quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Resenha literária: O Sheik Viúvo e a Babá Virgem

Olá querido(a)!
A resenha literária de hoje é sobre o livro O Sheik Viúvo e a Babá Virgem.


Sinopse: Consumido pela dor da morte da esposa ao ter seu filho, o Sheik Khaled se tornou um homem amargurado, de coração gelado e sem acreditar no amor. Sequer conseguiu se conectar a Youssef, seu filho, tamanha sua amargura. Para herdar o trono de seu pai, ele está disposto a tudo, inclusive a um novo casamento por contrato com uma mulher vinda de nobre família árabe. Mas a chegada de uma brasileira vai fazê-lo sentir o que acreditava ser impossível e que há muito tempo o futuro rei pensava ter morrido dentro de si. Nada na vida de Dandara Bernardes deu certo. Seu curso de pedagogia, sua dedicação desde criança ao ballet, sua família que se fragmentou, tudo em sua vida parecia em vão. A necessidade de pagar a cirurgia de coração caríssima de sua irmã com Síndrome de Down, a leva até os Emirados Árabes, trabalhar como babá para um Sheik viúvo que decide que quer muito mais do que a ajuda da brasileira em cuidar do seu filho. Um homem que precisa lutar contra a própria família para proteger a mulher que o faz sentir-se vivo. Uma mulher que encontra tudo o que procurou quando desistiu de encontrar. E uma conspiração que mesmo que eles não saibam, os envolve no olho do furacão.

Assunto: Romance.

Editora: Publicação Independente.

Páginas: 856.

Ano: 2021.

Sobre o autor: Yule Travalon é baiano, escreve romances contemporâneos que possuem comédia romântica, conspirações e representatividade. É formado em história, joga tarot, lê mapas astrais. Ama literatura, ocultismo, paganismo, comentários em seus livros, jogar conversa fora e jogar fora a conversa.


Esse é mais um livro do Yule Travalon, o seu lançamento mais recente. Quando vi que estava disponível no Kindle Unlimited e li a sinopse vi que não podia deixar de ler antes de encerrar a minha assinatura.

A capa desse livro é bem padrão dos livros de romance: o casal se encontra nela. Não é uma capa muito elaborada, mas me agrada. Foi um livro que demorei um tempo para ler porque é bem longo.

"— Eu te amo como as estrelas pertencem ao céu e dele não podem sair. Eu te amo como as estrelas nascem no mar e não ficam mais belas em qualquer outro lugar, a não ser lá. Eu te amo como o horizonte é sempre infinito, sob luz ou escuridão, sob frio e calor. Eu te amo..."

Esse foi mais um livro que me rir, chorar e me despertou muitas emoções. Eu amo livros de romance, mas os do Yule tem um aprofundamento na história e nos personagens que eu adoro. Ao invés de ser um simples romance, temos tramas muito mais complexas que prendem bastante a gente no que estamos lendo. Eu amei o casal Dandara e Sheik Khaled, acho que eles realmente foram feitos um para o outro. Achei incrível que mesmo o Sheik Khaled sendo um cara que tem algumas atitudes que me incomodam, eu consigo gostar dele. Eu amei o Youssef, que criança adorável, assim como outras em outros livros que o Yule escreveu. Também gostei que algumas histórias de outros livros ficaram bem mais claras nesse. E eu amo a vibe conspiratória desse livro. Me parece que a cada livro isso entra mais em evidência. E eu quero dar os parabéns ao Yule que consegue traçar uma linha entre as histórias sem se perder e fazer a história fechar bonitinha. E outra coisa que eu gosto é que mesmo os livros se cruzando entre si, você não precisa necessariamente ler um para ler o outro. Também não precisar ler na ordem, em qualquer ordem dá para compreender as coisas.

Para quem quer um romance com muita emoção, esse é o livro.

O que você achou da resenha? Já leu esse livro? Tem interesse em ler? Deixe seu comentário aqui embaixo, estou doida para saber a sua opinião!

Beijoos ;*

11 comentários:

  1. Puxa, esse Yule Travalon parece ser um escritor e tanto! Eu tenho visto várias resenhas dos livros dele aqui. E também acho interessante a questão da representatividade, algo que é muito importante na nossa literatura.

    Abraço,

    www.oguardiaodehistorias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Uy se ve muy bueno lo tendré en cuenta. Te mando un beso

    ResponderExcluir
  3. Amei a resenha. Eu adoro esse contexto de personagem fechado para o amor até que conhece a pessoa certa. Ainda não conhecia o autor
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Acredito que seja um livro muito interessante de ler.
    .
    Feliz fim-de-semana. Abraço e/ou beijinho.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos

    ResponderExcluir
  5. Thais achei um livro bem interessante, é o tipo de leitura que eu super daria uma chance!
    Gostei de saber que eu autor é baiano e que manda super bem!
    Beijos
    www.silalmeida.com

    ResponderExcluir
  6. não conhecia nem a obra nem o autor, mas fiquei curiosa

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    É muito bacana quando um livro desperta muitas emoções, acho legal ler coisas que nos movem e tiram da nossa zona do conforto.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Achei uma graça o quote.
    E gosto de livros assim que mexe com as emoções.
    Beijos!
    www.pamlepletier.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Thais,
    Que bom que a leitura foi uma experiência positiva. Eu acho bacana quando autores conseguem incluir assuntos diversos dentro do livro, mesmo quando ele é um romance. Eu só não leria esse livro por ele ser muito grande, haha. Acho que me faltaria paciência.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir