
93- As Crônicas de Bane [Kindle]
94- JN - A Notícia Faz História
95- A Psicologia das Cores [Kindle]
96- A Barraca do Beijo [Kindle]
97- O Ano em que Disse Sim [Kindle]
98- Textos Cruéis Demais para Serem Lidos Rapidamente [Kindle]
99- Por Todas Nós [Kindle]
100- A Lógica do Consumo [Kindle]
102- O Significado da Marca
103- O que é Semiótica? [Kindle]
104- A Marca Pós-Moderna
105- Cretino Abusado [Kindle]
106- Querido Vizinho [Kindle]
107- Você Acredita Mesmo em Amor a Primeira Vista? [Kindle]
108- O Homem Perfeito [Kindle]
109- Mistérios do Prazer [Kindle]
110- Comunicação Não-Violenta [Kindle]
111- Fica Comigo [Kindle]

Leu algum desses livros que citei? Você leu livros no ano passado? Me conta aí nos comentários qual foi o seu preferido.

Beijoos ;*

sábado, 5 de janeiro de 2019

Gratidão para com a vida!

Olá querido(a)!
Já começou o ano agradecendo por estar vivo? Por poder ver mais um ano se inciar? A gratidão é a qualidade de quem é grato, por isso agradeça por cada coisinha pequena e simples que acontece com você.


Já começo o ano agradecendo porque 2019 vai ser o ano que vou deixar para trás tudo aquilo que me fez mal. Agradeço pelas coisas que aprendi e por aquilo que passei a enxergar com clareza. Fico tão grata pelas pessoas que se manteram ao meu lado e aquelas que foram embora.

Gosto de parar e pensar nas pequenas conquistas, mas que somadas me trazem grandes lembranças. Pensar que nem tudo que deu errado é ruim e que as vezes tem um motivo para acontecer, por isso agradeço.

A vida é muito curta pra ficar dando corda para coisas ruins, o negócio é agradecer pelas coisas boas e atrair energia positiva. Aprendi a agradecer pela vida porque é isso que importa.

Gratidão por tudo sempre!

Beijoos ;*

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Os 5 sonhos mais comuns e seus significado

Olá querido(a)!
Para muitas pessoas, basta um simples sonho para que fiquem extremamente preocupadas. Os significados dos sonhos quase sempre condizem com a realidade, então vale muito a pena se inteirar sobre isso, até para lidar mais tranquilamente sobre o assunto.


Se você acaba de passar por isso e deseja descobrir qual o sentido dos sonhos, você está no lugar certo. A dúvida pode vir recheada de preocupações, mas mantenha a calma, o significado dos sonhos pode não ter nada a ver com o sonho em si.

Quais são os tipos de sonhos mais comuns?

Bom, você certamente ficaria espantado(a) ao perceber o número de pessoas que, provavelmente já sonharam com a mesma coisa que você. Os tipos de sonhos não necessariamente são sinais, mas podem ser.

Se você deseja saber qual o sentido dos sonhos, continue lendo e você obterá algumas respostas. Não é recomendado ao leitor que siga tudo a risca, já que os sonhos também podem refletir coisas do nosso dia a dia, não condizendo com o seu significado.

Significado dos sonhos com morte

Se você sonhou com a morte de algum ente querido ou até mesmo alguém não muito próximo, você deve ter acordado assustado(a), sem saber o que fazer. Mas calma, isso não quer dizer que alguém irá falecer, longe disso.

A morte nos sonhos traz como principal significado a mudança. Se você sonhou com morte, pode ser que você esteja passando por algumas mudanças, ou até mesmo a pessoa com quem você sonhou.

Estes tipos de sonhos podem significar também que você possui um grande carinho pela pessoa com quem você sonhou. Pode ser porque você é incapaz de enxergar a sua vida sem ela, considere este resultado.

Sonhar com dente

Se você tem o costume de buscar qual o sentido dos sonhos, você certamente já deve ter pesquisado o significado de sonhar com dente. Muitas pessoas, principalmente as mais antigas, acreditam que isso é um sinal de mau presságio.

Infelizmente, isso pode ser confirmado. Tipos de sonhos como estes podem significar o falecimento de entes queridos, ou acidentes graves. Vale a pena se resguardar ao sonhar com dente, e avisar aos mais próximos.

Existem variações, por exemplo, sonhar com dentes caindo nas mãos podem querer dizer justamente ao contrário, não morte, mas sim nascimentos na família. 

Sonhar com perseguições

Este é um dos tipos de sonhos mais perturbadores, já que a pessoa costuma acordar super assustada e desorientada. Este pode significar inseguranças bastante enraizadas, ou até mesmo um relacionamento tóxico.

Se você tem tido problemas de relacionamentos com familiares ou amigos, isso pode estar lhe causando estes sonhos desagradáveis. Tente resolver isso com um bom diálogo e relaxar.

Sonhar que está nu

Se existe algo que faz as pessoas questionarem qual o sentido dos sonhos, são estes tipos de sonhos. O que pode ser mais bizarro e constrangedor que isso? Pouca coisa.

O significado deste é bem simples, talvez você esteja se sentindo pressionado(a) a falar em público, ou até mesmo a realizar alguma atividade que te faz sentir tímido(a).

Sonhar com traição

Este é aquele típico tipo de sonho que acaba te deixando inseguro(a) e em pânico. Este tipo de sonho pode ocorrer quando você tem problemas de confiança com o seu parceiro(a).

O mesmo pode ocorrer quando você acha que não está recebendo atenção o suficiente da pessoa que você ama. Evite encarar este sonho como uma premonição, isso certamente não lhe fará bem.

O que pode ajudar a relembrar os sonhos?

Existem várias formas para relembrar os seus sonhos mais facilmente. Pois está provado cientificamente que todos todos dias. Por isso se você quer relembrar de forma clara pode usar uma pedra ametista debaixo do travesseiro. Esta pedra trabalha com os chakras do topo da cabeça.

Quem diria que simples sonhos podem significar tanto, não é mesmo? É muito interessante estudar qual o sentido dos sonhos. Não tenha medo de pesquisar, é sempre muito interessante saber mais sobre o assunto, ainda mais quando mensagens tão importantes podem ser passadas para nós.

A interpretação dos sonhos pode ser bem interessante pois você terá a capacidade e perceber com mais clareza o que se está passando na sia vida.

E você? Gosta de saber o significado dos sonhos? Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe seu comentário!

Beijoos ;*

*Artigo escrito por Vera Silva.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Resenha literária: Mentes Consumistas

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Mentes Consumistas da autora Ana Beatriz Barbosa.


Sinopse: Você acredita que a sua felicidade está no que você compra? Seus gastos já lhe causaram problemas financeiros? Se sua resposta foi sim, você pode sofrer de um problema cada vez mais comum - a compulsão por compras. O comprador compulsivo é insaciável. Seu prazer não está na posse dos objetos, mas no ato da compra em si. Com o estilo que a tornou um fenômeno editorial, com mais de 1,5 milhão de exemplares vendidos no Brasil, a médica psiquiatra e escritora Ana Beatriz Barbosa Silva volta suas atenções para a dinâmica da mente consumista, apontando soluções para lidar com a questão e alertando para a inversão de valores de uma sociedade que confunde consumo com promessa de felicidade.

Assunto: Compras, Consumidores, Psicologia.

Editora: Principium.

Páginas: 280.

Ano: 2014.

Sobre a autora: Ana Beatriz Barbosa Silva é médica graduada pela UERJ, com pós-graduação em psiquiatria pela UFRJ. Professora honoris causa pela UniFMU (SP) e presidente da AEDDA - Associação dos Estudos do Distúrbio do Déficit de Atenção (SP) -, é também diretora das clinicas Medicina do Comportamento no Rio de Janeiro e São paulo, onde atende os pacientes e supervisiona os profissionais da sua equipe (médicos e psicólogos). Nascida no Rio de Janeiro, é escritora, realiza palestras, conferências e consultorias sobre variados temas do comportamento humano.


A vontade de ler esse livro surgiu porque adoro a autora e também assuntos que envolvem consumo (veia publicitária falando mais alto). Também me interessou do ponto de vista que em uma época da minha vida fui uma pessoa que consumia bastante.

A capa desse livro não é maravilhosa, mas me agrada. Ela é simples porém possuem detalhes que remetem ao assunto do consumo: sacolas de compras e o código de barras. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura corre fácil já que o livro é curto e o assunto não é tão aprofundado nem técnico.

É um livro que pende mais para o lado psicológico do consumo, chega a tratar um pouco do consumo compulsório e até de vieses socais do consumo. Achei muitos capítulos interessantes, porém diferente de outros livros da mesma autora, nesse, ela não aborda o assunto de foma mais técnica (porque não existem estatísticas e estudos aprofundados sobre o assunto). Como sou publicitária e tenho feito alguns estudos sobre consumo, foi um livro que me trouxe várias nuances de reflexão.

Recomendo esse livro para quem tem interesse nas questões de consumo por um lado mais psicológico e menos técnico. Um livro bastante interessante para psicólogos, publicitários e empresários (mas qualquer pessoa pode ler, já que não existem termos que dificultem o entendimento do conteúdo).

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode encontrar em qualquer livraria por aí.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Minhas novas metas para 2019

Olá querido(a)!
Já preparou as suas metas para o novo ano? Não? Então aproveita que está lendo as minhas e aproveita para fazer as suas. Mas primeiro... Vou começar fazendo o balanço das metas que fiz no ano passado. Será que consegui fazer tudo o que eu coloquei aqui no blog?



Metas de 2018

Bloggar - Consegui cumprir essa meta com muita facilidade. Claro que algumas vezes me afastei, mas mantive o blog atualizado quase sempre.

Usar mais as redes sociais - Eu tentei e tudo mais e até usei, mas logo desanimei. Uma pena.

Voltar com o canal do Youtube - Não cumpri e nem vou colocar como meta para esse novo ano, porque sei que não vou cumprir.

Terminar a pós graduação - Consegui terminar, tive um CR excelente e até publiquei meu TCC.

Arranjar um emprego - Essa meta não dependia de mim, então foi furada.

Cuidar mais de mim - Acabei me cuidando bastante em relação a minha saúde física por causa de um problema no joelho e no pé, mas foi só. 

Fazer cirurgia da miopia -  Consegui fazer minha cirurgia logo no comecinho do ano, em Janeiro, foi a melhor escolha que fiz na minha vida.

Ler pelo menos 24 livros no ano - Cumpri com louvor. Li um total de 111 livros.

Escrever e publicar - Consegui publicar um artigo, mas confesso que não parei nem um minuto para escrever. Também recebi propostas de algumas editoras por conta da publicação.

Continuar leve, positiva e espiritualizada - Essa parte foi bem complicada. Tentei me manter forte e tudo mais, mas em alguns momentos desabei. Tudo foi mais forte em dezembro, aconteceram tantas coisas nesse mês. Contornei tudo e agora estou em paz!

Verde - Cumpridas
Amarelo - Meio-a-Meio
Vermelho - Não Cumprida

Esse ano eu tenho certeza que exagerei nas metas, já que tem um total de 16 coisas que quero fazer. Algumas metas eu mantive, outras modifiquei e acrescentei algumas coisas. Sinto que o ano que vem é um ano de ação e por isso espero cumprir a maioria das coisas, sei que me organizando as coisas podem dar bastante certo.

Metas 2019

Bloggar com qualidade - No momento eu já sei  que consigo manter um blog com postagens diárias, porém muitas vezes não posto conteúdos tão bons quanto gostaria. Quero tentar fazer postagens melhores esse ano, com conteúdos relevantes.

Estar presente nas redes sociais - A minha ideia é estar mais presente no Instagram, postando muitas fotos, stories e conteúdos por lá (fiz até um curso em dezembro para entregar tudo de melhor para você). Também quero voltar a usar mais o Twitter, que eu andei abandonando um pouco no ano passado.

Terminar a minha segunda pós-graduação - Então, as vezes sou uma pessoa muito impulsiva e isso foi uma dessas coisas. Eu até pensava em fazer uma segunda pós-graduação, mas não tinha planos e nem imaginava fazer isso tão rápido. Terminei a primeira pós-graduação e quando vi já estava matriculada na outra, agora só quero terminar mesmo.

Tentar mestrado na UFF - Esse é um projeto que nunca dei tanto atenção, mas sempre passava pela cabeça que eu queria. Não colocava como meta porque eu sabia que não ia cumprir, simplesmente porque procrastino demais e sempre falo que não tenho tempo. Mas esse ano vou ter e vou tentar, se não conseguir paciência.

Criar a minha lojinha no Enjoei - No ano passado enchi o saco de um monte de gente falando que ia vender minhas roupas que não uso mais, mas só enrolei. Cheguei a separar as roupas, lavar e até precificar, mas ainda não tomei vergonha na cara de montar a lojinha. Esse ano sai!

Criar um Instagram de trabalho - Sempre coloco a meta de arranjar emprego, porém é uma coisa que não depende de mim e isso estava me frustando até eu perceber isso. Como sou publicitária formada, com pós-graduação, acho que chegou a hora de eu tomar vergonha na cara e começar a trabalhar por conta própria. Minha ideia é trabalhar com design e com gestão/estratégia para redes sociais.

Cuidar mais de mim - Confesso que no ano passado cuidei de mim forçadamente porque tive um problema no joelho e no pé que me fizeram me movimentar, mas em outros aspectos não me cuidei. Aqui quero englobar as coisas de forma geral: saúde física e mental. Quer o fazer algum exercício, tentar melhorar minha alimentação, meditar e fazer alguns tratamentos estéticos também.

Ler sem número definido -  Todo ano coloco meta de número de livros porque é importante para mim, mas na real esse ano só quero ler. Não vou colocar um número porque por dois anos eu cumpri a meta, já sei do que sou capaz.

Escrever e publicar - Essa meta continua porque agora o grupo de pesquisa começou de verdade. Quero publicar muitos artigos! Também estou pensando em escrever um livro, já que no ano passado recebi propostas de algumas editoras (seriam livros voltados para comunicação).

Estudar sobre causas sociais e políticas - No ano passado me descobri uma pessoa muito curiosa para assuntos relacionados a esses temas, por isso quero aprender mais e me manter informada sobre esses assuntos.

Estudar para concursos - Não era a coisa que eu mais sonhava na vida, mas as vezes coisas acontecem e a gente muda de ideia. Fixei na minha cabeça que quero passar para Polícia Federal, então preciso tomar vergonha na cara e estudar.

Tirar um tempo para fazer o que gosto - Muitas vezes estamos na correria do dia-a-dia e não paramos para fazer o que gostamos. No ano passado percebi que quando estava perdendo o controle ou surtando sem motivo o que me fazia bem era desacelerar e fazer coisas simples, mas que me fazem um bem danado.

Estar próxima das pessoas que eu gosto - Fui uma pessoa muito sozinha no ano que passou. Acabei percebendo no fim do ano que sentia falta de estar mais próxima das pessoas que eu gosto, minhas amigas. Sério, passei o ano inteiro sem ver várias pessoas. Mas esse ano já estou querendo planejar muitos encontros com elas e com outras pessoas que me fazem bem.

Consumir menos - Tô numa onda de diminuir o consumo, mas foi algo que aconteceu naturalmente. No ano passado diminuí bastante meu consumo de roupas, maquiagem e livros, porém continuo consumindo coisas desnecessárias.

Se leve, positiva e espiritualizada - Confesso que essa é a parada mais difícil das metas, mas a questão é todo dia agradecer e não deixar as coisas ruins tomarem o meu tempo. Me manter bem é aceitar que as coisas tem motivos para acontecer e que tem coisas que não estão no meu controle. Tudo vai ficar bem!

Desenhar mais - No ano passado comecei a desenhar, mas depois fui desanimando. Esse ano quero muito melhorar meus desenhos e fazer pelo menos um desenho por semana.

E você? Cumpriu alguma meta de 2018? Quais são suas metas para 2019? Deixe seu comentário!

Beijoos ;*

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Seja bem vindo 2019!

Olá querido(a)!
Vamos dar as boas vindas ao ano que está começando?


Esse é o momento que todos nós esperamos. É o momento de renovação, correr atrás dos sonhos, criar novas metas, começar de novo... A virada de ano traz saudade, mas também traz esperança. A saudade dos momentos bons do ano anterior e a esperança de um ano com muitas coisas boas.

2018 foi um ano complicado porém feliz, um ano em que me descobri e que passei a enxergar as coisas de formas diferentes. Como sempre, a cada ano, eu me sinto uma pessoa mais evoluída e consequentemente mais de bem com a vida. Mas, que venha 2019.

Já sinto que 2019 vai ser um ano das realizações, um ano badalado, movimentado e com muita energia boa. Apesar dos momentos que possam vir a ser ruim, sinto que os momentos bons irão superar tudo. Nunca estive tão animada para um novo ano, mas estou empolgada. Novas metas, novas escolhas, novos momentos... Quero viver tudo aproveitando ao máximo!

Só quero desejar que o ano novo seja maravilhoso para você e pra nós, que vençamos as batalhas do dia-a-dia e que nos tornemos a cada dia que passa pessoas melhores. O ano só depende da gente, então corre atrás do melhor pra você!

Beijoos ;*