quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Minha vida é uma novela?

Olá querido(a)!
Vou compartilhar mais um texto meu com vocês, porque tenho me sentido com muita vontade de botar as coisas que estão na minha cabeça para fora.


Sempre fui o tipo de pessoa pé no chão e que puxava as pessoas a minha volta para a Terra quando elas estavam viajando em outros planetas. Tinha até amigas que achavam que estavam vivendo numa novela, mas eu jogava um balde de água fria nelas pra elas voltarem para a realidade. Apesar de ser de peixes, vivia tentando manter os pés no chão e a cabeça na Terra.

Depois de uns anos percebi que as coisas que aconteciam comigo e ao meu redor pareciam um roteiro de novela, de filme, de série ou de um livro. Muitas coisas eu me pergunto se realmente aconteceram, mas aí eu lembro que existiam testemunhas pra me lembrarem que as coisas eram reais. Por isso, quando digo que a vida é loka eu não falo da boca pra fora.

Eu amo a minha vida, apesar das coisas mais doidas que acontecem nela. Vivo falando que não acontece coisas muito interessantes nela, mas quando puxo do passado: acontecem sim! A questão é que não foram/são coisas tão legais, mas são coisas que moldaram meu caráter e personalidade. Fico pensando que não mudaria nada, porque era assim que era pra ser.

Ahhh, e eu acredito muito que a vida segue seu rumo e o que tem que ser vai ser. As vezes eu dou um empurrãozinho na vida, mas geralmente deixo as coisas acontecerem. 

Minha vida parece uma novela, mas não é. Eu escrevo minha história em linhas tortas, com letra feia em um caderno velho, mas as coisas que acontecem não dependem só de mim, mas de tudo que está a minha volta me afetando. Só peço por mais momentos felizes! Já os sinto, vindo a toda velocidade.

Beijoos ;*

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Resenha: Por um Fio

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Por um Fio.


Sinopse: Em Por um fio, está de volta o narrador sensível e cuidadoso de Estação Carandiru, que, contando histórias reais, reflete sobre o impacto da perspectiva da morte no comportamento de pacientes e seus familiares. Drauzio Varella especializou-se em oncologia numa época em que o câncer era visto com tanto horror que nem sequer se pronunciava essa palavra - dizia-se "aquela doença" - e desde então convive cotidianamente com doentes graves. Em Por um fio, ele relata histórias que põem o leitor diante de questões delicadas, difíceis mesmo para quem lida com elas em sua rotina profissional. De um lado, a reação dos que se descobrem doentes, que vai da surpresa à revolta, do desespero ao silêncio e à aceitação. Do outro, a atitude dos parentes, que varia da dedicação incondicional à pura mesquinharia, da solidariedade ao abandono. E Drauzio conta ainda episódios surpreendentes de mudança de vida, como se a visão da morte fosse quase uma libertação, um divisor de águas que confere novo sentido ao porvir.

Assunto: Biografia, Histórias Reais.

Editora: Companhia das Letras.

Páginas: 224.

Ano: 2004.

Sobre o autor: Antônio Drauzio Varella é um médico oncologista, cientista e escritor brasileiro, formado pela Universidade de São Paulo, na qual foi aprovado em 2° lugar, é conhecido por popularizar a informação médica no Brasil, através de aparições em programas de rádio, TV e pela Internet, com um site e canal no Youtube.


Fiquei curiosa para ler esse livro depois de um vídeo da Karol Pinheiro em que ela mostrava a estante de livros dela, achei a temática interessante e logo corri atrás para ler.

A capa é escura e possui muitos fios coloridos, mas só um de cor vermelha atravessa a capa e chega até a parte em que se encontra o título. O nome do livro é "Por um Fio" e por isso só esse fio vermelho vai até o fim, para mim ele representa a frágil vida da gente que quando estamos por um fio estamos mais perto da morte. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura foi bem fácil e bem reflexiva.

É um livro para quem quer entender melhor esse momento final da vida e faz a gente refletir bastante. Com histórias reais e momentos emocionantes o livro nos faz adentrar na vida de pacientes terminais. Ao longo dos capítulos percebemos que a morte incomoda mais os vivos do que aqueles que estão prestes a partir. Foi um livro muito bom de ler, apesar de muita gente poder achar que é um livro triste. Na verdade traz uma perspectiva sobre a morte.

É um livro que indico para pessoas que admiram o autor e querem entender melhor o momento da morte. Um livro, que eu acho, que todos deviam ler.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode compra-lo em qualquer livraria.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Fantasias de carnaval por Ray Neon

Olá querido(a)!
Eu sei que o carnaval já tá aí e que todo mundo quer uma fantasia legal para curtir a folia (eu não sou essa pessoa porque vou ficar em casa assistindo TV mesmo). Mas quero compartilhar uns vídeos com fantasias bem diferentes e divertidas que a Ray Neon postou no canal dela. Assiste aí!






Espero que você tenha gostado dessas fantasias e que curta muito o carnaval!

Beijoos ;*

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Resenha literária: Lady Killers - Assassinas em Série

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Lady Killers - Assassinas em Série.



Sinopse: Quando pensamos em assassinos em série, pensamos em homens. Mais precisamente, em homens matando mulheres inocentes, vítimas de um apetite atroz por sangue e uma vontade irrefreável de carnificina. As mulheres podem ser tão letais quanto os homens e deixar um rastro de corpos por onde passam — então o que acontece quando as pessoas são confrontadas com uma assassina em série? Quando as ideias de “sexo frágil” se quebram e fitamos os desconcertantes olhos de uma mulher com sangue seco sob as unhas? Prepare-se para realizar mais uma investigação criminal ao lado da DarkSide Books e sua divisão Crime Scene. Esqueça tudo aquilo que você achava que sabia sobre assassinos letais — perto de Mary Ann Cotton e Elizabeth Báthory, para citar apenas algumas, Jack, o Estripador ainda era um aprendiz. Inspirado na coluna homônima da escritora Tori Telfer no site Jezebel.com, Lady Killers: Assassinas em Série é um dossiê de histórias sobre assassinas em série e seus crimes ao longo dos últimos séculos, e o material perfeito para você mergulhar fundo em suas mentes. Com um texto informativo e espirituoso, a autora recapitula a vida de catorze mulheres com apetite para destruição, suas atrocidades e o legado de dor deixado por cada uma delas. As histórias são narradas através de um necessário viés feminista. Telfer dispensa explicações preguiçosas e sexistas e disseca a complexidade da violência feminina e suas camadas. A autora também contesta os arquétipos — vovó gentil, mãe carinhosa, dama sensual, feiticeira traiçoeira, entre outros — e busca entender por que as mulheres foram reduzidas a definições tão superficiais. Além disso, questiona a “amnésia coletiva” a respeito dos assassinatos cometidos por mulheres. Por que falamos de Ed Kemper e não de Nannie Doss, a Vovó Sorriso, que dominou as páginas dos jornais norte- americanos em 1950 por seu carisma e piadas mórbidas (ela matou quatro maridos)? Por que continuamos lembrando apenas de H.H. Holmes quando Kate Bender recebia viajantes em sua hospedaria (e assassinava todos que ousavam flertar com ela)? A linha que divide o bem e o mal atravessa o coração de todo ser humano. Lady Killers: Assassinas em Série faz parte da coleção Crime Scene: histórias reais, de assassinos reais, indicadas para quem tem o espírito investigador. Entre os títulos da coleção estão Casos de Família e Arquivos Serial Killers, de Ilana Casoy, e o best-seller Serial Killers: Anatomia do Mal, de Harold Schechter. O livro de Tori Telfer, ilustrado pela artista salvadorenha Jennifer Dahbura e complementado com uma rica pesquisa de imagens, se junta a estas grandes fontes de estudo para alimentar a mente dos darksiders mais curiosos. Através das páginas de Lady Killers: Assassinas em Série os leitores vão perceber que estas damas assassinas eram inteligentes, coniventes, imprudentes, egoístas e estavam dispostas a fazer o que fosse necessário para ingressar no que elas viam como uma vida melhor. Foram implacáveis e inflexíveis. Eram psicopatas e estavam prontas para dizimar suas próprias famílias. Mas elas não eram lobos. Não eram vampiros. Não eram homens. Mais uma vez, a ficha mostra: elas eram horrivelmente, essencialmente, inescapavelmente humanas.

Assunto: Biografia, Crime.

Editora: Darkside Books.

Páginas: 384.

Ano: 2019.

Sobre a autora: Tori Telfer é escritora e editora, e seu trabalho já apareceu na Salon, Vice, Jezebel, The Awl, The Hairpin, Good Magazine, entre outros. Ela trabalhou como editora de revistas infantis, revisora acadêmica, ghostwriter corporativa, professora de redação e redatora publicitária voluntária; também rodou salões de muitos eventos deslumbrantes servindo tira-gostos. Escreveu, dirigiu e produziu peças independentes em Chicago e Los Angeles. Formou-se em Redação Criativa na Northwestern University. Lady Killers: Assassinas em Série é o seu primeiro livro.


Comprei esse livro na pré-venda porque vinha com brindes, porém não foi só esse o motivo. Sou apaixonada por livros que falem sobre crimes reais, sem contar que esse é da coleção Crime Scene da Darkside Books e que eu faço coleção desses livros. Estava muito empolgada em ler um livro que falasse apenas de assassinas mulheres, já que escutamos falar mais de homens assassinos.

Os livros da editora possuem sempre uma qualidade incrível e por isso todos possuem capa dura. O que falar dessa capa pink mas ao mesmo tempo um pouco sombria? Possuem elementos que remetem bastante as histórias contadas no livro. Possui o elemento de um olho, várias serpentes, uma tesoura e alguns arabescos. Na parte de trás temos um corselet. Todos esses elementos remetem a mulheres assassinas, só você forçar um pouquinho a mente que consegue fazer o link. A diagramação é a mais perfeita de todas, possui diversos elementos que deixam o livro lindo e organizado. É um livro longo mas de leitura fácil.

O livro contém 14 histórias sobre assassinas em série do mundo todo e de várias épocas. Uma coisa que vi bastante gente falando é que tinha medo de ser um livro de assassinas que falasse apenas de mulheres que matam por envenenamento, mas no fim das contas encontramos histórias de mulheres sádicas e perversas também. Acho incrível poder ter contato com essas histórias reais, e em muitos momentos acabei me sentindo próxima dessas mulheres de alguma forma e até concordando com seus crimes. Muitas assassinavam os maridos, mas penso que em tempos antigos em que o machismo devia ser muito mais forte, não vi tantos problemas. Achei que algumas motivações de assassinatos não foram tão claras, mas no geral adorei conhecer essas mulheres de diversos tempos que deixaram uma marca sangrenta em nosso mundo. Gostei bastante do livro!

Recomendo o livro para quem tem estomago forte (apesar de eu não ter achado tão pesado assim) e gosta de assuntos relacionados a crimes reais. O livro é maiores de 18 anos, então não indico que menores o leiam. Vale a pena a leitura!


O livro possui lindas ilustrações.


O bacana é que logo que você abre a capa, você tem essa visão (o mesmo na parte de trás).


O diferencial desse livro é o marcador (e esse é um dos mais legais que já vi), que a maioria dos livros da editora possuem e ainda veio esse marcador de corselet.

Comprei esse livro no site da Darkside Books, na pré-venda, e paguei R$ 59,90 nele.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Vestidos de festa da Milly Bridal para 2019!

Olá querido(a)!
Passando aqui rapidinho nesse dia de domingo para compartilhar com você esse vídeo que contém os vestidos de festa mais lindos para apostar em 2019.


Esses vestidos maravilhosos são da loja Milly Bridal! Para assistir mais vídeos e conferir mais modelos de vestidos clique aqui.

Beijoos ;*

*Esse é um publipot da loja Milly Bridal.

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Sessão pipoca: Duplin'

Olá querido(a)!
O filme escolhido para a sessão pipoca de hoje foi Duplin'


Sinopse: Willowdean Dickson, é uma jovem acima do peso e bastante confiante com o próprio corpo, apesar de não ter o respeito de sua mãe, uma ex-miss. Quando se apaixona pelo atleta Bo e começa a ter inseguranças. Will decide entrar num concurso de beleza como forma de protesto.

Gênero: Comédia Dramática.


Assisti esse filme esses dias na Netflix, logo quando entrou no catálogo. Apesar da história ter me chamado a atenção, eu nem esperava muito. Acabei me surpreendendo!

Não teve como não comparar com o filme "Sierra Burgess é uma Loser", que eu definitivamente não curti muito, já que os dois filmes tratam de sobrepeso e de aceitação. Nesse filme em específico a protagonista é super interessante e todo o enredo é bom. A Willow é uma menina gorda e filha de uma ex-miss, então pensem como deve ser a vida dela. A questão é que ela é uma pessoa com a autoestima baixa e que está muito confusa, ainda mais depois que a sua tia faleceu (já que ela era a única que enxergava que a Willow era especial). Durante o filme conseguimos ver a evolução da personagem e o quanto ela vai ganhando confiança para fazer o que quer e ser o que quiser, e prova pra si mesma que é possível e que ela consegue. Eu simplesmente amei esse filme!

Indico esse filme pra quem gosta de uma comédia dramática com aquele fundinho de realidade e que traz lições para a vida. É o tipo de filme que você assiste e fica torcendo para a protagonista conseguir conquistar o mundo, um filme que te faz ficar até mais motivado e ver que sua vida é importante e que você é capaz de fazer o que você quiser.


Você já assistiu esse filme? Deixe um comentário falando o que achou sobre ele e sobre a sessão pipoca de hoje, vou adorar saber a sua opinião :)

Beijoos ;*

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Resenha literária: Mania

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Mania.


Sinopse: As dores da bipolaridade transformadas em poesia, poemas que transitam livremente entre a euforia e a depressão, entre a infância e a loucura. Rudi parece flutuar entre a simplicidade de uma nova linguagem e o caos originário da poesia maldita, mostrando sua habilidade em transformar o sofrimento em beleza, a doçura da infância em leveza, o descontrole da loucura em imagem. Disfarçada de surrealista, a obra expõe esses surtos na forma de versos. Em poesia, Rudi transforma as variações do nosso humor. Mania é uma obra para quem deseja ver a linguagem de volta à sua origem, as memórias da infância reinventadas, a angústia posta em palavras. Mania é para você que quer a poesia com todos seus picos e vales, com toda sua instabilidade poética. Mania é para você se perder da razão e encontrar um novo universo de sonho e de magia.

Assunto: Literatura Brasileira, Poesia.

Editora: Livronovo.

Páginas: 86.

Ano: 2018.

Sobre o autor: Rudi Renato Tedeschi Júnior possui ensino médio no Colégio Farroupilha e superior incompleto em ciências aeronáuticas e psicologia na PUCRS, e filosofia na UFRGS. Infelizmente, passou por vários períodos de ansiedade, depressão e mania que o foram incapacitando de concluir seus projetos de estudo. Hoje, superou a bipolaridade com a ajuda de profissionais de psicoterapia e de medicação. Trabalha com sua família em um minimercado e dando palestras com o tema: superação, poesia e mercado editorial. Rudi tem profunda gratidão por todos que acreditaram nele e o ajudaram a vencer seus maiores desafios. Você, com certeza, faz parte disso.



Li esse livro já que recebi um e-mail do próprio autor me enviando o livro para leitura. Adoro conhecer coisas novas, ainda mais no mundo da literatura, por isso, de pronto, já comecei a ler.

A capa me agrada. Ela tem um ar de mistério e profundidade, já que possui tons mais escuros. É uma paisagem a noite mostrando o céu, o mar e uma árvore sem folhas. Gosto muito dessa aura que a capa traz, já que as poesias contidas no livro são profundas e pelo que eu percebi na leitura, dizem muito sobre o autor. A diagramação está perfeita. A leitura corre de forma tranquila para quem gosta de poesias e o livro é bem curtinho, o que faz com que possa ser lido em um único dia.

Como já falei, os poemas são bem profundos e dizem muito sobre o autor. O que eu percebi também é que existe um link direto com a arte nas poesias, alguns com outros autores e outros com artistas plásticos. O que eu mais gostei foi a parte Poesia Rude, porque achei que resume tudo o que acontece dentro de nós quando lemos uma poesia. Já posso dizer que algumas partes são inquietantes, mas poesia e arte são assim: despertam uma quantidade gigante de sentimentos em nós.

Eu indico esse livro para quem gosta de poesias, com certeza vai gostar. Acho livros assim muito bacanas para serem lidos uma poesia por dia para assim refletir sobre a mesma.

"Todo poema é um nada,É vazio de existência,Por isso te atinge,Porque também o és."

Você pode comprar o livro direto com o autor pelo seu Facebook por R$ 25,00.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Inspiração: Leitura

Olá querido(a)!
Eu acho que você já percebeu que eu amo ler, não é mesmo? Essa é aquela coisa que me deixa no eixo e me ajuda a viver. Sempre que estou mal tiro um tempinho pra ler e isso me faz me sentir melhor. Por isso vim inspirar você com imagens de gente lendo.











Lembrando que as imagens são de bancos de imagens gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. E me conta: qual a sua preferida? Você gosta de gatos? Deixe nos comentários!

Beijoos ;*

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Resenha literária: Becky Bloom ao Resgate

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Becky Bloom ao Resgate.


Sinopse: Hollywood se mostrou cheia de surpresas, mas agora Becky Brandon (nascida Bloomwood), Luke e a filhinha deles, Minnie, junto com Suze, sua nova melhor amiga (só que não), Alicia, sua mãe, Jane, e a melhor amiga dela, Janice, resolveram embarcar em uma roadtrip até Las Vegas (em um trailer, porque a tarefa deles é muito importante, então eles precisam ficar o tempo todo juntos, para facilitar a comunicação). Isso tudo porque o pai de Becky sumiu deixando apenas um bilhete dizendo que precisava consertar uma coisa e reparar uma injustiça causada a um velho amigo. Jane, é claro, está histérica. Suze também não fica atrás. Ela surtou porque Tarquin, seu marido, foi junto, e agora ela acha que o Lorde de Letherby Hall corre um grande perigo, pois Bryce – o bonitão do Golden Peace, de Los Angeles – está tentando fazer uma lavagem cerebral nele para arrancar o dinheiro da família. Determinada a descobrir o paradeiro do pai, a consumista mais querida de todos os tempos apostará todas as suas fichas em um plano ousado, que poderá trazer à tona um grande mistério do passado. Mas será que essa estratégia mirabolante será capaz de salvar sua família e seus amigos quando eles mais precisam dela?

Assunto: Comédia, Romance.

Editora: Record.

Páginas: 400.

Ano: 2015.

Sobre a autora: Madeleine Sophie Townley, conhecida como Sophie Kinsella, nasceu em Londres, Inglaterra em 12 de dezembro de 1969 é uma escritora britânica.


Essa foi uma série que marcou minha adolescência, porém na época não terminei de ler a série inteira. Algum tempo atrás tive vontade de ler novamente e aqui estou eu para contar tudo para você.

A capa me agrada muito! Acho essa capa simples mas bem bonitinha. Contém elementos chave da história: Becky Bloom, compras e Las Vegas. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura foi bem fácil apesar de ser um livro longo.

É um livro tão divertido que eu nem sei o que dizer. Nesse livro Becky Bloom vai ao resgate de seu pai, porque ele desapareceu! E nessa aventura ela não vai sozinha, mas a maioria dos personagens que vimos durante todos os livros vão junto. Eles vão parar em Las Vegas e muita coisa acontece nessa viagem. O que será que aconteceu para seu pai sumir assim do nada?

Eu amo esse livro e acho que todo mundo que gosta de histórias divertidas e que não são só focadas em romance, deveria ler. Você vai adorar o alto astral da Becky e como ela se mete em tantas confusões.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode compra-lo em qualquer livraria.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

A gente precisa de um tempo pra gente

Olá querido(a)!
Vamos aquele texto de desabafo, já que a vida nas redes sociais parece pura perfeição.


Comecei o ano cheia de metas,planos e expectativas, mas na vida nunca funciona do jeito que a gente acha e quer. Confesso que no primeiro mês do ano fui pura motivação e agora me sinto um saco de bosta.

Olha como a coisa é louca! No mesmo momento no ano passado eu estava cheia de parcerias aqui para o blog e muito animada com tudo, esse ano está tudo uma merda. Não que eu esteja reclamando... Tá, eu tô reclamando... Mas pelo menos tô saudável. Fiz meus exames e tô perfeita um cristal sem defeitos.

Já dei uma surtada nesse início de ano porque fiz muitas metas, e confesso que muitas já dava pra ter feito ou começado a fazer, mas simplesmente empaquei. Porque as vezes a ansiedade bate a gente só consegue ficar parado olhando a vida passar. Quando fico assim só quero um tempo pra mim e para fazer o que eu gosto: desenhar, pintar. assistir tv, jogar no celular e, principalmente, ler bastante.

Não sei nem como continuo postando aqui, mas é a única coisa que tenho conseguido fazer. Minha meta de postar fotos no Instagram foi por água à baixo, mas as coisas são assim mesmo. Tô tentando me sentir melhor para voltar ao normal e fazer tudo do jeitinho que planejei.

Eu acredito que vou sair desse momento de crise. A vida tem altos e baixos, estou num momento de baixos mas sei que vou superar. Lembrando de novo: o principal eu tenho, saúde.

Beijoos ;*


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Resenha literária: Becky Bloom em Hollywood

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro Becky Bloom em Hollywood.


Sinopse: Tapete vermelho, a consumista mais carismática de todos os tempos está chegando! Los Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour – e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas... Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou?

Assunto: Comédia, Romance.

Editora: Record.

Páginas: 560.

Ano: 2014.

Sobre a autora: Madeleine Sophie Townley, conhecida como Sophie Kinsella, nasceu em Londres, Inglaterra em 12 de dezembro de 1969 é uma escritora britânica.


Essa foi uma série que marcou minha adolescência, porém na época não terminei de ler a série inteira. Algum tempo atrás tive vontade de ler novamente e aqui estou eu para contar tudo para você.

A capa me agrada muito! Acho essa capa simples mas bem bonitinha. Contém os elementos certeiros para ilustrar a história: Becky Bloom, compras e o letreiro de Hollywood. Só aí já dá pra ter noção do que esperar dessa nova história. Não vou falar sobre a diagramação, porque li pelo Kindle. A leitura foi bem fácil apesar de ser um livro longo.

É um livro tão divertido que eu nem sei o que dizer. Nesse livro Becky Bloom se muda para Hollywood com o seu marido e sua filha, e já começa a pirar com a cidade das celebridades. Ela imagina uma vida maravilhosa e de estrela, mas não é bem isso que vai encontrar. Além de encontrar uma rival do passado, as coisas não ficam tão bem assim. A confusão é certa, assim como nos outros livros da série.

Eu amo esse livro e acho que todo mundo que gosta de histórias divertidas e que não são só focadas em romance, deveria ler. Você vai adorar o alto astral da Becky e como ela se mete em tantas confusões.

Esse livro eu baixei na internet e coloquei no meu Kindle, mas você pode compra-lo em qualquer livraria.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Inspiration: Gatos

Olá querido(a)!
Amanhã é dia mundial do gato e por isso resolvi trazer umas fotos inspiradoras desses bichinhos mais fofos. Selecionei as mais legais e o melhor: são de bancos de imagem gratuitos e podem ser usadas em qualquer lugar e de qualquer forma. Vamos nessa!











E me conta: qual a sua preferida? Você gosta de gatos? Deixe nos comentários!

Beijoos ;*